Sabia dessa história? Do Partido Pirata? Já viu esse movimento?

Os piratas estão chegando

do blog de Fernando Gabeira – wwww.gabeira.com.br

Geração que cresceu com a internet entra na política

Há 30 anos, os verdes foram uma grande novidade na política alemã. Agora, a novidade são os piratas, do Partido Pirata, que obteve 8 por cento dos votos na Renania do Norte, Vestafalia.

 Munidos de lap-tops e tablets, os membros do Partido Pirata querem sobretudo acesso às informações, transparência.
Como outros movimentos rebeldes no mundo, Occupy Wall Street, e os indignados da Espanha, revoltam-se contra as decisões do mundo financeiro que não levam em conta a opinião das pessoas.

Freeman J. Dyson afirmou num livro que a energia solar, o genoma e a internet iriam definir os contornos do Século XXI. Da destruição ambiental, surgiu o movimento verde; agora, com o crescente papel da internet, surge o movimento dos piratas.

A cena política alemã, um pouco diferente das outras, não se caracteriza apenas pelo surgimento de novos movimentos mas, principalmente, por sua aparição na política institucional.

2 comentários sobre “Sabia dessa história? Do Partido Pirata? Já viu esse movimento?

  1. Marcelo Lopes 15 de maio de 2012 / 16:21

    Marli: durante a Campus Party 2012, no Anhembi, havia campuseiros representando O Partido Pirata. Tinha bandeirinha em cima da estação de trabalho e tudo mais. Algo como PPB – Partido Pirata Brasileiro.

    Curtir

    • marligo 15 de maio de 2012 / 17:00

      QUE LEGAL!!! NÃO TINHA VISTO. TEM UMA CAMISETA AÍ? HHHEHEH

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.