Denúncia da Coluna Claudio Humberto, sobre o anão Ministério do Turismo: uma zinha ganha 22 mil 470 reais para …nada! Nem vive aqui!

Coisas estranhas acontecem no governo Dilma. No Ministério do Turismo, uma funcionária foi demitida no mesmo dia em que a filha era nomeada, numa espécie de herança de boquinha. Mais que isso, a filha nomeada mora com o marido em Boston, Estados Unidos, sem deixar de ganhar R$ 22.470 mensais pelo cargo de diretora de departamento dedicado ao “desenvolvimento do Turismo”. O dela, certamente.
É comissionado, “de confiança”, o cargo da diretora de departamento do Ministério do Turismo que vive fora do País.
Servidores dizem que M.D.J., morando nos EUA, não vai ao ministério do Turismo há mais de um ano. Hoje estaria sob licença.
A assessoria do Ministério do Turismo não sabe do caso da diretora que mora no exterior: “Não existe isso no ministério”. Então, tá.tourist_kamera