#ADEHOJE – PACOTE DE BONDADES NA ARGENTINA E MARGARIDAS

#ADEHOJE – PACOTE DE BONDADES NA ARGENTINA E MARGARIDAS

 

Só um minuto – A exemplo de tudo quanto é líder populista, o presidente da Argentina, Maurício Macri, lançou hoje um pacote de bondades. Isso depois da derrota que tomou pela frente nas eleições primárias e que fizeram até o Bolsonaro daqui se arrepiar todo e soltar suas sandices habituais. Macri congelou o preço da gasolina, disse que sobe o salário mínimo e que vai reduzir impostos.

Milhares de trabalhadoras do campo protestaram nas avenidas hoje em Brasília. Foi a Marcha das Margaridas que ocorre de quatro em quatro anos. As mulheres estão se posicionando firmemente. Outro dia foi a Marcha das Mulheres Indígenas. Imagens inesquecíveis.

Olha só: o deputado federal e forte Alexandre Frota foi expulso do PSL, o partido do homem que nos desgoverna. Fez críticas públicas e os Bolsonaros não gostaram…Deve ir para o PSDB agora.

Finalmente, a Reforma da Previdência começa a andar no Senado e na Câmara, comissão aprova texto que torna nepotismo indicação para embaixadas – o que mataria a chance do Eduardo Bolsonaro ir para Washington.

Resultado de imagem para MARCHA DAS MARGARIDAS

Resultado de imagem para MARCHA DAS MULHERES INDÍGENAS

#ADEHOJE – FOTO DA MALA, TURBULÊNCIAS E VITÓRIAS

#ADEHOJE – FOTO DA MALA, TURBULÊNCIAS E VITÓRIAS

 

SÓ UM MINUTO – Ufa! Pá, que foi bonita a vitória ontem contra a Argentina! Uns momentos de torcida e alegria. Bolsonaro foi lá – desta vez ganhou aplausos, mas também levou boas vaias. Ficou incrustado lá com Neymar, aquele que ainda está sob acusação. Bolsonaro legou o Paulo Guedes, mas devia ter levado o general Heleno que está bem chateado com o filhote do Capitão. Apareceu a foto dos 39 quilos de cocaína. Não estava nem escondido debaixo de nada. Purinha.

Puxa, fiquei chateada de saber que Marlene Matheus, ex-presidente do Corinthians, morreu. Ela foi bem combativa essa mulher! E era tão engraçada quanto o marido, Vicente Matheus.

O ministro da Justiça, Moro, ficou muitas horas respondendo a perguntas até que a cobra fumou, a situação complicou, teve brigas, xingamentos, baixaram o nível e ele aproveito para se mandar. Perda de tempo: ele só vai repetir o que já disse, até que haja novas investigações e mais profundas, além de vazamentos mais importantes…. Esses aí são fraquinhos…Não se sustentam.

Redes sociais instáveis !

#ADEHOJE – ECLIPSE, MUITO ALÉM DO SOL

#ADEHOJE – ECLIPSE, MUITO ALÉM DO SOL

SÓ UM MINUTO – Hoje tem eclipse total do Sol, e tem muita gente lá no Chile que foi assistir, por ser um local mais adequado para acompanhar o fenômeno. Mas esse tipo de acontecimento muda muita coisa na geral, e nos faz pensar, e além até da astrologia. Há nesse momento – praticamente todos os dias – um eclipse da razão, da inteligência, da lógica, do relacionamento entre as pessoas.

Tenho lido, visto, ouvido, sabido, assistido a coisas que podem ser chamados do arco da velha, como diz a expressão popular. A internet, as redes sociais, a exposição absurda da vida privada e intima vem criando uma nova sociedade. Onde a intolerância acaba combatida com mais intolerância ainda, criando uma bola de neve perigosa, que pode se transformar em avalanche.

Bem, e hoje ainda tem também o jogo Brasil X Argentina, que nos conclama ao pior de uma torcida, sempre.

#ADEHOJE – – ATENÇÃO, BRASIL!

#ADEHOJE – – ATENÇÃO, BRASIL!

 

SÓ UM MINUTO – Enquanto ficamos distraídos com a novela Neymar no paraíso das camisinhas, o mundo corre sob nossos pés. E o Brasil continua com a marcha-a-ré engatada, continuamente. Essa semana assistimos o anúncio de decisões mortais e inexplicáveis no Código de Trânsito. Ao vaivém das informações – agora Bolsonaro diz que desistiu do decreto para fazer sua Cancun em Angra dos Reis. Do decreto, mas não da ideia. Na Argentina, onde foi meter o bedelho na eleição alheia, começaram a falar numa tal meda Mercosul, peso-real. Como se fosse hora, na balbúrdia que ambos os países estão metidos. Os milicianos cariocas, veja só, estão conseguindo escapulir. Repara.

Não sei onde viram só 0,13% de inflação. Acho que quem calcula não faz compras nem em feiras nem em mercados. Só pode. Ou medem em coisas que não são as que compramos. As que não usamos.

Coisa boa vai ser torcer para o Brasil a Copa do Mundo de futebol feminino, que finalmente ganhou luz. Ah, teve até meteoro dando show nos céus do Rio Grande do Sul.

Neste sábado, comemoro meu dia. Obrigada desde já a todos pelo carinho.

#ADEHOJE, #ADODIA – NOSSAS RELAÇÕES INTERNACIONAIS…E BOLSONARINHOS MATRACAS

#ADEHOJE, #ADODIA – NOSSAS RELAÇÕES INTERNACIONAIS…E BOLSONARINHOS MATRACAS

 

O Brasil está no noticiário internacional por vários motivos. Cutuquei, cutuquei e não achei nenhum bom motivo. João de Deus, porque atende a um grande número de estrangeiros. Cesare Battisti, o sumido, porque a Itália quer porque quer e até já deixou um avião paradinho para extraditá-lo. O Capilé, traficante perigoso preso no Paraguai (não, não é aquele Capilé das manifestações, que sumiu, nunca mais ouvi falar dele). Bom, tem mais: Cuba e Venezuela países “desconvidados” para a posse. Argentina chateadíssima mandará alguém, do quinto escalão, porque acha que não estamos tratando bem do maior parceiro comercial. Mais? A questão da embaixada em Jerusalém e atritos com Oriente Médio. E mais falação das matracas dos Bolsonarinhos obrigam o pai sair de casa para amenizar a situação, negar, explicar. Agora o empedernido Eduardo Bolsonaro, eleito deputado federal, junto com aquelas figuras assustadoras do PSL – Joyce, Frota, etceteras – dando a entende que o país fixará pena de morte para traficantes igual à Indonésia. Isso fora nossas decisões com relação ao clima, o namoro com Trump…Socorro, Mundo, desculpe aí, que a gente vai tentar melhorar!

 

Sobre nosso momento. Só posso dizer que recebi de uma pessoa importantíssima, mas põe importante nisso. Em resposta ao meu artigo da semana

2n8ouq0“Caríssima Marli,

A situação anda tão ruim, que nem cactos seremos.

Lembro-me da história que se conta na Argentina da presidente Cristina, que um Ministro otimista e outro pessimista foram lhe dar notícias. Ela quis ouvir primeiro o otimista, que lhe disse que, em breve, todos seriam camelôs vendendo barbatanas para camisas, nas ruas. E, angustiada, virou-se para o pessimista e perguntou sobre a sua notícia. Ele respondeu: “Vender para quem?”.

Para você ler qual foi o artigo da semana,

“Vamos todos virar cactos”, clique aqui