11 de junho de 2008: o dia que a oposição dormiu e não aproveitou

Há exatos dois anos, no Senado, a ex-diretora da Agência Nacional de Aviação Civil, ANAC, chegava ao Senado, com malas de documentos e, em mais de cinco horas de depoimento, destrinchou o imbroglio da venda da Varig. Ela depôs na Comisão de Infra Estrutura do Senado, à época dirigica pelo senador Marconi Perillo.

Hoje,  dois anos depois, nada aconteceu. Os documentos que ela deixou lá foram esfacelados e, o que é pior, o presidente da comissão hoje chama-se Fernando Collor.

A tal da Erenice Guerra é ministra. Dilma, candidata a presidente. Lula continua rindo à toa  com o compadre Roberto Teixeira.

Ali, a comprovação do envolvimento da Dilma Rousseff, Erenice e turma era evidente. Era necessário que se fizessem investigações, que o assunto caminhasse. Que o PSDB se mexesse.

Ela, Denise, foi alvo de toda sorte de ameaças. Acabou enfrentando sozinha a ira das mulheres da Casa Civil e dos homens do Poder.

Eu estava lá com ela, e as malas, e toda a segurança que o Senado providenciou à época. Fazia o trabalho de assessoria de imprensa.

 Leia, no próximo  post a matéria com a entrevista de Denise Abreu para Mariana Barbosa e Ricardo Grimbaum, de O Estado de S. Paulo, com potencial de fazer tremer a república.

Mas apaziguaram.

Foi, para mim e para outros, o período que descobrimos que, infelizmente, não temos oposição.

 

2 comentários sobre “11 de junho de 2008: o dia que a oposição dormiu e não aproveitou

  1. denise abreu 11 de junho de 2010 / 15:45

    Marli,
    Hoje comemoro o dia da VERDADE DESTEMIDA!
    Dia 11 de junho (2008), data de meu depoimento na Comissao de Infra-estrutura do Senado sobre as negociatas da Varig/Variglog.
    De fato, a esplanada paralisou e por mais de uma semana.
    Temos uma colecao de materias daquela epoca.
    Realmente, foi uma triste surpresa observar que o Brasil tem memoria curta e nada foi investigado a fundo.
    Mais do que isso, naquele momento tao delicado de minha vida (afinal nao foram poucas as ameacas) so contei com o apoio da imprensa que fez a cobertura do episodio e de meus queridos amigos a quem serei eternamente grata.
    Agradeco o trabalho de Carlinhos, o carinho de Berta, Carlucho e Lili.
    Agradeco a solidariedade de Roberto Podval.
    Agradeco a etica do Marcio.
    Agradeco o respeito de Mariana Barbosa e Ricardo.
    Agradeco o amor de meus homens Breno e Caca que seguraram uma barra pesadissima por serem meus filhos e jovens.
    Mas …. nao poderia JAMAIS deixar de agradecer a DEUS pela tua existencia na minha vida.
    Foi voce quem esteve a meu lado em Brasilia, cuidando da famosa mala, da protecao da Policia do Senado, de minha integridade psicologica.
    Voce testemunhou tudo!
    Fez um belissimo trabalho (como nao poderia deixar de ser – eh de teu perfil profissional a dedicacao) e fortaleceu nossa AMIZADE.
    Portanto, divido com voce esse dia comemorativo.
    O dia da verdade destemida, amiga!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Curtir

    • marligo 11 de junho de 2010 / 23:50

      Fiquei sem palavras, só lágrimas. Obrigada querida Denise levada da breca

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.