Quem vai parar a Avenida Paulista amanhã? Os cirurgiões dentistas. Protesto nacional

5 de junho

Cirurgiões-dentistas param Avenida Paulista às 18h por saúde bucal de qualidade aos brasileiros e valorização da profissão

graphics-medical-medicine-085005Exatamente às 18h da quinta-feira, 5 de junho, os cirurgiões dentistas do estado de São Paulo vão parar a Avenida Paulista, no cruzamento com a Avenida Brigadeiro Luis Antonio, para um manifestação inusitada por valorização da profissão e por mais qualidade nos serviços de saúde bucal à população.

BEIJAO
De jalecos brancos, com tarjas negras em sinal de luto, ao som da marcha fúnebre e ao toque de sinos, formarão de mãos dadas, o símbolo escolhido para a campanha (um coração com um dente em seu interior), para guardar um minuto de silêncio por assistência bucal digna em todos os níveis de governo. Do centro do coração, ainda serão soltos mim balões das cores branca, preta e vermelha.

No 5 de junho haverá protestos em todo o Brasil com o mesmo foco. Outros estados promoverão ações diferentes, para garantir a liberdade de expressão dos cirurgiões-dentistas. Em algumas regiões haverá inclusive paralisações.

Em São Paulo, a meta é obter mais atenção às políticas de saúde bucal no Estado e em seus municípios. Os cirurgiões-dentistas, profissionais técnicos e auxiliares da Odontologia que atuam no âmbito público, vinculados às três esferas de Governo (União, Estado e municípios), iniciarão a concentração, às 16h, em frente à sede do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP), na Avenida Paulista, nº 688, Bela Vista.

A expectativa é de grande adesão ao movimento, pois todas as entidades nacionais da Odontologia já manifestaram apoio (Conselho Federal de Odontologia – CFO, Associação Brasileira de Cirurgiões-Dentistas – ABCD, Associação Brasileira de Odontologia – ABO, a Federação Interestadual dos Odontologistas – FIO, Federação Nacional dos Odontologistas – FNO e Associação Brasileira de Saúde Bucal Coletiva – ABRASBUCO).

Até o presente momento, além do CROSP, o protesto também recebeu apoio das seguintes entidades odontológicas paulistas: Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas (APCD), Sindicato dos Odontologistas de Santos (SINDIODON), Sindicato dos odontologistas de Ribeirão Preto, Sindicato dos Odontologistas de Araraquara, Sindicato dos Odontologistas de Piracicaba e região, Associação Odontológica da Prefeitura de São Paulo (AOPSP), Associação dos Profissionais da Odontologia da Prefeitura de Guarulhos (APOPG), Associação Paulista de Saúde Pública (APSP), Associação Paulista dos Auxiliares e Técnicos em Saúde Bucal (APATESB). Há também apoio de entidades de outras áreas, como a Associação Paulista de Medicina e Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo.

Protesto e paralisação
Durante todo o dia 5 de junho, os profissionais da equipe de saúde bucal funcionários e servidores públicos trabalharão com uma tarja preta no jaleco, em resposta a preocupantes situações como a baixa remuneração e atrasos nos pagamentos e, em alguns casos, farão a paralisação no atendimento nesta data.

FONTE: ASSESSORIA DE IMPRENSA DAS ENTIDADES

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.