JUIZ APRONTA TODAS. MAS FICA SÓ SEM A “SOBREMESA” DE PUNIÇÃO. VEJA SÓ

hillbillygif_juge_3Caso do juiz bêbado

Na pauta do Conselho

O CNJ vai analisar hoje o caso do juiz Joaquim Lafayette Neto, da 5ª Vara Criminal de Recife.

Na véspera do Natal de 2010, Netto foi a um botequim no bairro Casa Amarela, em Recife. Bêbado, começou a passar a mão nas mulheres que frequentavam o local.

Rechaçado pelas moças, sacou um revólver e ameaçou quem estava no bar. Como a embriaguez era grande, Neto foi desarmado pelas próprias mulheres do boteco.

Sem seu revólver, urinou na rua antes da Polícia chegar. Acabou detido. O caso foi gravado por uma equipe de TV .

O TJ de Pernambuco, no começo do mês, puniu o juiz com uma leve pena de censura. No CNJ será debatido se o juiz deve ou não ser aposentado compulsoriamente por suas peripécias alcoólicas-sexuais.

FONTE: Por Lauro Jardim COLUNA RADAR VEJA ONLINE

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.