Médicos, amanhã, 3: o grande protesto. Vão bater panela lá onde a “Rose” ficava, na Presidência, em SP.

mao apontando direitagraphics-medical-medicine-157681

TODO O ATENDIMENTO DO HC SERÁ APENAS DE URGÊNCIA PELO QUE APUREI, AMIGOS!

A AVENIDA PAULISTA VAI PARAR E ESPERO QUE OS MÉDICOS COMPAREÇAM PARA MOSTRAR QUE ESSAS PAPAGAIADAS QUE ESTÃO SENDO PROPOSTAS SÃO …SÃO…

Pauta para 3 de julhomao apontando esquerda

 Médicos, residentes e estudantes de medicina vão parar a Avenida Paulista

graphics-medical-medicine-762887Os médicos de São Paulo tomarão a Avenida Paulista, dia 3 de julho, para uma passeata de protesto contra a importação de profissionais de medicina sem capacidade comprovada.

O ponto de encontro, às 16h, será na Associação Médica Brasileira (Rua São Carlos do Pinhal, 324, atrás do prédio da TV Gazeta), de onde sairá uma passeata rumo ao gabinete de representação da presidência da República, na Avenida Paulista, 2163.

  th_animated_BoomPanelaço no gabinete da Presidência em São Paulo

Médicos, residentes e estudantes de medicina farão um panelaço simbolizando a necessidade de as autoridades constituídas abrirem os ouvidos ao clamor dos brasileiros.

graphics-medical-medicine-305571Caminho para levar saúde às áreas remotas  graphics-medical-medicine-245937

Como solução para o problema da falta de profissionais de saúde em áreas remotas e nas periferias, as lideranças médicas propõem a criação de uma carreira médica nos serviços públicos federal, estadual e municipal, semelhante à de juízes e promotores. Certamente uma garantia da interiorização de médicos brasileiros para as áreas carentes de acesso à assistência.

O problema do atendimento integral, contudo, não depende somente da melhor distribuição geográfica de médicos. As entidades registram que, atualmente, o SUS (Sistema Único de Saúde) enfrenta um grave caso de subfinanciamento e também de distorções no processo de gestão.

É sempre bom lembrar que, além de médicos, uma assistência adequada aos moradores de áreas remotas só se dará quando a infraestrutura for completa, ou seja, com hospitais, postos de saúde, profissionais de outras áreas, como nutricionistas, cirurgiões-dentistas, fisioterapeutas, enfermeiros; acesso a medicamentos, etc.

hothothotFONTE: ASSESSORIA DE IMPRENSA – AMB

2 comentários sobre “Médicos, amanhã, 3: o grande protesto. Vão bater panela lá onde a “Rose” ficava, na Presidência, em SP.

  1. DJALMA P BENTES 2 de julho de 2013 / 18:37

    Quero estar enganado mas a polícia vai meter a porrada!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.