Caso Battisti: névoa para não vermos onde a coisa pega mesmo…E vai pegar com a Itália…Isso sem falar no Poço Molusco.

Que lindo! Na véspera da posse da nova presidente, sai a decisão sobre Cesare Battisti.

O que eu tenho a ver com isso? Nada, sabe por quê?

ESTOU AINDA ME RECUPERANDO DA BOFETADA E PIADA DE MAU GOSTO DO CASO DO POÇO TUPI VIRAR POÇO LULA E ELES VIREM DIZER QUE É POR CAUSA DO MOLUSCO.

MOLUSCO. LESMAS SÃO “MOLUSCAS”

Desculpem. Para mim isso já vale uma REVOLUÇÃO . Dos nossos costumes, de tudo aguentar…

DO G1 – www.g1.com.br

Itália convoca embaixador para prestar informações, diz advogado

Informação foi confirmada por advogado que defende governo italiano.
Embaixador Gherardo La Francesca deve viajar à Itália na segunda-feira.

Robson Bonin Do G1, em Brasília

Cesare Battisti saindo do prédio da Justiça Federal, no Rio de Janeiro, em 10 de dezembroCesare Battisti saindo do prédio da Justiça Federal,
no Rio de Janeiro, em 10 de dezembro
(Foto: Sergio Moraes/Reuters)

Responsável pela defesa da Itália no caso da extradição do ativista Cesare Battisti, o advogado Ricardo Freire Vasconcelos afirmou nesta sexta-feira (31) ao G1 que o governo italiano convocou o embaixador Gherardo La Francesca para dar explicações sobre a decisão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de manter o militante de esquerda no Brasil. O objetivo é reunir informações para definir como será a atuação política do governo italiano no caso de agora em diante.

Segundo Freire, o embaixador deve viajar à Itália na segunda-feira (3), após participar da posse da presidente eleita, Dilma Rousseff. A princípio, a convocação tem o objetivo de esclarecer detalhes do processo e da decisão de Lula, não há informação se o governo italiano poderá retirar seus diplomatas do país. O G1 entrou em contato com o Itamaraty e não obteve resposta.

Entenda o caso Cesare Battisti

“É um ato comum que existe quando as relações de um país com o outro estão como estão, então o governo italiano quer ouvir pessoalmente o seu embaixador, o que está acontecenddo no Brasil. Não é uma resposta retaliativa”, disse o advogado.

O governo italiano também vai recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) da decisão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de não extraditar Cesare Battisti. Para os advogados do governo italiano, a soltura de Battisti ainda pode ser negada pelo Supremo Tribunal Federal, já que caberia à corte definir os efeitos da decisão do presidente Lula.

O primeiro ministro da Itália, Silvio Berlusconi, afirmou, em nota, que a decisão é contrária ao mais elementar senso de justiça”.

Ministro das Relações Exteriores

O chanceler Celso Amorim, ministro das Relações Exteriores, afirmou, também nesta sexta, que não acredita que as relações diplomáticas com a Itália possam ser prejudicadas. Para Amorim, o Brasil “tomou uma decisão soberana”, com base no Tratado de Extradição firmado entre Brasil e Itália.

“Não temos nenhuma razão para estarmos preocupados com a relação com a Itália. O Brasil tomou uma decisão soberana, dentro dos termos previstos no Tratado”, disse Amorim, em entrevista coletiva no Palácio do Planalto, após ler a nota da Presidência com a decisão de Lula.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.