Livrai-nos do Haddad, amém. Veja boa resposta de Andréa Matarazzo ao ministro que não sabe nada de SP. Nem de educação. Boa puxada de orelha.

http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/1003459-haddad-nao-conhece-a-usp-nem-a-cracolandia-diz-matarazzo.shtml

08/11/2011 – 15h36

‘Haddad não conhece a USP nem a cracolândia’, diz Matarazzo

VERA MAGALHÃES
ENVIADA ESPECIAL A BRASÍLIA

A ação da Polícia Militar para desocupar o prédio da reitoria da USP desencadeou um debate antecipado entre os pré-candidatos a prefeito de São Paulo.

O secretário de Estado da Cultura, Andrea Matarazzo, um dos postulantes à candidatura pelo PSDB, respondeu na tarde desta terça-feira ao ministro Fernando Haddad (Educação), que mais cedo disse que “não se pode tratar a USP como se fosse a cracolândia, nem a cracolândia como se fosse a USP”.

“Essa declaração mostra que o ministro Haddad não conhece o que se passou na USP nem na cracolândia”, disse Matarazzo à Folha.

E continuou: “A USP trata-se de baderneiros mimados e a cracolândia é um problema de saúde pública”.

Para ele, “depredação de patrimônio público por meia dúzia de mimados se resolve com polícia”.

“Já a cracolândia tem de se tratar com médicos, internação e retaguarda para os usuários. É uma questão de tratamento”, afirmou.

4 comentários sobre “Livrai-nos do Haddad, amém. Veja boa resposta de Andréa Matarazzo ao ministro que não sabe nada de SP. Nem de educação. Boa puxada de orelha.

  1. ERWIN FRANCISCO TOCHTROP 8 de novembro de 2011 / 18:21

    É lamentável que uma incompetência continua com ministro e querem (molusco) que seja prefeito. Pobre cidade Sampa.

    Curtir

    • marligo 9 de novembro de 2011 / 15:35

      Oi, meu leitor querido!
      Tadinha da cidade, não?
      beijão

      Curtir

  2. Marcelo Lopes 9 de novembro de 2011 / 10:55

    É, Marli. E pensar que movimento estudantil já foi sinônimo de luta pela redemocratização do país, Diretas Já!, crítica às atrocidades da ditadura militar… Sem esquecer o movimento dos Caras Pintadas, que mandou o rapaz do saco roxo de volta pra casa com o rabinho entre as pernas. E hoje: um bando de rebeldes sem causa, fantoches de grupelhos de esquerda, devotos da santa marijuana.

    Curtir

    • marligo 9 de novembro de 2011 / 15:35

      Amigão, vi seu email, mas tô correndo pra lá e pra cá.
      Obrigada pela visita. Sabe que é muito benvindo, não?

      Beijos!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.