URGENTE – A PARTIR DA ZERO HORA…Caminhoneiros param em todo o país

Governo federal não apresenta proposta e caminhoneiros entram em greve à zero hora do dia 23

fonte: gabinete deputado federal Osmar Terra

Fracassou a reunião entre caminhoneiros, embarcadores, cooperativas de transporte, empresários do ramo, parlamentares e representantes do Ministério da Fazenda, Secretaria Geral da Presidência da República, Polícia Rodoviária Federal, entre outros órgãos envolvidos na cadeia produtiva do transporte rodoviário de cargas. O governo federal não apresentou nenhuma proposta e os profissionais entrarão em greve a partir da meia-noite de quinta-feira (23). O encontro aconteceu hoje (22) na sede na ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), em Brasília.
Os profissionais saíram da audiência gritando palavras de ordem contra a presidência da República, ao mesmo tempo em que comunicavam aos líderes da categoria, via redes sociais, o início da paralisação.
O deputado federal Osmar Terra (PMDB-RS), relator da Comissão Externa da Câmara que acompanha o movimento dos caminhoneiros lembrou que o aviso já vinha sendo dado desde fevereiro, e agora o Brasil vai parar. Mesmo assim, a comissão vai examinar o encaminhamento de cinco propostas para o plenário da Câmara, em busca de uma solução para o movimento.
1) Definição de um preço mínimo para frente, evitando confrontos de constitucionalidade;
2) Redução dos impostos incidentes sobre o óleo diesel;
3) Crédito especial de R$50 mil do BNDESm com juros de 2% ao ano destinado aos caminhoneiros autônomos;
4) Perdão das multas aplicadas durante a paralisação;
5) Reserva de mercado de 40% para as cooperativas de caminhoneiros.