Caso Catapretta: Editorial do Migalhas. Para pensar profundamente. Se fosse por ameaças, muitos de nós, jornalistas, estariam fritando bolinhos na praia

stopwatch_e0Editorial

Quer dizer que a advogada se sentiu “veladamente” ameaçada, insinua que as ameaças teriam vindo de parlamentares, e por conta disso abandona a carreira ? Faz, então, muito bem. E faz bem à advocacia. A indumentária do causídico não é para pusilânimes ou ignavos. A advocacia, a magistratura, o parquet, a polícia, e por que não dizer os jornalistas, todos têm fartas histórias para contar sobre isso. Todavia, bravatas cifradas (seja lá o que for isso) não podem servir de justificativa para ninguém desistir de nada, ainda mais de um sacerdócio. Sim, sacerdócio, porque é isso que é a advocacia. Defender uma pessoa, ainda mais num processo criminal, é das coisas mais nobres e honrosas que podem existir. Imagine, leitor, se o juiz Moro, se os jovens procuradores da República, se os policiais, resolvessem agora desistir…. Ou alguém duvida que eles, diariamente, estão sofrendo pressões. Mas, ainda bem, não se acobardam. E isso porque o bacharel em Direito deve agir, sempre, com desassombro. Relembrando Pessoa, “navegar é preciso ; viver não é preciso”.

FONTE: MIGALHAS.COM.BR

 

Anúncios

2 comentários sobre “Caso Catapretta: Editorial do Migalhas. Para pensar profundamente. Se fosse por ameaças, muitos de nós, jornalistas, estariam fritando bolinhos na praia

  1. Mario Rossetto 31 de julho de 2015 / 16:21

    E isentada de declarar a fonte de seuus honorários pels meretríssimo!

    Curtir

  2. károly f. halász 31 de julho de 2015 / 23:37

    A coisa tá preta! Porém, para maus advogados, se diz que são ladrões diplomados. Acontece que sem advogado não há a busca pela verdade e esclarecimento dos fatos, respaldados nas leis, que devem dar ao réu, amplo direito de defesa! Ora, se a advogada largou tudo, menos o dinheiro que ganhou, deveria devolver também os milhões que recebeu para pelo menos parecer de mãos limpas, o que não parece ser…e aí vem a questão: ser ou não ser, ou somente parecer….ou vai largar tudo, e entrar num convento?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s