Nota oficial ABRAJI contra mais uma marmotada da PM

d4234-fotografo_1PM-SP obriga fotógrafos a apagar imagens feitas durante cobertura 

Na última quarta-feira (12.out.2016), os fotógrafos Daniel Arroyo (Ponte) e Rogério de Santis (freelancer) foram detidos pela Polícia Militar de São Paulo enquanto registravam a ação de estudantes secundaristas na Diretoria Regional de Ensino Oeste no bairro do Sumaré, em São Paulo. Policiais também obrigaram os profissionais a apagar as fotos que haviam tirado.

Não é a primeira vez que policiais militares abusam da autoridade para eliminar registros feitos por jornalistas. Profissionais de todo tipo de meio, dos tradicionais aos novos, foram alvo da prática: da apreensão à destruição de equipamentos.

A Abraji considera a ação dos policiais uma grave violação à liberdade de imprensa e de expressão. Como de hábito, a Polícia Militar de São Paulo marcha sobre garantias constitucionais que deveria proteger. A Secretaria de Segurança Pública deve identificar e punir os responsáveis com celeridade.

Diretoria da Abraji, 13 de outubro de 2016.police13

http://abraji.org.br/?id=90&id_noticia=3615

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: