2 comentários sobre “Uma tristeza. Uma tristeza de milhares de anos perdidos

  1. Károly F. Halász 3 de setembro de 2018 / 22:05

    O incêndio foi criminoso, e os bombeiros sabendo disso, nem tentaram apagar o fogo, fingindo que estavam apagando, mas se via que só estavam embromando, jogaram água na parede do lado de fora, em vez de jogar no foco do fogo, e depois alegaram falta de água no hidrômetro, tendo um lado do lado a vinte metros de distância. Poderiam ter apagado o fogo em meia hora, bombeando a água do lago rapidinho, mas deixaram queimar o museu todinho! O corpo de bombeiros foi incompetente, omisso, aliás, como é toda a administração pública em todo o Brasil, que é uma vergonha!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Károly F. Halász 3 de setembro de 2018 / 22:16

    O incêndio foi criminoso, e os bombeiros sabendo disso, nem tentaram apagar o fogo, fingindo que estavam apagando, mas na verdade só estavam embromando, pois, jogavam a água na paredo do lado de fora, em vez de jogar no foco do fogo, e depois, alegaram falta de água no hidrômetro, tendo um LAGO do lado, apenas a uns vinte metros de distância. Poderiam ter apagado o fogo em menos de meia hora, e o museu ardeu em chamas TODINHO ! O corpo de bombeiros foi omisso, incompetente, aliás, como é toda a administração pública em todo o Brasil, que é uma vergonha! Também não entendo, como é que o PEZÃO, que era vice do CABRAL, que foi provado que roubou todo o dinheiro do Rio está preso, e o vice do ladrão que é o PEZÃO, ficou até como governador. É por isso que o Rio está cada vez pior, porque está sendo governado por bandidos e corruptos!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.