Archive for the Uncategorized Category

ARTIGO – Barba, cabelo e bigode. Por Marli Gonçalves

Posted in Uncategorized with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 2 de agosto de 2015 by Marli Gonçalves

journey-gentleman-faces-animationPensei que a modernidade seria mais pelada, lisinha. Bem, para nós, as mulheres, até que rolou, meio institucionalizada a depilação. Pelos? Só cabelos, que jogamos para lá e para cá no tal jogo da sedução. Só que agora os homens resolveram mostrar seus personagens e foram desencavar a barba. Correndo! – tem até mulher usando também e não é para circo nenhum. A concorrência anda alta.

Eu já tinha reparado, mas sem parar exatamente para pensar no assunto. Olho de um lado, de outro, e vejo pelos, pelos, pelos, em barbas de todos os tipos que se espalham nas faces dos homens nas ruas. Grandes, ralas, tortas, bonitas, horrorosas, pontudinhas, milimetricamente arranjadas, largadas, barbarellas, birimbelas. Coloridas. Brancas, grisalhas, falsas, misturadas, até trançadas já vi. Impressionante. Moda, mesmo, das que devem ficar um tempo. Ajuda na solução de alguma crise de identidade? Pode até ser.

Barba cresceu como símbolo de masculinidade, virilidade. Passaram a identificar muito os militantes de um certo partido que está em baixa, assim como os líderes por eles ainda venerados. Dá para identificar os militantes, até porque não mudam nunca, não evoluem, atarracados num passado histórico do qual ouvimos falar bem, até estivemos por perto, utópico e sonhador, igualitário, mas que não se mostrou capaz quando virou real. Fizeram barba, cabelo e bigode, mas na Nação. Literalmente a estão deixando lisinha.

Mas não é bem sobre eles esse nosso papo agora, e sim sobre os vários personagens que estão surgindo nas ruas e que mostram que a barba é uma nova fantasia masculina. Os homens estão vestindo a barba. Alguns até esticam um cavanhaque, outros, um rabinho de cavalo, e mais recente houve o advento do coquinho. A praga do coquinho. Um montinho de cabelo no cucuruco e voilá, a auto-estima do cidadão se apresenta. Repara.

IEYjAKfO que está na crista da onda é o tal homem lenhador, uma mistura de Genghis Khan com fábula de João e Maria. É aquela barba mais comprida, volumosa, que vem acompanhada do olhar “tenho-um-machado-imaginário-na-mão”. Esse tipo floresceu seguindo estrelas do rock e do cinema, os adeptos, como são chamados pelos bloguinhos de moda dessas meninas que autorizam as “tendências” do alto de seus saltinhos. Pelas barbas do profeta!

Outros personagens: o Barba Negra, terrível pirata; o Barba Azul, assassino de suas mulheres; o Barba Ruiva, personagem do folclore do Piauí, que aparece e agarra para beijar as lavadeiras de roupas na beira dos rios. Tem a barba de pirata. A barba de vilão, aquela que tem um queixinho mais fino, pode vir com bigodinho de pontinha para cima. Já teve a barba falhada de propósito; barba de um dia; barba de dois dias. A barba viking, que atrai aquele chapéu de chifres para combinar. A dos heterodoxos. A dos ortodoxos, dos anciãos, a dos gurus – essas bem brancas, longas. A barba mais famosa do mundo é a de Papai Noel. Não, acho que não. É a barba de Jesus. Ninguém os imagina, tanto Pai quanto Filho, sem barba. Pensa.

Ela é simbolo de status, transmite informações, e exige cuidados. Soube que é como coisa que se cria na cara, igual a gente planta semente em vaso. E que as quatro primeiras semanas são desesperadoras porque dá uma coceira que precisa ser superada a todo custo para alcançar a suprema pelagem. Pelas barbas de Netuno!

Dá trabalho. Vira um hobby. Barba tem de estar cheirosa. Pelo menos tentar ser macia, molinha, e bem cortada. Usar shampoo, condicionador, massagear bastante com óleo de jojoba, semente de uva ou óleo de argan. Não sei se sabem, mas machuca sim. Raspa. Irrita. A resposta àquela velha perguntinha.barber_giving_hairy_guy_haircut_md_wht

Aliás, falo de barba não é porque não tenha mais outro assunto. Ao contrário, que o assunto dos dias têm sido sobre um certo Barba, que está com as dele de molho de uma forma como nunca vimos antes e que esta semana será lembrado muitas vezes, todos os dias, a cada revelação dos anos em que mandou e daquela que ele nos deixou mentindo com a cara lavada. A mesma com que ambos vão aparecer essa semana.

São Paulo, cheio de barbeiros nas ruas, 2015

Barber

Marli Gonçalves é jornalista Tem muitas plantas que são barba, a barba de bode, a barba de barata, a barba de serpente. Tem também o barbatimão, ou casca da virgindade, que não é dos manos, mas, dizem, faz o maior efeito.

********************************************************************
E-mails:
marli@brickmann.com.br
marligo@uol.com.br

POR FAVOR, SE REPUBLICAR, NÃO ESQUEÇA A FONTE ORIGINAL E OS CONTATOS

 Amizade? Estou no Facebook.
Siga-me: @MarliGo

Mais um ataque a jornalista. Eles fazem e nós que levamos a culpa. Veja nota da ABRAJI

Posted in Uncategorized with tags , , , , , , , , on 31 de julho de 2015 by Marli Gonçalves

JORNALISTASAbraji cobra investigação de ataque a casa de jornalista em SP
A casa do jornalista Moisés Eustáquio, onde também funciona o seu jornal (Impacto On Line), em Andradina, interior de São Paulo, foi alvo de tiros na madrugada dessa sexta-feira (31.jul.2015). A notícia foi divulgada na TV TEM, que exibiu a foto de um dos carros do repórter atingido por um disparo.
A Abraji manifesta preocupação por mais este atentado contra um jornalista e cobra eficiência das autoridades na identificação dos responsáveis. É importante apontar se o ataque tem relação com o trabalho de Moisés Eustáquio, que declarou ter recebido ameaças depois de publicar notícias sobre adulteração de combustíveis em postos da cidade.

Diretoria da Abraji, 31 de julho de 2015
http://www.abraji.org.br/?id=90&id_noticia=3145

Antes da panela. Pega seu cabide e Vem pra Rua! Dia 4, Câmara Municipal de SP. Contra mordomias e…cabides de emprego.

Posted in Uncategorized with tags , , , , , , on 31 de julho de 2015 by Marli Gonçalves

acabando com as pragasMOVIMENTO VEM PRA RUA SAMPA FARÁ CABIDAÇO NA CÂMARA DOS VEREADORES NA PRÓXIMA TERÇA-FEIRA, DIA 4 DE AGOSTO

 O movimento Vem Pra Rua Sampa fará sua primeira ação na próxima terça-feira, dia 4 de agosto, na Câmara dos Vereadores de São Paulo, a partir das 13h.

 clown03

Os manifestantes farão a entrega de centenas de cabides plásticos aos vereadores, a fim de registrar o repúdio da população paulistana à lei de número 16.234/15, que aprovou, em pleno feriado paulistano de 09 de julho, a contratação de mais 660 funcionários para a Câmara Municipal. Cada vereador, que já conta com 18 auxiliares em seus respectivos gabinetes, terá o direito de contratar mais 12 auxiliares. No total, cada vereador terá 30 pessoas trabalhando.

A lei, já aprovada, trará um gasto adicional de cerca de R$ 7 milhões de reais ao ano, em vales refeição, transporte e outros benefícios.

O Vem Pra Rua Sampa quer mostrar aos vereadores que aprovaram a nova lei que essas contratações são desnecessárias, dispendiosas e só servirão para engordar o número já inflado de pessoas que trabalharão para a campanha à Prefeitura, em 2016. Ou seja: não haverá mais eficiência na Câmara Municipal e sim mais cabides de emprego, no linguajar popular.

Animated%20Gif%20Women%20(63)

 

FONTE: ASSESSORIA MOVIMENTO VEM PRA RUA SAMPA

Blue moon. Tudo o que eu queria ver hoje. Mas só ela, um mar. Para sonhar

Posted in Uncategorized with tags , , , , , on 31 de julho de 2015 by Marli Gonçalves

Dona Dilma e seus amigos agora inventam seus próprios devaneios, e com notícias falsas. Veja, do Blog de Josias de Souza

Posted in Uncategorized with tags , , , , , , on 31 de julho de 2015 by Marli Gonçalves
FONTE: BLOG DO JOSIAS

 Planalto alardeia que governadores rejeitam impeachment

Às 23h23 da noite passada, a Presidência da República divulgou em seu blog uma ótima notícia para a inquilina do Palácio do Planalto:

“Os governadores das cinco regiões do país, que estiveram reunidos com a presidenta Dilma Rousseff, nesta quinta-feira (30), em Brasília, fizeram uma defesa clara da democracia, do Estado de Direito e da manutenção do mandato legítimo da presidenta Dilma e dos eleitos em 2014. Na ocasião, os representantes dos 27 Estados brasileiros deixaram clara sua posição de unidade em favor da estabilidade política do país.”

Quem lê o texto fica com a impressão de que Dilma arrancara dos governadores que se reuniram com ela no Palácio da Alvorada, inclusive os de oposição, uma manifestação unânime contra o impeachment. O único problema é que essa notícia é falsa. A posição dos governadores sobre a higidez do mandato de Dilma não é unânime. E o tema não foi debatido no encontro dos executivos estaduais com a presidente.

A falsa notícia veiculada no blog do Planalto realça uma declaração feita pelo governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), em entrevista coletiva concedida após a reunião.

“Existe uma preocupação conjunta, em primeiro lugar, com a agenda política”, disse Dino. “Primeiro, a defesa clara e inequívoca da estabilidade institucional, da ordem democrática, do Estado de Direito e contra qualquer tipo de interrupção das regras constitucionais vigentes. Portanto, defendemos a manutenção do mandato legítimo da presidenta Dilma Rousseff.”

Dino tinha ao seu lado, o ministro Aloizio Mercadante (Casa Civil) e outros quatro governdores: o paraibano Ricardo Coutinho (PSB), o goiano Marconi Perillo (PSDB), o catarinense Raimundo Colombo (PSD) e o paulista Geraldo Alckmin (PSDB). Incomodado, Alckmin desdisse Dino. Negou a suposta “preocupação conjunta” dos governadores com a permanência de Dilma na poltrona. O problema é que a negativa foi omitida no texto do Planalto.

Eis o que o governador tucano de São Paulo declarou e o blog do Planalto não registrou: “Isso não foi tema da reunião nem está em discussão. Não há nenhuma discussão em relação a isso [o mandato da presidente]. Nós defendemos o quê? Investigação, investigação, investigação e cumprir a Constituição. Nosso dever é cumprir a Constituição.”

Em vez de registrar a posição de Alckmin sobre o mandato presidencial, a pseudonotícia da Presidência mencionou-o noutro contexto: “Já o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, destacou a posição favorável dos governadores em relação a um dos principais temas discutidos no encontro com a presidenta: a unificação em 4% do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).”

Nesse ponto, o texto desinforma os leitores. A alteração do ICMS foi debatida na reunião. Mas não foi “um dos principais temas”. E não houve uma posição consensual dos governadores. A simpatia de Alckmin pela mudança não é endossada nem mesmo por companheiros de partido, como o goiano Marconi Perillo.

Ausente no debate do Alvorada, o tema do impeachment havia surgido numa reunião prévia. Sem a presença dos tucanos, que se encontraram na representação do governo do Paraná, os demais governadores debateram, num hotel próximo do Alvorada, os temas que tratariam com Dilma. Ali, Flávio Dino tentara convencer os colegas a divulgar uma manifestação conjunta contra o impeachment. Foi contestado pelo governado de Mato Grosso, Pedro Taques.

Em processo de rompimento com o PDT, Taques disse que não havia apenas governistas na sala. Recordou que passara pelo Senado como um senador “independente”. E declarou manter a mesmo posição como governador. Acrescentou: “do mesmo modo que não nos cabe discutir a Lava Jato, um caso da polícia, do Ministério Público e da Justiça, não seria adequado tratarmos de impeachment. Isso é uma pauta para a Câmara dos Deputados.” O assunto morreu.

Durante a reunião com Dilma, nem mesmo o apologista Dino se animou a mencionar o tema, só ressuscitado na entrevista coletiva que a notícia do Planalto falseou. Dilma ainda tentou empinar o tema por meio de indiretas. Como no trecho do seu discurso em que ela fez questão de recordar que seu mandato vai até 2018:

“Nós fomos eleitos na última maior mobilização democrática do país, que são as eleições. E, nessas eleições, nós assumimos compromissos perante o país e perante os nossos eleitores. E esses compromissos, expressos no plano de governo, eles dão um quadro que é o quadro que nós temos de desenvolver com todas ações, iniciativas, projetos. Enfim, realizando esse compromissos no horizonte, […] ao longo do nosso período de governo de quatro anos, portanto, até 2018.”

nojinho

Sessão fofoquinhas do pau para toda obra. Neymar e Anitta. Mudou sua vida, né?

Posted in Uncategorized with tags , , , , on 31 de julho de 2015 by Marli Gonçalves

zdragloveMexericos da Candinha
O jogador Neymar e a cantora Anitta estão – a se usar linguagem própria das colunas de futilidades – se
conhecendo melhor. No sábado, ele mandou seu avião buscá-la no Rio para uma festa organizada por ele
no Guarujá. Ela dormiu no casarão do craque.

 

fonte: COLUNA AZIZ AHMED – JORNAL DO POVO/RJ

Caso Catapretta: Editorial do Migalhas. Para pensar profundamente. Se fosse por ameaças, muitos de nós, jornalistas, estariam fritando bolinhos na praia

Posted in Uncategorized with tags , , , , , , , , , on 31 de julho de 2015 by Marli Gonçalves

stopwatch_e0Editorial

Quer dizer que a advogada se sentiu “veladamente” ameaçada, insinua que as ameaças teriam vindo de parlamentares, e por conta disso abandona a carreira ? Faz, então, muito bem. E faz bem à advocacia. A indumentária do causídico não é para pusilânimes ou ignavos. A advocacia, a magistratura, o parquet, a polícia, e por que não dizer os jornalistas, todos têm fartas histórias para contar sobre isso. Todavia, bravatas cifradas (seja lá o que for isso) não podem servir de justificativa para ninguém desistir de nada, ainda mais de um sacerdócio. Sim, sacerdócio, porque é isso que é a advocacia. Defender uma pessoa, ainda mais num processo criminal, é das coisas mais nobres e honrosas que podem existir. Imagine, leitor, se o juiz Moro, se os jovens procuradores da República, se os policiais, resolvessem agora desistir…. Ou alguém duvida que eles, diariamente, estão sofrendo pressões. Mas, ainda bem, não se acobardam. E isso porque o bacharel em Direito deve agir, sempre, com desassombro. Relembrando Pessoa, “navegar é preciso ; viver não é preciso”.

FONTE: MIGALHAS.COM.BR

 

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.557 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: