Muita gente boa contando a história do Real em um filme: a moeda que mudou o Brasil

FONTE: ASSESSORIA DE IMPRENSA ARTPRESSE

Real – O Plano Por Trás da História’ ganha trailer com música dos Titãs

Com Emilio Orciollo Netto, Paolla Oliveira, Cassia Kis, Mariana Lima e Norival Rizzo, longa estreia 18 de maio nos cinemas

O filme “Real – O Plano Por Trás da História”, uma livre adaptação do livro “3.000 Dias no Bunker – Um Plano na Cabeça e um País na Mão”, de Guilherme Fiuza, estreia em 18 de maio nos cinemas. O trailer :

Com direção de Rodrigo Bittencourt, ‘Real – O Plano Por Trás da História’ reúne os atores Emílio Orciollo Netto, Norival Rizzo, Paolla Oliveira, Mariana Lima, Bemvindo Sequeira, Tato Gabus Mendes, Juliano Cazarré, Cássia Kis e Klebber Toledo, entre outros.

O longa ficcional baseado em fatos reais retrata a criação do Plano Real, por meio de uma narrativa que percorre os governos dos presidentes Itamar Franco e Fernando Henrique Cardoso, até a chegada de Luiz Inácio Lula da Silva à presidência.

Filmado em Brasília e São Paulo, o filme destaca o papel do economista Gustavo Franco, interpretado por Emílio Orciollo Netto, ao lado de outros seis economistas, protegidos em uma espécie de “Bunker” contra vários tipos de pressões, para acabar com a hiperinflação e criar o Plano Real.

Integra a trilha sonora do trailer, que destaca a arquitetura monumental de Brasília, a música “Será que é isso que eu necessito?”, do sétimo disco dos Titãs, Titanomaquia, na voz de Sérgio Britto. A música conquistou o prêmio de melhor vídeo clip da MTV em 1993, quando nascia o Plano Real.

O filme é uma produção da LightHouse Produções Cinematográficas e Maristela Filmes, com distribuição da Downtown Filmes e Paris Filmes, com o apoio da Globo Filmes.

Sinopse – Real – O Plano Por Trás da História

1. Brasília, maio de 1993. O país está nas cordas. A inflação chega a 40% ao mês. Os salários derretem. O desemprego é recorde e a moeda foi reduzida a pó. Após uma sequência de planos econômicos que não surtiram efeito, o país é levado à beira da hiperinflação, ao impeachment de um presidente, a uma crise de abastecimento, a demissões em massa, entre outras graves consequências.
Fernando Henrique Cardoso, então o quarto Ministro da Fazenda do governo Itamar Franco, forma uma seleta equipe econômica que, protegida em um bunker contra pressões políticas, mergulha na missão de reforma do Estado com a finalidade de controlar a inflação e cria o Plano Real

2. Brasília, maio de 1993. Após uma sequência de planos econômicos que não surtiram efeito, o país é levado à hiperinflação. Uma seleta equipe econômica, protegida em um bunker contra pressões políticas, mergulha na missão de reformar o Estado e criar o Plano Real.

Legenda da foto (da esquerda para a direita): Fernando Henrique Cardoso (Norival Rizzo – sentado), Winston Fritsch (Fernando Eiras – primeiro de pé), Gustavo Franco (Emilio Orciollo Netto – segundo de pé), Pedro Malan (Tato Gabus Mendes – terceiro de pé), Pérsio Arida (Guilherme Weber – quarto de pé) e André Lara Resende (Wladimir Candini – quinto de pé)


Ficha técnica

Elenco: Emílio Orciollo Netto, Norival Rizzo, Paolla Oliveira, Mariana Lima, Bemvindo Sequeira, Tato Gabus Mendes, Cassia Kis, Klebber Toledo
Direção: Rodrigo Bittencourt
Roteiro: Mikael Faleiros de Albuquerque
Produção: Ricardo Fadel Rihan
Coprodução: Marco Antônio Audrá
Produção executiva: Ivan Teixeira e José Paulo Lanyi
Produtoras: LightHouse Produções Cinematográficas, Maristela Filmes
Distribuição: Downtown Filmes e Paris Filmes
Apoio: Globo Filmes

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s