Enquanto isso, a roubalheira corre solta…Sinceramente, acho um desrespeito. Invasão da vida privada não tem nada a ver com corrupção, jogo, política. Alguém aí queria saber sobre as 4 paredes de Cachoeira? (As da casa dele)

FONTE: COLUNA RADAR – LAURO JARDIM- VEJA ONLINE

A videoteca do Cachoeira está repleta de vídeos e mais vídeos de pornografia

Os integrantes da CPI mista do Cachoeira começaram a analisar a nova leva de evidências enviada ao Congresso pela Polícia Federal. Nos primeiros lotes de arquivos de vídeo retirados do computador do bicheiro Carlinhos Cachoeira e de Adriano Aprígio, a surpresa: as imagens não mostram Cachoeira, nem seus comparsas ou políticos pedindo dinheiro. Os vídeos trazem… saliência pura. Trata-se (pelo menos o conteúdo visualizado até agora) de pornografia caseira e profissional baixada da internet — em um dos computadores até vídeos de travestis foram encontrados.

Por Lauro Jardim

3 comentários sobre “Enquanto isso, a roubalheira corre solta…Sinceramente, acho um desrespeito. Invasão da vida privada não tem nada a ver com corrupção, jogo, política. Alguém aí queria saber sobre as 4 paredes de Cachoeira? (As da casa dele)

  1. norma7 4 de setembro de 2012 / 12:51

    Não! A mim não me interessa. Acho mesmo que desvia a atenção para o que realmente importa.
    Boa Sorte!

    Curtir

    • marligo 4 de setembro de 2012 / 13:02

      Não é terrível?
      beijos! Obrigada pela visita, sempre

      Curtir

  2. norma7 4 de setembro de 2012 / 12:53

    Em tempo: ” desvia a atenção DO QUE realmente importa”
    Bjo

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.