Roupinha Chanel da Dilma. Eu acho que é pirata. É, sim! Pirata, tipo 25 de março.

“Deve-se misturar o falso com o verdadeiro”, sentenciou Coco Chanel.

Tudo bem, tudo bom. Mas não precisa exagerar. Se Dilma está usando ( e nada me tira da cabeça que aquilo é falso) um terninho Chanel de “debates”, com as franjinhas ( veja foto de um original Chanel), pelo menos alguma coisa de verdadeira poderia ter…

Mas tudo que fala e faz é falso.

Um comentário sobre “Roupinha Chanel da Dilma. Eu acho que é pirata. É, sim! Pirata, tipo 25 de março.

  1. Helena de Almeida Roesele 20 de outubro de 2010 / 6:12

    Engraçadíssima esta.Aliás a Dilma foi inteiramente remontada para ser candidata.Sua voz teve que ser contida, porque ela é abrutalhada por natureza.Tem rompantes machísticos.Gosta de socar a mesa e seu tom de voz é gritante e autoritário. Ela é extremamente abrutalhada e tem temperamento violento.Não fui eu quem delineou este perfil, não.Isto está vindo de longe.Então, é claro que o Chanel também não poderia ser verdadeiro, mesmo porque seria exigir demais.Não se pode transplantar tudo.A elegância, por exemplo, de quem veste esta grife.Como poderia ela ter sapatinhos e andar de fada? tipo andar flutuante, de quem mal toca o chão.Quase navegar, quem sabe, levitar? A pessoa que confeccionou o tailheur, bem que tentou, tadinha. Aliás, acho uma injustiça chamá-la de mulher biônica, a série que passou há anos, embalou tantos sonhos nossos de adolescentes!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.