Archive for the Uncategorized Category

Foto para rir – 2

Posted in Uncategorized with tags , on 21 de julho de 2014 by Marli Gonçalves

estacionamento - by irene kantorcolaboração Irene Kantor

Foto pra rir – 1

Posted in Uncategorized with tags on 21 de julho de 2014 by Marli Gonçalves

.facebook_1405972615788colaboração da Dani Nusbaum

Acho que o 7 subiu pra cabeça dos caras da CBF. Pensaram nos 7 Anões. Figurinhas para a Seleção, Coleção, Dungagem

Posted in Uncategorized with tags , , on 21 de julho de 2014 by Marli Gonçalves

Já está uma muvuca em frente ao Consulado do Uruguai. Ativista carioca pede asilo

Posted in Uncategorized with tags , , , , , , on 21 de julho de 2014 by Marli Gonçalves

Advogada acusada de violência em protestos no Rio pede asilo ao Uruguai

hothot

Gustavo Maia
Do UOL, no Rio

A advogada Eloísa Samy, acusada de atos violentos em protestos no Rio de Janeiro e considerada foragida pela Justiça, foi na manhã desta segunda-feira (21)  ao Consulado-Geral do Uruguai para pedir asilo político ao país vizinho. Ela pediu asilo também para o jovem David Paixão, por quem é responsável legal. Investigada pela Operação Firewall, da Polícia Civil, ela foi um dos 23 ativistas que tiveram prisão preventiva decretada, por associação criminosa, pela 27ª Vara Criminal do Rio de Janeiro, na última sexta-feira (18).

A informação foi divulgada pelo DDH (Instituto de Defensores de Direitos Humanos), organização não governamental da qual Eloísa Samy faz parte. Segundo o DDH, o objetivo da advogada é conseguir o asilo para defender-se, em liberdade, das acusações que são feitas pelo Ministério Público.

Segundo o advogado Rodrigo Mondego, que conversou com Eloisa dentro do Consulado, a advogada pediu asilo por se considerar uma perseguida política do Estado. “Ela disse que está tendo três direitos humanos cerceados: de julgamento justo, presunção de inocência e liberdade”, disse Mondego. Eloísa falou também que foi até o Consulado em uma atitude “de desespero”.

Mondego afirmou que Eloísa Samy escolheu o consulado do Uruguai pelo fato de o país ser presidido por um ex-preso político, José Mujica. “Ela entendeu que era o pais certo”, relatou. O consulado informou que se pronunciará ainda hoje sobre o caso.

A advogada divulgou vídeo nesta segunda no qual afirma que não cometeu crime algum e que o Estado “atua na ilegalidade”. “Um direito fundamental violado afronta todos nós. (…) Quem atua na ilegalidade é o Estado. Temos o direito de defender nossas ideias, nossos desejos de transformação para o Brasil ir além”, afirma a advogada.

A Delegacia de Repressão contra Crimes de Informática da Polícia Civil procura nesta segunda pelos 18 ativistas. Também foram denunciadas cinco pessoas que já estão presas. Fabio Raposo Barbosa e Caio Silva Rangel já estavam presos desde o primeiro semestre, acusados de acender o rojão que matou o cinegrafista da TV Bandeirantes Santiago Andrade. Já Elisa De Quadros Pinto Sanzi, conhecida como Sininho, Camila Aparecida Rodrigues Jourdan e Igor Pereira D’Icarahy foram presos pela Operação Firewall, no último dia 12.

Ontem, o desembargador Flávio Horta Fernandes, do Plantão Judiciário, negou pedidos de habeas corpus para os 23 denunciados. Dos 18 foragidos, 11 haviam sido presos no dia 12 de julho, mas libertados no dia 17, porque sua prisão temporária não foi prorrogada. Os outros sete estão foragidos desde o dia 12.

Inquérito

O inquérito da Polícia Civil do Rio sobre atos de violência em protestos indica, segundo reportagem do jornal “O Globo” publicada nesta segunda-feira (21), que o grupo de manifestantes investigados se organizava a fim de fabricar e distribuir bombas, coquetéis molotov e ouriços (peças feita com pedaços de vergalhões).

É demais! Haddadinho tira férias. Ainda bem que já fui vaiar esse estrupício no sábado. Pessoalmente. Uhuhuuuuuuuuú

Posted in Uncategorized with tags , , , , , , , , , , , , , , on 21 de julho de 2014 by Marli Gonçalves
(Embora pensando bem, talvez seja melhor ele bem longe para não fazer mais estrupicídios contra a cidade de São Paulo. Se você não é daqui não tem ideia de como as coisas estão. A cidade está mais do que um lixo – abandonada)With_dynamite

Vida boa

agstickfigures2Com alto índice de rejeição, Fernando Haddad (PT) sai de férias

 
 

Mal avaliado pelo eleitorado, prefeito Fernando Haddad (PT) sai de férias. (Foto: reprodução/Facebook)

Menos de um mês após pesquisa Datafolha apontar que 77% dos paulistanos consideram que o prefeito Fernando Haddad (PT) fez menos do que o esperado, o petista larga o batente e tira férias. É a segunda vez que Haddad sai de folga. Em outubro do ano passado, com apenas 10 meses no cargo, o prefeito viajou com a esposa, Ana Estela Haddad, para a Itália. O casal comemorou 25 anos de casamento.

No Diário Oficial da Cidade de São Paulo não há qualquer publicação comunicando o afastamento do prefeito. A assessoria de comunicação do petista não informou quantos dias Haddad ficará afastado nem se ele viajou. A vice-prefeita, Nádia Campeão (PCdoB), que responderá pelo Executivo, disse apenas que “acha que a folga será de uma semana” e que “o prefeito está aproveitando o final de julho para descansar”.

No sábado (19), uma nova pesquisa Datafolha apontou que o índice de reprovação de Haddad segue em disparada. A taxa aumentou 11 pontos porcentuais de junho para cá, 47% da população reprovam a gestão do prefeito.  A parcela da população que classifica como a administração como ótima ou boa caiu no período. No fim de junho, esse índice era de 17% e agora, de 15%.

dalmata

ARTIGO – Baques. Por Marli Gonçalves

Posted in Uncategorized with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 18 de julho de 2014 by Marli Gonçalves

gifscrik107Tem sido um após o outro. Nunca achei tão difícil como agora lidar com eles. Talvez porque venham em série e não tem dado tempo de a gente se recuperar direito. Talvez não. Talvez porque eles tenham justamente como característica o susto, a falta de preparo, serem sorrateiros ou inexistentes até explodirem – exatamente o que faz com que certos fatos sejam um baque, o tal.

Woman_boxer_2Baques tonteiam. Ficamos “abestados” quando baqueados. Eu ando embasbacada. Você também deve andar, porque está difícil. Quer saber mais ou menos do que estou falando? Pensa nos sete gols que tomamos da Alemanha. Foi ou não foi, melhor, foram ou não foram baques, sete baques que nos deixaram com a cara mole, como se todos estivéssemos dentro de um saco de areia pendurado, socado sem dó? Só que aconteceu e há dias estamos de alguma forma tentando lidar com isso, quase que dissecando os fatos que levaram a isso.

Baque é igual terremoto. O chão parece sumir de debaixo dos pés. A cabeça zune e você simplesmente não quer acreditar, mas aquilo aconteceu, mesmo, confirmado. Você pode até estar vendo acontecer e não acreditando, até que alguém venha dar um beliscão ou um tapa para que saia do estado catatônico. O coração parece que vai sair pela boca e os próximos minutos serão muito estranhos, porque variarão da apatia ao desespero e descontrole. Vivemos aos baques. E quando morremos causamos baques.

Cammy-super2Essa semana terrível começou com um desses baques, enorme, gigantesco e inacreditável, em torno da morte da amiga Vange Leonel. Sei que quem está na chuva é para se molhar, e que quem está vivo pode no instante seguinte virar só alma. Mas desta vez veio mais ainda no susto, e isso de alguma forma especial me afetou profundamente. Distraída, passava os olhos no Twitter e a primeira mensagem dizia “Morre a ativista, cantora, escritora e compositora Vange Leonel… ” Durante alguns segundos, até ler mais abaixo um outro tuite, dessa vez de sua companheira, outra amiga de algumas dezenas de anos, pensava ainda que era uma brincadeira mórbida. Ainda duvidei outros minutos até conseguir telefonar e, sim, tinha acontecido. Foi um baque. Perplexidade. A partir daí conheci uma das maiores dificuldades que já tive para lidar com o choque, com o susto, com uma situação, embora já tenha passado por outras até piores. Precisei parar para pensar. Na fragilidade. De tudo, de todos. Mais: de nós todas, de gente de nossa tribo, que viveu vida parecida com a nossa.meditation-1animated

Vange, 51 anos, mulher, vida saudável, para cima, bem amada. De repente, a descoberta de um câncer e, em vinte dias, o fim, como soube depois como ocorrera. Não a via pessoalmente há algum tempo, mas estávamos sempre ali, por perto, pelas redes sociais, redes que às vezes nos enganam tal a proximidade que parecem oferecer, mas muito longe da vida real de carne e osso.

Escrevo pensando quantas vezes você aí também pode ter tido essa estranha sensação de não saber lidar com algo, não conseguir lidar. Se pudéssemos nos refugiar em algum outro mundo… Cair em algum buraco de Alice que nos levasse a outro país! Como a realidade pode ser tão dura?spingif

Acredito que tenhamos algum dispositivo que se aciona em determinadas ocasiões. O meu fez com que eu chorasse copiosamente durante horas, como se todas umas lágrimas guardadas para o caso de racionamento transbordassem incontrolavelmente. Há quem grite. Outros desmaiam. Outros começam a rir nervosamente. E há quem apenas mantenha a frieza.

No meu caso chorei porque sabia que havia partido uma grande mulher, solteira, sem filhos, como eu, libertária outro tanto, com um monte de conhecimento que não foi reconhecido em vida pela hipocrisia de uma sociedade moralista que não mostra sua cara de forma aberta. Sim, morreu, virou noticia de primeira página, todos os portais, ganhou várias manifestações – o mínimo que merecia. Agora a imagino apenas dando uma gostosa gargalhada, brincando de alisar o bigode que às vezes colocava para sair por aí, de onde estiver, se pode saber disso, rindo de todo o alvoroço que causou.

Cammy-hdstanceTalvez você não tenha mesmo ouvido falar de Vange Leonel até agora, não saiba quem ela era. Mas eu não quero deixar que você não saiba que perdeu de saber justamente que, porque ela viveu sua originalidade e sexualidade de forma total, teve o seu sucesso rigorosamente bloqueado, tachada como sapatão quando não havia ainda toda essa propaganda e glamorização vazia em torno da questão como agora, com beijo de duas bonitas e casamento em novela, beijo e casamento de cantora na vida real retratado nas colunas sociais. Vange apenas era, ao lado da companheira de mais de 30 anos de união, Cilmara Bedaque. Não precisou casar, se vestir de noiva ou noivo, nem de qualquer outra papagaiada dessas.olbeachbums

Um baque. Baque também é barulho. Som de maracatu. Tem o baque virado, o baque solto. É queda, que podia ser também queda de todos os preconceitos. Vivemos aos baques e solavancos, mais ainda caindo nos buracos das ruas. Tomamos um quando recebemos as contas que não sabemos como pagar. Ficamos baqueadas quando sabemos de traições, quando nos damos conta de que não nos dão nosso merecido valor, quando lemos os jornais do dia a dia.

Baqueamos quando vemos que é preciso morrer para que o porque tanto lutamos seja pelo menos visto. Ou comentado.

São Paulo, 2014


Marli Gonçalves é jornalista - Anda com vontade de fazer uma placa, um adesivo, pode ser de carro. “Aqui andamos devagar”. Serve para várias coisas.


E-mails:marli@brickmann.com.br
marligo@uol.com.br

Ô SEMANINHA FDP! Morre João Ubaldo Ribeiro. Veja manifestação da Câmara Brasileira do Livro.

Posted in Uncategorized with tags , , , , , , on 18 de julho de 2014 by Marli Gonçalves

book

Adeus a João Ubaldo

Foi com muita tristeza que a diretoria da Câmara Brasileira do Livro (CBL) recebeu a notícia do falecimento do escritor e jornalista João Ubaldo Ribeiro.
A CBL teve a honra de reconhecer o talento de João Ubaldo, por meio do Prêmio Jabuti, em duas ocasiões. A primeira, em 1972, quando o escritor ganhou o prêmio de melhor autor revelação com o romance Sargento Getúlio, e em 1985, foi condecorado na categoria Melhor Romance do Ano, com a obra Viva o Povo Brasileiro.
O setor editorial perde, neste dia, um dos grandes romancistas e cronistas da atualidade, membro da Academia Brasileira de Letras. Mas suas obras sempre permanecerão vivas na memória dos brasileiros.

Descanse em paz, Ubaldo!

Karine Pansa, presidente da Câmara Brasileira do Livro

DO UOL:

O escritor João Ubaldo Ribeiro, autor de obras como “A Casa dos Budas Ditosos” e “Sargento Getúlio”, morreu na madrugada desta sexta-feira (18), aos 73 anos, vítima de embolia pulmonar. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da ABL (Academia Brasileira de Letras), onde ele ocupava a cadeira 34. Com mais 20 títulos publicados em 16 países, teve diversas obras adaptadas para o cinema, teatro e TV.

O velório, inicialmente marcado para as 10h, foi adiado para as 13h no Salão dos Poetas Românticos na sede da ABL, no Rio (av. Presidente Wilson, 203, Castelo), e será aberto ao público. O corpo dele será enterrado no sábado no mausoléu da ABL, no cemitério São João Batista, também no Rio. O horário ainda não foi definido –a família aguarda a chegada de Manuela, filha do escritor, que mora na Alemanha e está a caminho Brasil.

O presidente da ABL, Gerado Holanda Cavalcanti, determinou cumprimento de luto por três dias e que a bandeira da Academia fosse hasteada a meio mastro. “É uma grande perda para a Academia, para o romance e o jornalismo nacionais. João Ubaldo Ribeiro deixa uma obra de excelência. Estamos todos muito chocados com a notícia”, declarou Cavalcanti.

João Ubaldo, que também é pai do apresentador e ex-VJ da MTV Bento Ribeiro, passou mal em sua casa no Leblon, no Rio de Janeiro. Um funcionário do prédio onde o escritor morava há cerca de 20 anos disse ao programa GloboNews que, por volta das 3h da manhã, a família pediu por ajuda médica, mas que não houve tempo de prestar socorro. A morte do escritor foi declarada às 5h.

Tá tudo uma beleza, hein? 16,5 mil trabalhadores da indústria demitidos. Só em junho. E a bola rolando

Posted in Uncategorized with tags , , , , , on 17 de julho de 2014 by Marli Gonçalves

FONTE: ASSESSORIA DE IMPRENSA DA FIESP

Indústria paulista demite 16,5 mil trabalhadores em broke_man_with_empty_pockets_md_clrFootballkickhitjunho de 2014

Desempenho foi o pior desde 2006. Nos últimos 12 meses, são 96.500 vagas eliminadas pelo setor no estado

A indústria paulista demitiu 16,5 mil empregados em junho, o que equivale a uma queda de 0,64% em relação ao mês anterior, com ajuste sazonal. O resultado é da Pesquisa de Nível de Emprego do Estado de São Paulo, elaborada pela Federação e pelo Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp e Ciesp). Trata-se do pior resultado desde 2006, quando o levantamento começou a ser feito, num indicativo de que a situação do emprego no setor tende a se agravar até o final do ano.
De acordo com Paulo Francini, diretor do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos (Depecon) da Fiesp e do Ciesp, responsável pela pesquisa, “ninguém esperava um desempenho tão ruim”. “Nem em junho de 2009, diante dos reflexos da crise econômica de 2008, a queda no número de empregos foi tão expressiva”, afirma.
Para se ter uma ideia, a queda no nível de emprego em junho de 2009 foi de 0,47% com ajuste sazonal, diante dos atuais 0,64% (também com ajuste).
No acumulado dos últimos 12 meses (entre junho de 2013 e junho de 2014), são 96.500 profissionais demitidos.
Diante desse cenário, explica Francini, eventualmente 2014 vai terminar com mais postos fechados que em 2012, quando foram demitidos 52 mil trabalhadores na indústria paulista. Em 2013, foram 36,5 mil profissionais dispensados. “É possível que fiquemos num número entre 2009, quando houve 112,5 mil cortes, e 2012, ou seja, variando entre 112,5 mil e 52 mil vagas eliminadas”.
Setores
Na análise por setores, a pesquisa apontou que o maior número de demissões ficou com a indústria de veículos automotores, reboques e carrocerias, com 3.661 vagas fechadas. Em segundo lugar, veio o setor de produtos alimentícios, com 2.566 postos a menos, seguido por confecção de artigos do vestuário e acessórios (-2.562 empregos).
“Entre os 22 setores pesquisados, 70% apresentaram resultado negativo em junho”, diz Francini.
Regiões do estado
Quando consideradas as regiões do estado, Matão, Presidente Prudente e Limeira foram destaques positivos no que se refere ao emprego. Entre os piores desempenhos, Cotia, Jaú e São Bernardo do Campo.
Em Matão, foram gerados mais 4,63% empregos em junho, movimento estimulado principalmente pelos setores de produtos alimentícios e máquinas e equipamentos. Já em Presidente Prudente, com 0,92% mais vagas no mês, os artefatos de couro e calçados, junto com coque, petróleo e biocombustíveis foram os motores. A alta de 0,9% em junho em Limeira é atribuída aos veículos automotores e autopeças e à celulose, papel e produtos de papel.
Entre as áreas que mais demitiram, foram menos 2,76% postos em Cotia, menos 2,13% em Jaú e menos 1,84% em São Bernardo do Campo. Em Cotia, o baixo desempenho foi puxado pelos móveis e produtos têxteis, com vagas fechadas sobretudo em artefatos de couro e calçados e alimentos em Jaú e veículos automotores e autopeças e produtos de borracha e de material plástico em São Bernardo do Campo.
“Das nossas 36 diretorias regionais consideradas para o estudo, 80% apresentaram resultado negativo no que se refere ao emprego em junho”, conclui Francini.

Muito bom saber: pode, sim, entrar no cinema com pipoca e outros, comprados em outros lugares. Muito bom.

Posted in Uncategorized with tags , , , , , , on 17 de julho de 2014 by Marli Gonçalves

FONTE: MIGALHAS.COM.BR ( SITE JURÍDICO)

CDC

Permitida entrada em cinema com alimento comprado em outro local
Ao compelir o consumidor a comprar no próprio cinema, a empresa dissimula uma venda casada.

 
O empreendimento São Luiz de Cinemas (Centerplex) não pode impedir a entrada, em todas as suas salas de exibição, de consumidores que adquiram produtos iguais ou similares aos também vendidos nas lanchonetes da empresa. A decisão é da juíza Carla Susiany Alves de Moura, da 3ª vara Cível de Maracanaú/CE.

O MP/CE alegou que a proibição do acesso às salas do cinema de pessoas que levam alimentos comprados em outros estabelecimentos é prática abusiva, que obrigada o cliente a comprar os produtos da empresa, o que configura venda casada, infringido o art. 39 do CDC.

Ao analisar o caso, a magistrada afirmou que ao “compelir o consumidor a comprar no próprio cinema, a empresa dissimula uma venda casada, pois quem vai lá assistir a um filme e quiser beber ou comer tem que comprar dela. E aí é que está o abuso que nossa legislação não permite”.

A juíza também destacou que a “prática abusiva revela-se patente quando a empresa cinematográfica permite a entrada de produtos adquiridos nas suas dependências e proíbe os adquiridos fora”.

Além disso, a empresa não poderá afixar qualquer aviso que iniba o cliente de ingressar com produtos comprados em outros locais, sob pena de multa diária de R$ 5 mil.

•Processo: 3505-24.2005.8.06.0117/0

Nosso genial Sponholz de hoje desvenda porque o Lula não lê FHC. Nem qualquer outra coisa que não o chame de maravilha (caída) da natureza

Posted in Uncategorized with tags , , , , , , on 17 de julho de 2014 by Marli Gonçalves

Nosso genial Sponholz desenhou o novo banco dos BRICS. Quaquará quaquá

Posted in Uncategorized with tags , , , , , on 16 de julho de 2014 by Marli Gonçalves

Vange era muito maior que isso tudo. Minha sincera e singela homenagem

Posted in Uncategorized with tags , , , , on 14 de julho de 2014 by Marli Gonçalves

olhos06bi2Escrevo sob forte emoção, fortes lembranças e muita tristeza. Muita.

Vange para mim é Vange e Cilmara, minha querida amiga do banco da faculdade. Agora precisamos apoiar Cilmara.

Vange era coragem, humor, força, criação. Uma das primeiras libertárias dessa hipocrisia sexual que impera. Quando assumiu sua sexualidade, foi posta de lado como cantora. É.

Mas aí ela saiu por aí, liderando, escrevendo, teatrando. Ultimamente não estávamos na mesma vibe política, mas sempre nos respeitamos, com muito amor que ela me mandava cada vez que nos comunicávamos, mais pelo Twitter, onde ela se destacou.

Fui feliz em indicá-la , lá em 1994, para que escrevesse uma coluna sobre o movimento gay, para a então recém-lançada Revista Sui Generis. Dali , ela foi pra o mundo, para a Folha de S. Paulo, para o ativismo.

Vou ter saudades das festas, do sorriso, da musicalidade, dos  cabelinhos enroladinhos, das reuniões de bruxinhas, alguns bruxinhos.

Escrevo agora. Não quero perder tempo em homenageá-la, tem de ser agora.

Vou atrás da Cilmara para abraçá-la, confortá-la, ela – essa grande companheira que tenho certeza Vange teve todos esses dias, anos, e como sei o quanto uma cuidava da outra.

Vá em paz, amiga. Vá em paz!Você não era gente para sofrer. Não era.

Meu beijo tardio. Beijo tardio, sereia. Beijo das grandes mulheres que você representou.

<3

——–foto VejaA cantora Vange Leonel em 2005

Morre a cantora, escritora e ativista LGBT Vange Leonel
Causa da morte foi a metástase de um câncer no ovário

FONTE: ROLLING STONES

A cantora, escritora e ativista LGBT Vange Leonel morreu aos 51 anos na tarde desta segunda-feira, 14, em São Paulo. Há 20 dias ela descobriu um câncer no ovário, com metástase na membrana que envolve os órgãos da região abdominal. Vange estava internada no hospital Santa Isabel, setor particular da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. A informação foi confirmada no Twitter da jornalista Cynara Menezes e pelo site da Veja SP.

Vange era casada há 28 anos com a jornalista Cilmara Bedaque. Juntas, elas mantinham um blog sobre cerveja no site da revista Carta Capital. “Um sentimento que deixa partir / Tendo a certeza da liberdade do amor. Ela então sonhou que era livre / Do cateter, das agulhas em suas veias, do buraco em seu peito. Eu só pude dizer: você é livre”, escreveu ela no Twitter.

A artista começou a carreira na música como vocalista da banda de rock pesado Nau, que em 1987 lançou o primeiro disco (homônimo). Como integrante do grupo, ela participou também da coletânea independente Não São Paulo II, que saiu pelo selo Baratos Afins.

Em 1991 chegava às lojas o primeiro disco solo dela, Vange, que teve grande sucesso comercial. O single “Noite Preta” foi tema de abertura da novela Vamp, exibida pela Rede Globo. Do álbum também faziam parte faixas como “Mulher Lobo” e “Esse Mundo”, além de uma versão para “Divino Maravilhoso”, de Caetano Veloso e Gilberto Gil. Vermelho, segundo trabalho solo da cantora, chegou às lojas em 1995, mas não teve o mesmo êxito.

 

Como escritora, Vange lançou os livros Lésbicas (1999), Grrrls: Garotas Iradas (2001), As Sereias da Rive Gauche (2002) e Balada para as Meninas Perdidas (2003).

Hoje a noite vai ser preta, sim. Para mim que perdi uma grande amiga. RIP Vange Leonel. Só posso dizer que estou arrasada.

Posted in Uncategorized on 14 de julho de 2014 by Marli Gonçalves

Nota Abraji sobre como estão fazendo jornalistas de saco de pancada.

Posted in Uncategorized with tags , , , , , , , , on 14 de julho de 2014 by Marli Gonçalves

brazilW_animadogirl_cop_chasing_thiefAbraji registra 38 casos de violações contra jornalistas em manifestações no período da Copa

A Abraji contabilizou 38 casos de prisões, agressões e detenções envolvendo 36 profissionais da comunicação durante a cobertura de manifestações de 12 de junho a 13 de julho de 2014.
Seguindo o padrão observado desde junho do ano passado, a maioria das violações (89%) partiu da polícia. Dentre estas, 52% foram intencionais – ou seja, o comunicador se identificou como profissional a serviço ou portava identificação à vista. As demais agressões partiram de manifestantes e de seguranças privados da FIFA.

O protesto na tarde de ontem (13.jul.2014), no Rio de Janeiro, concentrou o maior número de ocorrências: foram 14, todas de autoria da polícia.

Os casos evidenciam o uso desproporcional de força por parte da polícia durante manifestações e o desrespeito ao direito fundamental da liberdade de expressão. Agressões deliberadas contra comunicadores configuram atos diretos de censura e não podem ser tolerados. A Abraji insta as autoridades responsáveis a apurar e punir com rigor os autores desse tipo de violação, sejam agentes de segurança ou manifestantes.

journaux011

PARA FILMAR AS CARAS-FEIAS EM ALTA DEFINIÇÃO? Uma máquina, 40 ministérios e um monte de estatais e etcs…O segredo vai ficar com…

Posted in Uncategorized with tags , , , , on 14 de julho de 2014 by Marli Gonçalves

Animated_video_cameraSorria! Você será filmado0036.

Para registrar as suas atividades, a Presidência da República preza pela qualidade em suas gravações em vídeo. Para tanto, adquirirá uma filmadora profissional, de alta tecnologia, por R$ 25.100,00.

O equipamento atenderá a todos os eventos e atividades da presidente da República, ministros e demais autoridades.
A informação é da ONG Contas Abertas, fiscal dos gastos públicos.

NOTA DA COLUNA DO AZIZ AHMED – O POVO-RJ

 

Já viram? Viram o “olho” do Cristo Redentor? Viram o Rio? Ah, dá inveja.

Posted in Uncategorized with tags , , , , , , , on 14 de julho de 2014 by Marli Gonçalves

SEGUE O LINK!

k4590025

http://olhardocristo.pirelli.com.br/?utm_source=Twitter&utm_medium=Internas&utm_term=PromotedTweets&utm_content=Pirelli&utm_campaign=OlhardoCristo

Ganhou, vingou e deu aula de Relações Públicas

Posted in Uncategorized with tags , , , on 13 de julho de 2014 by Marli Gonçalves

aliás, já leu meu artigo sobre tudo o que acabou virando o Jardim de Infância de Neymarzinho e seus coleguinhas? Clica Aqui

Olha a cara de alegria dessa pessoa de verde! Olha como ela está relaxada, feliz de estar ali vendo a alegria de Merkel. Imagem impagável, indelevel mesmo.

Posted in Uncategorized with tags , , , , , , , on 13 de julho de 2014 by Marli Gonçalves

A chanceler alemã Angela Merkel e o presidente da Alemanha, Joachim Gauck, comemoram na tribuna de honra do Maracanã o gol que deu o título da Copa do Mundo ao país europeu (Foto: Reprodução /  TV Globo)

Quando puder, ouça tudo. Uma boa alma postou no Youtube

Posted in Uncategorized with tags , , , , on 11 de julho de 2014 by Marli Gonçalves

Uma das fusões mais maravilhosas que ja ouvi na vida. Charlie Haden, Gismonti, Garbarek. Hoje perdemos Charlie Haden

Posted in Uncategorized with tags , , , , on 11 de julho de 2014 by Marli Gonçalves

fonte: Folha de SP

Charlie Haden morreu hoje, aos 76 anos, em Los Angeles

http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2014/07/1484784-baixista-americano-de-jazz-charlie-haden-morre-aos-76-anos.shtml

 

ARTIGO – A capela a capela. Por Marli Gonçalves*

Posted in Uncategorized with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 11 de julho de 2014 by Marli Gonçalves

nossa seleção de idiotsmoleque5Ando muito pensativa e preferi mesmo ficar por aqui bem quietinha esses últimos dias, só vendo a bola rolar, o rio correr, e Meu Deus do céu! – vendo e escutando todo tipo de insanidades. Esse de um tudo inclui a instalação do Jardim de Infância de Neymarzinho e sua eterna hora do recreio

As lágrimas correram, não teve jeito, todas as vezes que ouvi aquelas milhares de pessoas cantando o Hino Nacional a capela nos estádios. Da mesma forma meu estômago embrulhou todas as vezes que ouvia aquele corinho (quem desenterrou essa bobagem, que lembra mais a ditadura do que dirigentes da CBF?), acompanhado do balançar de bracinhos para a direita e para a esquerda, “… Sou brasileiro com muito orgulho…” Ô coisa chata! Fora o coração e o amor amarrado na chuteira. Só faltou o …“200 milhões em ação…Salve a Seleção…”.

É, crescemos em número, de 90 para 200, mas não amadurecemos em nadica. Continuamos sendo manipulados como bem entendem, mas só na hora que lhes aprouver. O último mês virou uma imposição de overdose de verde e amarelo como há muito não se via. Nós acabamos não resistindo, bem tentamos, e caímos, cornetas a postos que pouco, bem pouco, tocamos.moleque2

Que saudades da verdade da Campanha das Diretas! Agora era um tal de criancinha pedindo para jogar para elas, coitadinhas, sabem de nada, inocentes; torcidas inteiras de figurantes pulando, e ofertas em campanhas publicitárias cada uma mais mirabolante que outra, e que não sei como foram permitidas pelo CONAR. Ora, ou alguém acha que as Casas Bahia previam mesmo dar tevês por 1 real caso (hipótese remota detected) ganhássemos a Copa? Ah, mas para isso você já deveria ter comprado outra com tudo embutido, igual à linguiça. Andam embutindo preços em tantas coisas que mais uma ou outra nem fez diferença. Temo mesmo é o que mais andam embutindo nesse país. E onde.

moleque8As operadoras de celular, em vez de apresentarem serviços e preços, capricharam. A bola nas costas do Alvinho! Fora todo o ridículo, alguém pode me dizer do que tanto riu aquele babaca parado na porta do bar, o dele, totalmente vazio? Tenho certeza que agora mesmo você está aí se lembrando de pelo menos outro desses ridículos comerciais. Coitados, não tiveram tempo de tirá-los do ar naquela tenebrosa noite dos 7 a 1.

Enfim, futebol é futebol. Se a bola rolar também na urna de votação coisa boa não dá, mas os panacas do poder – que agora correm mais que baratinhas para tentar resolver a queda inacreditável – ainda não se tocaram totalmente disso. Enfim, um Governo Padrão Felipão, como declarou a presidente, só poderá nos entregar placares desse tipo mesmo.

dãããDignos do Jardim de Infância do Neymarzinho e seus amiguinhos. Neymar tira meleca do nariz. Todos tiram. Neymar dá estilingada no passarinho. Todos imitam. Neymarzinho escuta música com fones de ouvido que mais parecem equipamentos de guerra, coloridinhos – todos vão atrás, igual. Me lembra da época de escolinha, que sempre tinha um líder, mais riquinho, que namorava a “menina mais bonita” (e burra), que aprontava e depois se desculpava por todos.calvin

Mas se toda a Seleção estava nas costas de Neymarzinho, nada mais lógico que elas vergassem a esse peso (mais o do colombiano). Assim Neymarzinho e suas aposentada chuteirinha dourada, mais as outras luminosas, sua sunguinha de bandeira, seu cabelinho espetado pintado (que marca? Ah, como assim ele não tem patrocínio ainda de tinta de cabelo? De shampoo contra caspas tem! Espaço reservado para anunciantes, atenção!), volta. Não sei o que fizeram da vértebra quebrada, da dor, da cinta que teria de usar, do repouso ao qual seria obrigado. Será morfina?

moleque4Papai Felipão, Mamãe Murtosa, Titio Parreira e padrinho Galvão devem ter babado. O menino que não jogou no dia da desgraça (se bem que antes também não…), que coragem! Veio explicar o que aconteceu, mas que ele não viu, porque foi apagão; chorar um pouquinho, apertar os zoinhos, se lamuriar pelo povo brasileiro, segurar o noticiário e os patrocinadores. Não lembro de ter visto outro outdoor desses tão ambulante.

Aí, voltando, vemos uma mulher na beira da estrada, com a mãozinha pedindo carona, ao lado de um ministro que quer botar o Estado em campo mais do que já botaram. Ao longe, bem longe, um pontinho tentando sumir, vejo só um barbudinho de voz grossa olhando de um periscópio. Mais mudo que música para acompanhar o hino à capela.moleque9

Será que a elite branca, aquela malvadinha que vaia e xinga, vai parar seus carros de luxo para eles embarcarem? Ou será, ainda, que os miseráveis, ops, ex-miseráveis, virão trotando em seus jumentos para buscá-los?

É tóis. Meninos sapecas, vamos brincar de quê, agora? Construir estádios com Lego?Jogar bolinhas de gude? Bater bafo com as figurinhas encalhadas? Jogar memória? (Essa é boa pedida no momento) Rouba monte? Buraco? (não esqueçam de convidar o prefeito Fernando Haddad, que entende disso). Na hora do lanche, não se preocupem, o hot-dog com salsicha alemã e o alfajor de doce de leite já está garantido.

molequecom bolaSão Paulo, vaias de Itaquerão, 2014. 

Marli Gonçalves é jornalista - Nada contra a derrota, previsível até antes. Tudo contra mais uma tentativa torpe de tentar nos pegar com gosma de jaca. moleque10

********************************************************************
E-mails:
marli@brickmann.com.br
marligo@uol.com.br

moleque atravessa parede

Genial Sponholz, para vocês. Acreditam que o PT acha que vai “faturar”com as vaias à pessoa? UÚÚÚ. Inacreditável.

Posted in Uncategorized with tags , , , , , , , , , on 11 de julho de 2014 by Marli Gonçalves

Para atiçar a memória. O Lula, outro dia, antes de anteontem, falando depois de beber a água do passarinho

Posted in Uncategorized on 10 de julho de 2014 by Marli Gonçalves

Nota do Lauro Jardim, na Veja, coluna Radar. Quando a gente parar de rir, comentamos? O placar que a turma da Dilma Felipão quer, queria, quererá

Posted in Uncategorized with tags , , , , , , , on 10 de julho de 2014 by Marli Gonçalves

b8151966Os melhores placares de Brasil X Holanda e Argentina X Alemanha, na visão da campanha de Dilma

Messi: o Planalto quer tudo, menos que Dilma tenha que entregar a taça a ele

Já que o resultado preferido pelo Palácio do Planalto não se materializou no jogo de ontem (leia mais aqui), a cúpula da campanha de Dilma Rousseff continua cruzando os dedos e torcendo pelo que seriam os melhores placares para o que resta de Copa:

* O Brasil ganhar da Holanda no sábado.

*A Alemanha golear  a Argentina (“de no mínimo 4 x 0″) no domingo.

Por Lauro Jardim

Pensando bem mesmo! Dilma e o Padrão Felipão. Deus me livre. E agora que o Estado quer intervir em futebol? #ideiasdejericoagranel

Posted in Uncategorized with tags , , , , , on 10 de julho de 2014 by Marli Gonçalves

…se arrependimento matasse, Dilma já estaria mortinha da Silva, por ter dito, dias atrás, que seu governo é “padrão Felipão”.

Nota da Coluna Claudio Humberto – Diário do Poder

O também genial Izânio! Papa x Papa

Posted in Uncategorized with tags , , , , , on 10 de julho de 2014 by Marli Gonçalves

fonte: Diário do Poder

A Paula Lavigne não gostou, faz biquinho, reclama com eles…Da Tieta, da música…

Posted in Uncategorized with tags , , , , on 9 de julho de 2014 by Marli Gonçalves

Paula Lavigne tem $$$$ no lugar dos olhos

Da Revista Época, as capas dos jornais, de muitos jornais, daqui e do mundo. Sensacionais. Abra para ver (clique) as imagens

Posted in Uncategorized with tags , , , , , , , , on 9 de julho de 2014 by Marli Gonçalves

Derrota do Brasil: as capas dos jornais pelo Brasil e pelo mundo

REDAÇÃO ÉPOCA

Humilhação, vexame, vergonha. Foram com estas palavras que os jornais do Brasil e do mundo chegaram às bancas nesta quarta-feira (9), após o massacre sofrido pela Seleção Brasileira na semifinal da Copa do Mundo. Contra a Alemanha, o time brasileiro sofreu ontem a maior goleada de sua história em Mundiais: 7 a 1. Depois disso, o que se viu foi uma torcida incrédula, brasileiros decepcionados, jogadores cabisbaixos. O técnico da Seleção, Luís Felipe Scolari, o Felipão, assumiu a culpa: “O responsável fui eu”.

O sonho do hexa foi adiado e o Brasil deixou a luta pelo título em sua própria casa envergonhando uma nação. Confira capas de jornais desta quarta-feira (9):

Capa jornal Meia Hora - 9 de julho (Foto: reprodução)Capa jornal Meia Hora, do Rio de Janeiro (Foto: reprodução)

Capa Metro  (Foto: Reprodução)Metro, de São Paulo (Foto: Reprodução)

 

Capas O Dia, A Tarde e Extra  (Foto: Reprodução)O Dia, do Rio de Janeiro; A Tarde, de Salvador; e Extra, também do Rio de Janeiro (Foto: Reprodução)

O Povo (Foto: reprodução)O Povo, de Fortaleza (Foto: reprodução)

 

Capas O Globo e Folha de S. Paulo (Foto: Reprodução)O Globo, do Rio de Janeiro; e Folha de S. Paulo (Foto: Reprodução)
Capas Diário Catarinense e Jornal de Santa Catarina  (Foto: Reprodução)Jornal de Santa Catarina e Diário Catarinense, de Santa Catarina (Fotos: Reprodução)

Capa Diário de São Paulo - 9 de julho (Foto: reprodução)Diário de São Paulo (Foto: reprodução)
Capas Marca e A Bola  (Foto: Reprodução)Marca, da Espanha; e A Bola, de Portugal (Fotos: Reprodução)

Capas kicker e TZ (Foto: Reprodução)TZ diz: “Um sonho!” e o Kicker: “Contra a parede amarela”, ambos da Alemanha (Fotos: Reprodução)

Olé - Argentina 9 de julho de 2014 (Foto: reprodução)Olé, da Argentina 9 de julho de 2014 (Foto: reprodução)

 

 

Assim…

Posted in Uncategorized with tags on 8 de julho de 2014 by Marli Gonçalves

O que dizer? Tristeza. Logo quando a alegria abria a porta

Posted in Uncategorized with tags , , , , on 8 de julho de 2014 by Marli Gonçalves

animated gifs of cry- babyanimated gifs of cry- boyanimated gifs of cry- man

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.082 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: