Archive for the Uncategorized Category

ARTIGO – Mucunaímas, vambora Vambora. Por Marli Gonçalves

Posted in Uncategorized with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 1 de maio de 2016 by Marli Gonçalves

Sabe aqueles filmes antigos tipo O Gordo e O Magro, ou os do Chaplin, em alguma cena em que alguém aparece e põe eles para correr de algum lugar, chuchando os seus traseiros? A típica cena de uma dupla de palhaços se apresentando no circo, em que invariavelmente um ameaça chutar o outro com aqueles sapatos enormes e pontudos? O que mais a gente pode fazer para eles se mexerem e o país voltar a andar? Já ouviu falar em pó-de-mico? Os Mucunaímas seriam os novos heróis.

Todo dia eles fazem tudo igual, discutem, dão entrevistas, denunciam, são denunciados, escolhem uma gravata e que terno azul marinho ou cinza vão usar para sentar-se à frente das câmeras de tevê que registram seus sonolentos discursos, apartes, cantilenas e escamoteios. São os políticos. Os juízes da Corte Máxima fazem quebra de braço, ora entre si, ora entre os Poderes. O Executivo não executa mais há algum bom tempo – o Dilma 2.0 não chegou nem a começar porque o carro lotado de mentiras já chegou na pista bem avariado e vem sendo trazido aos soluços até aqui, empurrado arrastado, mais de um ano e oito meses depois.

Parece que estamos vivendo uma ficção, mas o problema é que é bem real. Não é Macondo, mesmo com tantas cenas surrealistas se repetindo diante de nossos olhos, entre elas esses dias ver a criação de um governo fictício para ser como o macaco quando fura o pneu do carro. Muito louco. Saem os supostos suspeitos. Entram os supostos governantes no pretérito do Futuro, num pretérito perfeito. Não tem poesia. O que se vê é muita gente criando novelas, acreditando em suas próprias mentiras, e se enrolando e tentando enrolar mais gente. São vistos por aí falando a palavra golpe, o que os torna fáceis de serem identificados, muitos do bem, que não gostam muito de mudanças bruscas e querem sempre ficar do lado mais combativo, onde ficam fazendo “aspas” no ar com os dedos; tudo é golpe; golpe daqui – golpe dali.

Esses aí são combatidos, de outro lado, por outros que parecem saídos de contos do terror, zumbis também. Passam dia e noite falando que tudo é comunismo, esquerdopatia, petralhice e divulgando textos raivosos com informações questionáveis.

Virou guerra boba, de criança. Com bonequinhos infláveis e balões e patinhos. Um cospe no outro. O outro e a outra vão para o meio da avenida cuspir e fazer xixi e cocô na fotografia. Juntam dez para fazer fumaça e parar estradas, ameaçam rebolar e pôr para quebrar. Assim, inflamam mais ainda os que acham que vacina de HPV incentiva as meninas ao sexo, são capazes de acreditar que homossexualismo pode ser ensinado nas escolas, embutido nas cabeças, transportado em cartilhas, e desenterram o que de mais torpe esse país já teve, uma ditadura, tortura, mortes e seus agentes. Saíram da cozinha onde estavam a pueril coxinha e a popular mortadela. Agora estão todos no banheiro.

Tudo isso é o que dá mais combustível para os extremos. De um lado e de outro.

E nós? Os que seguram essas pontas? Os que estão tentando andar num país parado, vender algo no país que não tem dinheiro, comprar comida ao menos? Os que não tem nada a ver com isso e que, engolfados, são os maiores prejudicados? Os já onze milhões de desempregados, milhares de doentes sem remédios nem eira, nem beira, nem maca, as crianças microcefálicas atingidas por mosquitos e toda uma série que forma a que será, seja para quem for, como for, a herança maldita.

Tenho repetido o que me parece muito claro. O atual governo está sendo derrubado.

Não caiu ainda; está caindo. Tanto não é golpe que tem essa demora toda, porque está todo mundo – ou pelo menos a maioria que quer o seu fim- pisando em ovos, buscando fazer tudo certinho, ler até as letras pequenininhas. No momento se julgam as tais pedaladas, os fatos específicos que para a grande população pouco importam, se é isso ou se é por causa do cabelo dela. Não somos um país com tradição e conhecimento político, e teremos essa certeza quando o voto não for obrigatório. O que digo é que a maioria já está ficando de saco cheio da demora, de ouvir a mesma coisa, de todo dia conhecer um bandido novo e a situação ficar sempre mais alarmante. Querem, como disse no começo, dar um chute em alguns traseiros, jogar pó-de-mico onde esses caras passam para ver eles se coçarem.

Querem que se cocem, no sentido figurado, ou seja, que saiam andando do poder o mais rápido, enquanto ainda podemos agir e voltar para um bom caminho.

Momento informação: o pó de mico vem de uma planta chamada Mucuna ou mucunã com pelos que soltam uma enzima urticante chamada, vejam só, mucunaíma, e que dizem também ser excelente contra vermes.

Seríamos então um novo vetor popular nacional: seríamos todos temidos Mucunaímas.

Marli Gonçalves, jornalista Precisaram tantos anos de vida para só agora entender porque tantas pessoas se apegam tanto a Deus, seja ele brasileiro ou não. Só Ele mesmo talvez possa nos ajudar. É pelo menos o único em quem podemos confiar.

SP, MAIO 2016

________________________________________________

E-MAILS:
MARLI@BRICKMANN.COM.BR
MARLIGO@UOL.COM.BR
POR FAVOR, SE REPUBLICAR, NÃO ESQUEÇA A FONTE ORIGINAL E OS CONTATOS
AMIZADE? ESTOU NO FACEBOOK.
SIGA-ME: @MARLIGO

Dilma, com correntes. Beleza de charge do Sponholz.

Posted in Uncategorized on 30 de abril de 2016 by Marli Gonçalves

Vai colaborar? Moleques, “Escrachadores”, fazendo vaquinha. Acredite. Material oficial deles

Posted in Uncategorized on 29 de abril de 2016 by Marli Gonçalves

cachorro corre atras do busbus7MASSA DE MANOBRA DE JABUTICABAS BRASILEIRAS.

SÓ NASCE AQUI MESMO ESSE TIPO DE COISA ESQUISITA

—————>  Leiam  esse material oficial e se deliciem com a imparcialidade “notável”  dos escrachadores.

Também quero ir para Brasília protestar.

Vocês me ajudam? Financiam?

(As tetas do governo atual já secaram, parece.)

É INACREDITÁVEL.

Grifei – e interfiro em laranja –  uns trechos para que se deleitem melhor. Fora o português de matar a pau.




NBM-270-Mini-Notebook-School-Bus

Levante Popular da Juventude lança campanha de financiamento no Catarse para defender a democracia e escrachar o golpismo 

“Somos uma organização que sobrevive da contribuição dos seus militantes. Contudo, os desafios que nos estão colocados estão acima da nossa capacidade de arrecadação. Para enfrentar o poder econômico e midiático ( ADIVINHA PARA ONDE MANDARAM ESSE MATERIAL! PARA A IMPRENSA GOLPISTA!), só podemos contar com a solidariedade de cada defensor da democracia.

Através dos recursos arrecadados, custearemos o transporte dos jovens (???) até Brasília. Nosso objetivo é realizar atos de denúncia contra os golpistas, pressionar os senadores a se posicionarem contra o golpe e em defesa da democracia. (DEMOCRACIA É SÓ A DELES)

O custo de transporte com ônibus é de aproximadamente R$ 4,20/km rodado. Para exemplificar (escola, voltem para a escola!), a cada R$ 1.680,00 que arrecadarmos, conseguimos deslocar 1 ônibus de uma distância de 200 km até Brasília (aproximadamente 50 jovens). Assim, a cada R$ 33,60 arrecadados, deslocamos 1 jovem à Brasília. Alcançando a meta de R$ 40.000,00 e descontando os custos da plataforma Catarse (13%), conseguimos transportar aproximadamente 1000 jovens! ( APRENDAM PRIMEIRO A USAR OS VERBOS, POR FAVOR!)

Ainda, teremos despesas diversas com a produção de materiais utilizados nos atos, além da alimentação do pessoal. ( APRENDAM A USAR PONTUAÇÃO, A ESCREVER!)

Por isso seu apoio é tão importante. Contribua com qualquer quantia e participe junto conosco desse importante momento da vida política brasileira.

Acesse o llink: https://www.catarse.me/escracheumgolpista

Coletivo Nacional de Comunicação do Levante Popular da Juventude

bus8
bus8
bus8
bus8
bus8

Prepare-se para pagar o governo fora do governo. Vejam essa. Ética pública?

Posted in Uncategorized with tags , , , , on 29 de abril de 2016 by Marli Gonçalves
FONTE: COLUNA CLAUDIO HUMBERTO – DIÁRIO DO PODER

queimando dinheiro.2gif

Plano secreto do Planalto, ao qual esta coluna teve acesso, prevê uma manobra que obrigaria os cofres públicos a bancar o “governo paralelo” anunciado por Dilma após seu afastamento. A ideia é nomear ainda no governo atual, antes do dia 11 (data de votação do impeachment), os membros do futuro “governo paralelo”. Ao serem demitidos pelo novo governo, pedirão o “direito a quarentena remunerada” por 4 meses.
A Comissão de Ética Pública da Presidência da República teria papel essencial para fazer os cofres públicos bancarem o “governo paralelo”.

 mao apontando direitaQuarentena remunerada

O esquema prevê aprovação da “quarentena” pela Comissão de Ética Pública, alegando “inviabilidade” de os demitidos obterem empregos.

 mao apontando direitaSuficientes

Quatro meses de “quarentena remunerada” serão suficientes para bancar o “governo paralelo”, avalia a cúpula do PT no Planalto.

Suspeito de corrupção no governo, ex-ministro Antonio Palocci obteve “quarentena remunerada” avalizada pela Comissão de Ética Pública.

 

 

Esposa de Pimentel nomeada para obter foro especial! É escândalo em cima de escândalo

Posted in Uncategorized with tags , , , , , , , on 28 de abril de 2016 by Marli Gonçalves

descabelandosePimentel nomeia esposa secretária de Trabalho Desenvolvimento Social em MGOUVIDOS - os nossos parecem descarga

FONTE: COLUNA ESPLANADA – Leandro Mazzini

pimentel

Um dos alvos da Operação Acrônimo da Polícia Federal – já foi ouvida pela delegada em plena maternidade – a primeira-dama do Estado de Minas Gerais, Carolina Oliveira, foi nomeada hoje secretária de Trabalho e Desenvolvimento Social do Governo do Estado.

A nomeação foi feita pelo marido, o governador Fernando Pimentel – também alvo da Acrônimo e já indiciado pela PF, com aval do Superior Tribunal de Justiça.

A nomeação saiu no Diário Oficial do Estado nesta manhã. Pimentel exonerou do cargo André Quintão, ligado ao ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias. A reviravolta no primeiro escalão causa hoje rebelião velada de secretários.

metralha 1

Sponholz e o “afastamento” de Dilma

Posted in Uncategorized on 27 de abril de 2016 by Marli Gonçalves

Calaram a bichinha, tadinha. Miss Bumbum tem de ficar quieta

Posted in Uncategorized with tags , , , , on 27 de abril de 2016 by Marli Gonçalves

women655mais, aqui e aqui

Mulher de ministro do Turismo diz que governo a proibiu de se pronunciar sobre ensaiowomen598

O ministro do Turismo, Alessandro Golombiewski Teixeira, com a mulher, Milena Teixeira, no gabinete
O ministro do Turismo, Alessandro Golombiewski Teixeira, com a mulher, Milena Teixeira, no gabinete Foto: Divulgação
Diana Figueiredo e Marina Navarro Lins
FONTE : jornal extra

O governo proibiu Milena Teixeira, mulher do novo ministro do Turismo, Alessandro Golombiewski Teixeira (PT), de falar com a imprensa. A informação é da assessoria dela, a MF Models Assessoria. A primeira-dama do Turismo ficou famosa após sua própria assessoria divulgar um ensaio dela no gabinete do marido, em Brasília. Ela também afirmou ser “a primeira-dama mais bonita do governo”, causando reboliço nas redes sociais e incômodo no governo.

Procurado por meio da Assessoria de Imprensa do Ministério do Turismo, o ministro Alessandro Teixeira lamentou que a imprensa dedique tempo a “questões menores”, repudiou a exposição do casal com o uso de fotos antigas e ainda disse que o episódio revela “grande preconceito com as mulheres”.

Milena e Alessandro: casal está junto há dois anos
Milena e Alessandro: casal está junto há dois anos Foto: Reprodução do Facebook

Veja o posicionamento do ministro:

“É lamentável que na atual conjuntura econômica a imprensa nacional, fórum para o debate sério e busca por soluções para os problemas reais das pessoas, dedique tempo e espaço para questões menores.

O ministro do Turismo repudia a exposição do casal e o resgate de fotos antigas para atacar a imagem dos envolvidos. Na avaliação dele, este episódio revela que ainda existe um grande preconceito contra as mulheres no Brasil.

Não há qualquer ilegalidade no caso. Cabe esclarecer que não houve qualquer ensaio, apenas fotos avulsas tiradas no dia da posse do marido. A ex-vereadora de Salvador, Milena Santos, publicou as imagens na sua rede social pessoal para compartilhar o momento com amigos e familiares sem imaginar que iria despertar o interesse da mídia.

A Assessoria do Ministério do Turismo também afirmou que não comenta declarações pessoais de Milena Teixeira, e que essas questões deveriam ser tratadas com a assessoria pessoal dela.

Milena Teixeira não quer “ficar vinculada com baixarias”

Ao seu assessor, Milena reclamou que a imprensa vinculou as fotos ao seu passado como Miss Bumbum Estados Unidos. “Estou proibida de dar entrevista. Pq? Vincularam a coisas do passado como miss bumbum por exemplo, eu não sou mais modelo, não participo desses concursos há muito tempo. O miss bumbum não foi brasileiro, foi americano, nem foi miss bumbum o nome do concurso, não posso me vincular com baixaria”, disse, explicando que venceu o concurso “O corpo mais bonito de Miami” e não o “Miss Bumbum” como ficou conhecida em todo o país.

Milena posou em Brasília
Milena posou em Brasília Foto: Divulgação/ MF Models Assessoria

Milena também afirmou que foi procurada pelo jornalista e assessor de imprensa Fabiano de Abreu para uma entrevista em seu blog e, posteriormente, após a repercussão das declarações e das fotos, o contratou como assessor de imprensa, quando o material foi divulgado para grandes veículos de comunicação. “Na entrevista com Fabiano eu disse que: Mostrar o corpo chama mais a atenção dos brasileiros para expor o que está acontecendo na política”, alegou.

O assessor Fabiano de Abreu também explicou o que houve. “Assustada com os comentários machistas que assolaram as redes sociais e a repercussão negativa, Milena me confiou o trabalho de assessoria de imprensa, mesmo porque ela está proibida de dar entrevistas. Tenho atuado, desde então, como seu assessor”, afirmou no início da tarde desta terça-feira.

Milena agora está proibida de dar entrevistas, e não quer mais vincular sua imagem aos concursos de beleza para não atrapalhar a carreira política. Sua mãe, Maria das Graças dos Santos, afirmou não ter ficado surpresa com a repercussão do caso, pois a filha está na mídia desde os 8 anos de idade quando fazia testes para comerciais, e por ela já ter posado para a revista “Sexy”.

Milena Teixeira beija o ministro do Turismo em seu gabinete
Milena Teixeira beija o ministro do Turismo em seu gabinete Foto: Reprodução / Facebook

Na noite desta segunda-feira, Milena se declarou ter ficado “indignada com a falta de ética e respeito das pessoas” sobre as fotos que sua própria assessoria de imprensa enviou para os jornais, e ela postou no Facebook. Ela, então, apagou as postagens amplamente compartilhadas.

Enquanto ela lamentava e retirava as fotos das redes sociais, a sua assessoria comemorava, no site: “Em todo Brasil … Milena Teixeira!”. Em 2013, ela fez um ensaio sensual em frente ao Congresso Nacional usando biquíni e uma “faixa presidencial”, e foram essas fotos que chamaram ainda mais a atenção do público e da imprensa.

FONTE:
http://extra.globo.com/noticias/brasil/mulher-de-ministro-do-turismo-diz-que-governo-proibiu-de-se-pronunciar-sobre-ensaio-19167980.html#ixzz472QCKm1o
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.875 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: