Tem umas decisões que você precisa saber. Principalmente as emanadas pela Câmara Federal nos últimos tempos.

Decisão da mesa diretora da Câmara autoriza os deputados federais a omitirem comprovantes de despesas que revelam sua “intimidade”. Não está claro o que consideram despesas “íntimas”. Podem ser cirurgias plásticas, estoque de viagra, viagens particulares, compra de vinhos e cachaça, gastos com motel ou com empresa de segurança das quais o parlamentar é dono etc. Para todos esses casos há precedentes.
O “cotão” mensal de R$ 37 mil dos deputados já pagou até contas de motel do deputado e ex-ministro do Turismo Pedro Novais (PMDB-MA).
 gif-sexy-gratuit-1
Francisco Tenório (PMN-AL) fez o contribuinte pagar 4 reais de uma dose de cachaça. O salário do deputado federal é de R$ 33.763,00.
Edmar Moreira (ex-DEM-MG), o “deputado do castelo”, usou verba da Câmara para pagar R$ 15 mil às próprias empresas de segurança.

Precisa ter uma cara de pau enorme. Olha o que o tresloucado Vaccarezza disse. Parece que bebem. Devem beber.

Será que essa pessoa pensou no que estava falando? Sabe do que estava falando, de um mal que aflige, atinge, mata e detona famílias deste Brasil de Deus?

Vaccarezza diz que Bolsa Família é bom até para quem compra cachaça

O líder do governo, Cândido Vaccarezza/Foto de Aílton de Freitas

 O líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), disse que  a oposição nunca “entendeu” a intenção do programa Bolsa Família. Mas não foi só isso. Quando disse que que a oposição criticava o programa porque achava que as pessoas gastavam os recursos  em cachaça, Vaccarezza acabou dizendo que o programa é bom para a pessoa ter acesso até  à cachaça.

“Esse dinheiro não tem nenhuma intermediação política. O cidadão compra pão para sua família, os gêneros de primeira necessidade. Eles (oposição) brincavam, inclusive, que o cara ia lá e comprava cachaça, que o chefe de família comprava cachaça. Não vamos incentivar isso. Mas mesmo que uma família dessas compre uma garrafa de cachaça por mês são 11 milhões, ou 12 milhões de garrafas de cachaça. Isso ajuda toda a economia. E como se cada uma comprar uma garrafa de água: são 12 milhões de garrafas d´água. Então, infelizmente a oposição não entendeu o Bolsa Família e continua a não entender – disse Vaccarezza.

socorro!