FALTA DO QUE FAZER, TALVEZ? DILMA FAZ LEI PARA SER “PRESIDENTA” NA VIDA.

Viram isso, amigos e amigas, jornalistas e jornalistos, pedreiras e pedreiros? Mais uma baixada de sarrafo de canetada no bom senso…

Lei da Dilma:

Presidência da República
Casa Civil
Subchefia para Assuntos Jurídicos
 

LEI Nº 12.605, DE 3 DE ABRIL DE 2012.

Determina o emprego obrigatório da flexão de gênero para nomear profissão ou grau em diplomas.

A PRESIDENTA DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:
Art. 1º As instituições de ensino públicas e privadas expedirão diplomas e certificados com a flexão de gênero correspondente ao sexo da pessoa diplomada, ao designar a profissão e o grau obtido.
Art. 2º As pessoas já diplomadas poderão requerer das instituições referidas no art. 1º a reemissão gratuita dos diplomas, com a devida correção, segundo regulamento do respectivo sistema de ensino.
Art. 3º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.
Brasília, 3 de abril de 2012; 191º da Independência e 124º da República.

DILMA ROUSSEFF
Aloizio Mercadante
Eleonora Menicucci de Oliveira

3 comentários sobre “FALTA DO QUE FAZER, TALVEZ? DILMA FAZ LEI PARA SER “PRESIDENTA” NA VIDA.

  1. Airton 13 de abril de 2012 / 21:53

    Agora teremos pilota, comandanta , bombeira , torneira-mecanica,bandeirinho,flanelinho,maquinisto,etc…

    Curtir

    • marligo 14 de abril de 2012 / 13:06

      dá para ficar um dia inteiro só brincando de genero!beijo e obrigada pelas colaborações

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.