Recebi esse material sobre os orixás dos candidatos…Vejam só

Descubra a personalidade de cada candidato à presidência por meio do seu mapa astral dos Orixás*

(fonte: assessoria de imprensa – Diego de Oxóssi)

Os Odus de Nascimento influenciam suas escolhas e decisões durante toda a vida, atuando como se fossem os signos de um horóscopo, formando um verdadeiro Mapa Astral dos Orixás. Ao mesmo tempo, além da energia do próprio Odu, cada um deles também se relaciona aos Orixás desse caminho e recebem influência Deles para todos os aspectos da sua existência. Sendo assim, duas pessoas com o mesmo Odu regente de sua personalidade ou de seus desafios e revolução interior, por exemplo, serão influenciadas diferentemente pela atuação em conjunto do Odu e dos Orixás que se manifestam nele.

Além de trazerem as mensagens dos Orixás sobre os acontecimentos do cotidiano e as orientações sobre como resolver os problemas que se apresentam em nosso dia-a-dia, os Odus que se revelam no Jogo de Búzios também se relacionam com o nascimento de cada um de nós e determinam características marcantes em nossa personalidade e na forma como nos relacionamos com as pessoas e com o Universo.

Fonte: Diego de Oxóssi (mais informações ao término das previsões).

yansa3Fernando Haddad

25/01/1963

Odu: Ossá

Negativo: Ossá

Orixás que protegem durante a campanha: Oxoguiã e Iansã

 

Uma pequena fagulha no ar e Fernando Haddad é capaz de gerar uma grande explosão: de sentimentos, de desejos, de paixões, de realizações. Inteligente, mas impulsivo; corajoso, mas orgulhoso… Haddad é excelente administrador, líder nato e de grande senso analítico. Porém, muitas vezes deixa-se levar pelas emoções e são justamente elas que guiam os pensamentos, passos e decisões do candidato: ou tudo ou nada, ou sim ou não.

Generoso e benevolente quando acredita numa causa, Haddad traz em si a intempestividade sob um manto de benevolência e não mede esforços para defender os seus e faz todo o possível para realizar os planos e projetos que traçou, mesmo que à custas pessoais. Sua grande inteligência e senso de administração, aliadas à coragem e à capacidade que tem de realizar e produzir muito além do comum, é o que move e dá garra ao Candidato para seguir adiante, enfrentando as críticas e perseguições.

Entretanto, devido à influência do aspecto negativo do Odu Ossá, muitas vezes centraliza as decisões e age com autoritarismo e intransigência, falando e agindo por impulso, principalmente quando provocado. Nessas horas, diz o que quer e não escuta ninguém; em seguida, corre para apagar o fogo que ele mesmo iniciou, algumas vezes tarde demais, como vimos em sua gestão na prefeitura de São Paulo. Por isso é preciso ter cuidado, pois o mesmo fogo que aquece também pode incendiar e acabar lhe deixando sozinho em meio às cinzas do passado.

 

Jair BolsonaroOxum, a beleza da história e imagens

21/03/1955

Odu: Ejiogbê

Negativo: Oxê

Orixás que protegem durante a campanha: Oxoguiã e Oxum

 

Militar e político de carreira, conservador e muitas vezes perverso, a regência do Odu Ejiogbê faz Jair Bolsonaro ser capaz de identificar as mais discretas oportunidades ao seu redor e usar cada uma delas a seu favor a fim de criar verdades mesmo onde elas não existem, à exemplo do Príncipe de Maquiavel. Carismático, sabe usar as palavras como ninguém para convencer a influenciar aqueles que se dispõe a lhe ouvir.

Extremamente inteligente, o candidato é excelente em arquitetar e executar planos complexos, mas nem sempre sinceros, fazendo uso dos talentos daqueles que o cercam para atingir seus objetivos. Não é à toa que, apesar das opiniões e posições políticas controversas, tem despontado como o favorito nas intenções de voto para o primeiro turno das eleições de 2018.

Com tantos contrastes, sua maior dificuldade é completar aquilo que inicia. Cheio de malícia, vive cercado de inimigos e sabe bem disso; mas, ao conviver com o perigo, se acostumou a apontar os dedos para os que estão de fora e esqueceu-se que a chave para o crescimento pessoal está em assumir a própria responsabilidade pelas suas escolhas e caminhos.

 

Fonte:

oxossiGaúcho radicado em São Paulo, formado em Processos Gerenciais pela Universidade Anhembi Morumbi e em Coaching Integral Sistêmico pela FEBRACIS, Diego de Oxóssi é Sacerdote de Quimbanda e Babalorixá de Candomblé, atuando com desenvolvimento pessoal e orientação espiritual em todo o Brasil e Exterior. Há mais de 15 anos, Diego de Oxóssi se dedica à pesquisa, desenvolvimento e apresentação de cursos, palestras e workshops sobre as religiões pagãs e afro-brasileiras, suas formas de expressão regionais e às formas de integração de seus rituais junto à sociedade.

 

Responsável pela Editora Arole Cultural, em 2015 lançou seu primeiro livro – “Desvendando Exu: o Guardião dos Caminhos”- no qual desmistifica esse personagem tão controverso das religiões de matriz africana e mostra que, apesar do errôneo sincretismo com o Diabo, Exu é na verdade o grande amigo, defensor e companheiro de seus fiéis. Entre os anos 2016 e 2018, Diego de Oxóssi deu um novo passo na carreira literária e escreveu e publicou a trilogia “As Folhas Sagradas: Poderes, Magias e Segredos”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.