Boa análise do Cesar Maia no seu Ex-Blog. Dilma e seus quatro filhos de pais diferentes…

housework3DILMA E SEUS 4 FILHOS DE “PAIS” DIFERENTES: UMA FÓRMULA MAIS GRAVE QUE DOIS PAIS PARA UM FILHO!

1. Em 2010, Serra e Marina tinham um candidato a governador no Rio: Gabeira. Administrar esse processo não foi fácil, pois se teria que ajustar agendas, não só dos candidatos a presidente como dos partidos locais, já que só o PV acompanhava Marina. O resultado desse processo –tipo Dona Flor- prejudicou SERRA e Gabeira e favoreceu Marina, cuja verticalidade partidária a ajudou.

2. Agora, no Rio, temos um quadro curiosamente inverso e muito mais complicado. Uma candidata a Presidente –Dilma- e 4 candidatos a Governador. De cima para baixo, ou seja, de Dilma a seus 4 candidatos a governador, tudo parecia uma simples marcação de agendas separadas e em dias diferentes.

3. Mas, de baixo para cima é muito, muito mais complexo. Os eleitores têm uma colagem de rotina e maior com os candidatos locais a deputados e a governador. O eleitor mobiliza e é mobilizado para as campanhas de deputados e governador. E –pela prevalência da campanha presidencial- imagina cobrir seus candidatos locais com o guarda-chuva presidencial

4. Mas os 4 candidatos a governador que têm Dilma como candidata a presidente disputam a eleição entre si e, muitas vezes, de forma áspera e atritosa. Ao ver Dilma com outro candidato a governador adversário seu, a reação espontânea é considerar Dilma uma traidora de seu candidato a governador.

5. E –imaginando o eleitor- que Dilma vai favorecer seu adversário, esse eleitor –das duas uma: ou passa a criticar Dilma ou não faz mais campanha para ela. Seja um ou outro desdobramento, quem sai prejudicada é Dilma, mais que qualquer um dos 4 candidatos a governador aos quais está associada. A fórmula UMA PARA QUATRO de 2014 é muito mais grave que a fórmula 2 para 1 de 2010. E olhem que 2 para 1 em 2010, além de ter sido difícil de administrar, ainda prejudicou um candidato a presidente e o candidato a governador.

6. E quando entrar a TV, tudo fica mais complexo, pois Dilma pode aparecer nos programas de TV dos quatro. Aí a traição passa a ser explícita e o prejuízo ganha escala, pois as reações virão à vista. Os que imaginavam que seria uma vantagem para ela, pois teria mais tempo de TV nos dias dos governadores, quando olharem as pesquisas locais, verão o tamanho do problema que foi criado para Dilma e seus quatro filhos.

fonte: ex-blog de Cesar Maia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.