Procurando o ZECA! Dono está até oferecendo recompensa pelo cachorro levado pelos bandidos

FONTE: do g1

Dono busca cão levado durante arrastão em prédio de SP

Personal trainer oferece recompensa para quem encontrar o bicho.
Além de Zeca, criminosos roubaram cerca de R$ 20 mil de moradores.

 

Paulo Toledo Piza Do G1 SP

 
 
Zeca brinca perto do dono (Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal)Zeca ZECA brinca perto do dono (Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal)

O dono do cachorro que foi levado durante arrastão em um prédio na Zona Sul de São Paulo busca desde terça-feira (22) seu amigo. Desesperado pela falta de notícias sobre o staffordshire terrier Zeca, nesta sexta (26) ele pretende levar cartazes com a foto do cão a pet shops e clínicas veterinárias da cidade.

“Vou oferecer uma recompensa. Ainda não sei o valor, mas quem devolver receberá uma compensação”, disse o personal trainer Cristiano Maffra, de 34 anos. Amigos dele iniciaram uma campanha no Facebook para localizar o bicho.

Zeca foi levado por uma quadrilha que invadiu o edifício onde mora, no bairro da Aclimação. Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), o crime aconteceu por volta das 19h de terça. De acordo com o porteiro do prédio, um homem vestido como carteiro disse que precisava entregar uma encomenda. Quando o portão foi aberto, a quadrilha entrou e rendeu o funcionário e alguns moradores.

Hospedado na casa do personal trainer há dois meses, o cineasta americano Blake Farber, de 26 anos, saía para passear com o cachorro quando foi abordado por assaltantes armados. “Eles viram o Zeca e perguntavam se ele mordia. Respondi na hora: ‘Não, ele é muito simpático’”, disse o jovem.

Ao sair, os cerca de 20 criminosos envolvidos no arrastão decidiram levar, além dos bens materiais dos moradores (um carro, computadores, joias, celulares, relógios, cerca de mil dólares e mais de R$ 20 mil), o cão Zeca. “Ele literalmente abanou o rabo para os bandidos”, comentou Maffra, ressaltando o quão manso o bicho é.

Presente de um aluno, Zeca tem atualmente 3 anos e meio de idade. Brincalhão, é o xodó de Maffra, que diz estar muito triste desde o roubo. “Quem estiver com o cachorro, que entregue para um abrigo, para um pet shop, lar de cães. Não importa o que levaram. O Zeca é que importa”, disse. Outra opção é entrar em contato com a polícia, pelo número 190, ou pelo Disque Denúncia (telefone 181).