Nossa! Olha quantos dedos. Imagine se a vítima tivesse sido estrangulada.

DO UOL!

Homem de doze dedos nas mãos é preso em Santa Catarina por suspeita de assassinato

Lucas Azevedo
Especial para o UOL Notícias
Em Florianópolis

Mãos de suspeito pelo crime são fotografadas pela Polícia Civil de Santa Catarina
  • Mãos de suspeito pelo crime são fotografadas pela Polícia Civil de Santa Catarina

Uma característica física incomum fez com que a Polícia Civil dde Santa Catarina identificasse um suspeito de assassinato que se apresentava com os documentos do irmão. Os seis dedos em cada mão não permitiram que o paranaense Ricardo Silva continuasse escapando das autoridades.

Silva foi preso no final de semana em Canasvieiras, norte da Ilha de Santa Catarina, suspeito de matar Juan Argel Vera, em março, na praia dos Ingleses. O crime pode estar relacionado com o tráfico de drogas.

Quando abordado pela polícia, que o estava investigando havia algumas semanas, o suspeito apresentava os documentos de identidade do irmão, Reginaldo da Silva.

A solução do impasse se deu após os agentes catarinenses receberem do Instituto de Identificação do Paraná a ficha completa de Silva, que nasceu em Foz do Iguaçu, incluindo a rara característica física de ter mais dedos do que o normal (polidactilia).

Ao ser surpreendido pelos policiais, em casa, e requisitado eu mostrasse as mãos, o suspeito acabou confirmando sua verdadeira identidade.

Contra Silva também há um mandado de prisão em aberto, emitido pela Vara Criminal da comarca de Nova Andradina no Mato Grosso do Sul, por tráfico de drogas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.