ARTIGO – Especial “PAPA” – O suspense, por Maria Helena RR de Sousa*

Vamos e venhamos, existe alguma instituição que há mais de dois mil anos consiga interessar e congregar tanta gente em torno da mesma expectativa?Não há notícia que mantenha a Imprensa do mundo todo, Rádio, Jornais, TVs, Redes Sociais, não há nada que desperte a curiosidade do mundo a tal ponto quanto a eleição de um Papa. Sem Dudas Mendonças ou assessorias de imprensa, nada, nada, é interesse mesmo, líquido e certo.

Estive agora sem piscar, vidrada, aguardando a fumaça do meio-dia de Roma, vidrada diante da TV. E a fumaça, forte embora, alternava um pouquinho entre o branco e o preto e meu coração bateu aceleradamente.

Mas não habemus papam

Ainda posso torcer pelo meu candidato: Gianfranco Ravasi, presidente do Pontifício Conselho para Cultura

Secretário da Cultura do Vaticano, homem culto, inteligente, amigo da Imprensa, com conta no Twitter: @CardRavasi

Um de seus tuítes:

Chi si innalza sarà abbassato e chi si abbassa sarà innalzato (Mt 23,12) (Quem se exalta será humilhado e quem se humilha será rebaixado).

AS ARMAS DO CARDEAL RAVASI(As armas do cardeal Ravasi)

Nascido em 1942, Gianfranco Ravasi foi ordenado padre em 1966 para a arquidiocese de Milão, tendo sido nomeado nos anos seguintes prefeito da Biblioteca Ambrosiana, professor de exegese bíblica na Faculdade de Teologia da Itália Setentrional e membro da Pontifícia Comissão Bíblica.

Recebeu a ordenação episcopal em 2007 e três anos depois foi nomeado cardeal por Bento XVI, tendo recebido as insígnias no consistório realizado a 20 de Novembro de 2010.

O responsável de 69 anos ocupa também o cargo de presidente das comissões pontifícias dos Bens Culturais da Igreja e da Arqueologia Sacra.

O cardeal é simpático, respeita a Imprensa e gosta da transparência que a Imprensa deve e precisa cultivar. O que é MUITO importante. Especialmente na América Latina que anda com um namoro infeliz que chama de vários nomes, mas que é mesmo um exemplar Controle da Mídia pelo Estado. E isso seria o fim do Brasil.

Torço por ele.

Se vai dar…

* Maria Helena Rubinato Rodrigues de Sousa*É, antes de mais nada, uma pessoa maravilhosa. Colabora para diversos sites e blogs com seus artigos sobre todos os temas e conhecimentos de Arte, Cultura e História. Ainda por cima é filha do grande Adoniran Barbosa. Passa a escrever semanalmente para o site Brickmann & Associados  e para o nosso blog. 

3 comentários sobre “ARTIGO – Especial “PAPA” – O suspense, por Maria Helena RR de Sousa*

  1. DJALMA BENTES 13 de março de 2013 / 19:42

    É, não deu. Como não deu nenhum dos preconizados pelos vaticanistas. Deus seja SEMPRE louvado. Habemus Papam.

    Curtir

  2. maria helena 14 de março de 2013 / 8:20

    Estreei com um palpite incrivelmente furado… pelo bico da gaivota, naturalmente.
    Mas o importante é que Habemus Papam e foi um Papa que começou bem, pedindo a oração dos fiéis para ele. Gostei…

    Curtir

Deixe uma resposta para DJALMA BENTES Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.