Todo dia de manhã. Fernando Gabeira e análises do mundo e suas implicações

TODO DIA DE MANHÃ O GABEIRA TEM POSTADO EM SEU SITE ARTIGOS MUITO INTERESSANTES SOBRE O MUNDO E SUAS IMPLICAÇÕES.
VOCÊ PRECISA IR SEMPRE LÁ – www.gabeira.com.br – DE ONDE SEMPRE VEM COISA BOA.

VEJA ESSE, DE HOJE:

Novo começo, velhos problemas

A semana termina, a primeira depois de eleita Dilma. Neste final de semana, a ONU divulgou os índices de desenvolvimento humano(IDH) mostrando que o Brasil avançou algumas posições, mas que tanto a educação como a desigualdade social ainda nos mantêm bastante longe dos primeiros colocados. Somos o septuagésimo terceiro.
A ONU usa três indicadores básicos: renda, saúde educação. No momento, a saúde é sentida como um problema urgente; a educação envolve o futuro. Lula sempre quis fazer voltar a CPMF. Lembro-me de seu discurso na inauguração do Sara, aqui no Rio. Ele se concentrou na perda do CPMF e, ao que me pareceu, considerava a derrota no Congresso um dos piores momentos de seu mandato.
Aqui no Rio, manifestações pedem a reabertura do Pedro II. O governo quer colocá-lo nas mãos de uma OS (Organização Social), o Sindicato dos Médicos resiste, afirmando que isto é privatização. A passagem para as OSs em São Paulo deu certo.
A idéia de um pacto nacional pela educação não deveria ser esquecida. Pelo menos, Monteiro Lobato escapou da censura que acusava seu livro “Caçadas de Pedrinho” por conter expressões consideradas racistas.
Na segurança, queria lembrar que um médico foi assassinado ontem no mesmo lugar onde assassinaram um dos músicos dos Detonautas, na Marechal Rondon, no Rocha. Esta questão dos lugares, da frequência, enfim do estudo da criminalidade, é um dado fundamental em qualquer política de segurança. Foi assim, pelo caminho da pesquisa e do estudo, que Nova York deu seus primeiros passos no caminho da virada.
Brasília foi um fracasso esta semana. Não houve quorum. Tomei apenas duas iniciativas: uma para discutir acesso aos arquivos do governo militar no Arquivo Nacional (há um post sobre isso no meio da semana) e outra sobre Nagoia, onde o planeta discutiu a questão da biodiversidade.
Precisamos saber com o que nos comprometemos em Nagoia . Um dos aspectos, entre tantos importantes, que mais me interessa, é expansão das áreas protegidas no oceano, de 1,5 para 10 por cento.

 

EM HOMENAGEM:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.