Nota de Lauro Jardim: trabalhar no hotel foi única opção de Zé Dirceu. A que sobrou.

bagagiste004Bem que Dirceu tentoubagagiste001

Sem chances

Hotel foi o que sobrou

José Dirceu até que tentou, de acordo com o relato de amigos, emprego em outros lugares. Mas o que lhe sobrou foi o Saint Peter Hotel. Outros empresários consultados nos últimos dez dias declinaram do privilégio de ter um ex-ministro chefe da Casa Civil em seu quadro de funcionários.

Por Lauro Jardimbagagiste003

2 comentários sobre “Nota de Lauro Jardim: trabalhar no hotel foi única opção de Zé Dirceu. A que sobrou.

  1. jomabastos 28 de novembro de 2013 / 18:33

    Que estória mal contada!

    Curtir

  2. portilho2013 28 de novembro de 2013 / 20:32

    Me engana que eu gosto. Essa ‘proposta’ de emprego já é um outro crime perpetrado por esse condenado. É um deboche aos trabalhadores do Brasil. Sua pena devia se aumentada. VOTE:000+CONFIRMA.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.