Where is the God? (2)

Do Radar online – Lauro Jardim

 

Dilma e Deus

No discurso da vitória, ontem à noite, Dilma Rousseff não citou Deus em nenhum momento. Seria impensável deixar de fazê-lo em determinado instante da campanha, entre o final do primeiro turno e o meio do segundo turno pelo menos. Deixar de agradecer a vitória a Deus nào se trata de algo bom nem ruim. Significa apenas que a campanha acabou.

2 comentários sobre “Where is the God? (2)

  1. Helena de Almeida Roesele 1 de novembro de 2010 / 12:35

    Completando o seu “significa apenas que a campanha acabou”, acho que para ela poderia significar algo mais.Afinal “Ele” investido que está em pelo menos duas das religiões que a ajudaram, poderia pelo menos ser por puro agradecimento? Não Houve tantos? inclusive aquele tão emocionante ao presidente que quase a fez chorar? Imagine a dama de pedra chorando…

    Curtir

  2. L C Lemos 1 de novembro de 2010 / 14:30

    Não ouvi nenhum agradecimento, nem da Dilma nem do Serra, mas se o Serra agradeceu a Deus por ter-lhe dado forças para concorrer a eleição, blá, blá. blá, ele ficou melhor na foto (afinal o discurso dele foi DEPOIS do da Dilma, o que lhe daria a chance de espetá-la num último momento).

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.