ARTIGO – Como é o seu candidato ideal? Por Marli Gonçalves

Como é a pessoa em quem você votaria de olhos fechados, sairia feliz para votar até debaixo de chuva e frio, como se diz, ou até debaixo de facas, não temeria a pandemia e voltaria para casa orgulhoso por ter praticado a cidadania em sua melhor forma? Ela existe?

candidato

Mulher? Homem? Alguma causa social a ser defendida? Você se importa com o partido ao qual pertencem? É que temos tantos (33) que é até bem confuso, porque pouco eles se diferenciam entre si, sejam de centro, esquerda, direita, direções que cada vez mais apontá-las se torna indiferente nessa nova sociologia que enfrentamos. Existem tantos porque tem uma torneirinha que vaza nosso dinheiro para cada um deles.

Essa semana pensei muito nisso. Passamos por seis horas de imersão no tema eleições e marketing político, em curso online do jornalista e um dos experts no assunto, Carlos Brickmann. Foram seis horas, duas horas em três dias. Interessante pensar nos variados aspectos eleitorais pelo menos um pouco antes, e, especialmente, neste ano tão cheio de surpresas, mudanças, medo. Além da premente e visível necessidade de renovação e mudança. Tempo muito curto. Piscou, e vai chegar o dia, um domingo, 15 de novembro, primeiro turno; e onde houver segundo turno será 29 de novembro, apenas 14 dias depois.

Como será a presença? Terá forte abstenção? Vacina, até lá, desistam. A eleição atual será de âmbito municipal, prefeitos e vereadores, tudo o que é mais perto da gente, de onde moramos, vivemos, transitamos. A “outra”, nacional, federal e  estadual, tão esperada por grande parte da população que não sabe nem como é que chegaremos lá, tão destroçados que já estamos, só em 2022. Você seria a favor de que todas as eleições fossem unificadas? Gostaria que esta tivesse sido adiada? Você vai votar?

O tempo curto: a campanha começa oficialmente só no próximo dia 27 de setembro. Imagino que já deve ter recebido aceno de algum amigo ou conhecido que será candidato, com quem você há anos não falava e já esteja percebendo a candura e “saquinhos de bondades” de alguns prefeitos que adorariam se reeleger. Acredito ainda que já perceba de repente até algumas máquinas na pista e homens trabalhando em locais onde eram esperados já há algum tempo.

Nas nossas conversas sobre o assunto, na qual participaram pessoas de todas as regiões do país, percebemos a chegada de vários candidatos bem intencionados, que vão tentar serem eleitos para buscar contribuir com seus conhecimentos. Embora pelas Câmaras passem todos os assuntos, seria muito bom se nelas houvesse conhecimento mais preciso sobre temas como Saúde, Educação, Meio Ambiente, Desenvolvimento Urbano, Segurança Pública. Mas também é fundamental, muito especialmente, que a Câmara seja composta de forma diversificada e que atente também a temas comportamentais, como as questões de gênero, raça, entre outras que nos são tão caras e sempre tão esquecidas ou deixadas de lado.  Pense bem nisso quando for votar.

Na questão feminina, pela qual tenho especial apreço, pensa na importância de termos mais mulheres nos parlamentos. Não só pela luta pela igualdade, mas pelos aspectos que tanto nos afligem, e só a nós, que precisam ser consertados ou resgatados, inclusive em relação ao respeito aos direitos conquistados e nos tantos que ainda faltam. Cuidado com essa questão de cotas, onde muitas são postas apenas como números. Procure as que realmente fazem a diferença. É a hora das lideranças comunitárias, daquelas que há muito tempo guerreiam, sejam de qual idade forem. O mesmo para as questões LGBTs.

No curso, interessante, se concluiu que o povo vota por emoção, mas não gosta de quem ataca os adversários, especialmente se esse ataque for abaixo da linha da cintura. Agora não é hora de acirrar ainda mais essa divisão nacional, bolsonaristas, lulistas, etc… – mas, sim, hora – e oportunidade – de dissipá-las, em prol de uma união nacional. Vote em quem fala a verdade, aliás, quem sempre falou, porque nessa hora o que tem de gente esquecendo o que disse, o que escreveu, o que já prometeu e não cumpriu, não é brincadeira.

Se eu pudesse pedir voto, apenas diria: vote contra a ignorância que precisamos conter, com tanta força. Fique atento às notícias, promessas e informações falsas, a arma dos incompetentes. Muitas coisas talvez não dê para falar pessoalmente, nesse ano o contato será muito “digital”, com máscaras. Não se deixe enganar por quem é capaz de levantar, sem perceber, um anão, pensando ser uma criança. Esqueça a política antiga e, já que essa chegará em grande parte por redes sociais, utilize esse mesmo campo com consciência, seja para apoiar, seja para incrementar com os temas que farão a diferença nesse futuro ainda tão incerto que vivemos.

Ah, me conta, por favor, se puder, como é o seu candidato/candidata ideal? Não é de hoje que me dedico a tentar entender este país.

______________________________________________

MARLI GONÇALVES Jornalista, consultora de comunicação, editora do Chumbo Gordo, autora de Feminismo no Cotidiano – Bom para mulheres. E para homens também, pela Editora Contexto. À venda nas livrarias e online, pela Editora e pela Amazon.

marligo@uol.com.br / marli@brickmann.com.br

_______________________________________________________________

 (se republicar, por favor, se possível, mantenha esses links):
Instagram: https://www.instagram.com/marligo/
Blog Marli Gonçalves: www.marligo.wordpress.com
No Facebook: https://www.facebook.com/marli.goncalves
No Twitter: https://twitter.com/MarliGo

ATENÇÃO – HC PEDE AJUDA. #HCCOMVIDA

graphics-medical-medicine-159259Hospital das clínicas da Faculdade de medicina da Universidade de São Paulo – HCFMUSP lança plataforma própria de captação de doações

Hospital das clínicas da Faculdade de medicina da Universidade de São Paulo – HCFMUSP lança hoje uma plataforma própria para captação de doações por parte da sociedade civil. Em um movimento espontâneo de diversos setores, pessoas físicas, organizações e empresas vêm se mobilizando para contribuir com o Hospital no enfrentamento da pandemia. Agora há um canal oficial para que essas doações sejam feitas.

Desde janeiro, o HCMFUSP vem se preparando para a chegada do Coronavírus por meio de seu comitê de crise. Entre outras iniciativas, reservou um instituto inteiro, com 900 leitos, para receber pacientes com COVID-19, e adquiriu insumos como máscaras e luvas em grande quantidade, de modo a prover os materiais de proteção para garantir a segurança de pacientes e colaboradores. Em um momento delicado como esse, em que o uso de materiais hospitalares e outras necessidades cresce muito, a ajuda de todos os setores da sociedade é uma excelente forma de manter o HCFMUSP forte e funcionando no seu melhor.

Por isso, muitos vêm procurando a instituição para saber como podem contribuir com recursos que possam ser revertidos em máscaras cirúrgicas ou N-95, luvas, óculos, testes de detecção do vírus, entre outras tantas necessidades. Em paralelo a isso, alguns de nossos residentes também se mobilizaram, lançando o movimento (#VEMPRAGUERRA), buscando angariar doações para o HCFMUSP utilizar nos próximos meses. Iniciativas como esta merecem todo nosso reconhecimento e agradecimento.

No entanto, devido à urgência das demandas que dispararam frente à crise do Coronavírus, a direção do HCFMUSP optou por ter sua própria plataforma de graphics-medical-medicine-030686arrecadação de doações. Através do HCFMUSP, InovaHC, e Fundação e Faculdade de Medicina (FFM), estamos lançando um canal próprio de recursos – www.viralcure.org/hc – uma plataforma de código aberto que não faz custódia de fundos e não cobra taxas, direcionando a totalidade das doações para depósito direto na conta da FFM – entidade privada, sem fins lucrativos, reconhecida por seu caráter filantrópico, criada em 1986 por alunos da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) para atuar na promoção do ensino, pesquisa e assistência em saúde, e apoiar nas atividades da FMUSP e do HCFMUSP.

Com o lançamento desta plataforma, a campanha com a hashtag #HCCOMVIDA irá divulgar em diferentes mídias as missões que compõe a plataforma, criadas a partir de demandas reais, levantadas pelas equipes de gerenciamento de crise do HCFMUSP.

Convidamos a todos para que participem. Doando, compartilhando, e divulgando esta ação.

O #HCCOMVIDA é mais que um convite, é uma missão, para manter o HC vivo, e a população ainda mais forte.

#ADEHOJE – A NOVELA BEBBIANO, ABERTA AO PÚBLICO

#ADEHOJE – A NOVELA BEBBIANO, ABERTA AO PÚBLICO

 

 

SÓ UM MINUTO – O ministro da Secretaria Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, do mesmo PSL do presidente Jair Bolsonaro está sendo frito, cozido e assado em praça pública, e nós assistimos estarrecidos. Na segunda -feira, parece que salpicarão sobre ele os temperos finais e entregarão sua cabeça. O problema é que Bebianno sabe demais, acompanhou demais toda a campanha desde a primeira hora e está muito, digamos, ….bravo com especialmente um dos Filhos do Capitão, o Carlos, que nada mais é do que vereador lá no Rio e resolveu se meter e criar a maior crise política do governo até agora. Hoje Bebianno está mandando recados pelas redes sociais – e já falando em deslealdade. Lá vem vingança?

Resultado de imagem para FRANGO ASSADO ANIMATED GIFS

 

DIA MUNDIAL DA LIBERDADE DE IMPRENSA! JORNALISTAS, TUITEM! PEDIDO DA ABRAJI

Amigos da Abraji, só lembrando o pedido para quem puder tuitar hoje, no Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, sobre por que é jornalista.

A Abraji hoje está com este evento em parceria com o Twitter — transmissão ao vivo rolando agora em twitter.com/abraji — e em breve colocará uma campanha institucional nas ruas.

Essas atividades fazem parte de um entendimento que temos de que precisamos, nós jornalistas, sermos os primeiros a nos levantarmos para defender a beleza e a importância da nossa profissão, e o quão fundamental ela é para a nossa democracia.

Vamos criar paixão pelo jornalismo, pessoal! Eu pessoalmente acredito que devemos transmitir aos nossos leitores o mesmo encantamento que nós temos pelo que fazemos. E esta ação de hoje é parte disso.

Obrigado a quem puder tuitar!

Campanha contra a violência doméstica. Tem de falar, denunciar. Só gente famosa entrou para participar

Enfermera-Sujetando-Una-Red-61172não fuja, Zé! É feio! FAZ O DNA!

“Foi a maçaneta da porta.”
(fonte: assessoria de imprensa)
Frases misteriosas de celebridades para o Disque Denúncia do Rio de Janeiro é ação da Agência3.

Curiosidade Salva. Para mostrar isso, dezenas de celebridades como as irmãs Bela e Preta Gil, Anitta, Cláudia Leitte, Deborah Secco, Eliana, Paolla Oliveira, Marjorie Estiano, Sabrina Sato, Luana Piovani, Luíza Possi, Regina Casé, Taís Araújo, Ingrid Guimarães, Marina Lima, Martha Nowill, Natalia Lage, Patrícia Pillar, Bárbara Evans, Paula Burlamaqui, Roberta Sá, Mariana Lima, Teresa Cristina e muitas outras aceitaram o convite do Disque Denúncia do Rio de Janeiro para uma ação inédita no Facebook, criada pela Agência3.

Desde segunda, dia 24, elas postaram mensagens misteriosas em seus perfis oficiais de Facebook (Foi a maçaneta da porta./Foi a quina da mesa./Foi o corrimão da escada). Quando clicavam no botão “Editado”, as pessoas recebiam uma mensagem que mostrava que o interesse pelos sinais de violência doméstica pode salvar vidas.

Segundo Zeca Borges, coordenador do Disque Denúncia do Rio de Janeiro, “uma mulher é vítima de violência a cada 15 minutos, e muitas não têm coragem de denunciar por medo. As pessoas não têm coragem de denunciar. É o famoso em briga de marido e mulher, ninguém mete a colher. Queremos mostrar que qualquer pessoa pode ajudar, sim. E deve. E para isso, é só se interessar.”

A campanha Curiosidade Salva viralizou a ponto de lideranças ligadas à causa, como a Deputada Federal Jandira Feghali, relatora da Lei Maria da Penha, e a ex-Ministra da Secretaria de Direitos Humanos Maria do Rosário aderirem de forma espontânea. O ex-Presidente Lula também entrou na onda e usou a nova “mídia” para divulgar o Memorial da Cidadania, com uma receita de bolo. A Prefeitura de Olinda também usou o recurso para falar de combate ao preconceito.

Até o momento, a campanha já recebeu mais de 80 mil interações orgânicas e 1.500 comentários. Entre eles, estão muitas histórias de pessoas que já sofreram com o problema e apoiam a campanha. Somando os seguidores de quem aderiu à campanha, a ação tem o potencial de alcançar uma base de fãs num total de mais de 50 milhões de pessoas.

Paulo Castro, vice-presidente de criação da Agência3, reforçou que tudo o que agência e o Disque Denúncia querem com esta ação é o aumento das denúncias. “E com o impacto nacional dessa campanha e a viralização que ela tomou, achamos que vamos contribuir e muito para isso”, disse ele.

A ação conta ainda com filmes para Youtube (http://youtu.be/2ZRTOw6G7x0) e Instagram (@curiosidadesalva), dirigidos por Fabiana Winits e filmados por Bruno Miguel da Mouse House. As peças contam com várias atrizes que participaram da iniciativa, incluindo as atrizes Mariana Ximenes e Leticia Lima.

Link para o vídeo da campanha: http://youtu.be/2ZRTOw6G7x0

FICHA TÉCNICA:

Direção de criação: Paulo Castro

Criação: Daniel Bensusan, Flávio Chubes, Leandro Bechara, Lucas Queiroz

Diretora de atendimento: Rafaella Eyer
Atendimento: Renata Ouvidor
Direção: Fabiana Winits e Bruno Miguel
Produção: Mouse House
Supervisor de estratégia de marca: Willian Rocha
Estratégia de marca: Hanna Cordeiro
Analista de métricas e monitoramento: Elmer Dias, Iracema Sydronio
Aprovação: Zeca Borges

ARTIGO – O Pau e a vergonha alheia. Por Marli Gonçalves

broke_man_with_empty_pockets_md_clrQuantas vezes na última semana você ouviu o provérbio “pau que dá em Chico dá em Francisco? ” Quando uma frasezinha pega, fica ali na boca do povo remoendo, passa para lá e para cá, participa de várias atividades, mesmo que o seu sentido se esvaia antes de chegar ao final da história

Já que nem tudo é tão democrático assim, em um país de desigualdades tão marcantes como o nosso é que essa do pau batendo em Chico e Francisco não rola mesmo. Só o Chico é que toma uns tecos. O Francisco dá alguma carteirada e se pica, lépido com seus títulos e diplomas; se possível até esfrega na nossa cara um foro especial e alguma imunidade parlamentar. Ou algum cargo de ex.

Ex-presidente, por acaso, tem um monte rodando por aí. Um não, dois, três, contando o do saco roxo que anda fazendo aparições (cinco, se contarmos o quieto Sarney e o viajante FHC que de vez em quando aparece, dá uns pitacos e some). Um, visto em boneco gigante, inflável, camisa listrada, saiu por aí, Pixuleco, carregado pela oposição para tudo quanto é canto. E o de verdade, carne, osso e barba num road movie promocional esquisitíssimo. Inflado, fica insuflando. Sobe na tribuna, pega um microfone e logo vem brandindo alguma ameaça feita em voz grossa, alta e rouca, de quem se faz de mouco e não ouve a voz das ruas. Não vê que a coisa não está de brincadeira, que não é hora de marketing eleitoral populista. Quanto mais as pessoas olham a cara dele, com mais raiva vão ficando.Bored_man

Para nos deixar mais boquiabertos ainda com tanta coisa acontecendo e desacontecendo, como se não bastasse os personagens em ação, esses dias teve o outro ex-do-passado-distante-e-longínquo-que-adoraríamos-ver-enterrado que ressuscitou, no palco do teatro do absurdo onde apresentou um monólogo com direito a todas as caretas que deve ter treinado à exaustão antes na frente do espelho. Ninguém merece. Os palavrões que disse fizeram a sessão ser proibida para menores de idade que não podem ver filmes de terror e sangue injetado nos olhos.

Acompanhar a política nacional nos últimos tempos virou mesmo um exaustivo exercício de paciência e de vergonha alheia – expressão que agora entendo mais do que nunca, em sua exatidão e plenitude impressionante do que é a capacidade humana de sempre nos surpreender e decepcionar. Ora é a presidente saudando a mandioca e dobrando a meta imaginária, o seu zero particular. Ora é um boquirroto que na verdade está mesmo tentando só salvar a sua própria pele – viu que o caldo está entornando – para tentar retomar glorioso daqui a alguns anos, assobiando e repetindo que não sabia, que errou, mas que isso não se repetirá.

Aí alguém lá em cima tem alguma ideia que acha de gênio e resolve soltá-la em balões: as da vez foram criar mais um imposto com nome pomposo e disfarce, além do corte dos longos cabelos da Esplanada dos Ministérios, mas só dez dedinhos; nada de navalhadas radicais. Daí? Daí nada. O imposto morreu, ainda bem, sufocado pela gritaria. E os cabelos? Ah, os cabelos continuam os mesmos – o que mudará será a voz
.
Desde o primeiro governo da presidente, escrevo sobre a estranheza que havia na sensação de que tínhamos duas pessoas no comando do país; uma ficava como sombra, fazendo negócios que estão sendo revelados só agora, dando ordens, orientando a manada. Era uma sombra, mas admitamos que, pelo que vemos acontecer nesse segundo governo, a sombra até era útil e funcionava. Alguma coisa não deu certo nessa relação, gastou – tanto que a sombra se afastou – e quando o nada foi iluminado novamente foi que percebemos que o buraco já estava muito mais em baixo. Canoa furada. Sem direção. Sem argumentos. Sem respostas.

chamandoE sem oposição também. Por falar em vergonha alheia, com a oposição que temos quem precisa de governo? Eles próprios se exterminam entre si, ou caindo do muro na lama, pelo lado errado, ou equilibrando-se em cima dele e rezando pela cartilha de algum profissional da fé e fiscal de costumes, mais sujos do que outro pau, o pau-de-galinheiro.

É uma novela. Acaba uma, começa a outra. Um novelo a desenrolar, e cada mês que passa – e estão passando – se torna mais surpreendente seu roteiro, seus vai-e-vem. Nossa própria resiliência e resignação.

Somos todos Chico.

São Paulo, vem setembro, vem setembro! 2015Brasileiros em katmanduMarli Gonçalves é jornalista A profissão que acaba levando a culpa pelo pau que publica.

********************************************************************
E-mails:
marli@brickmann.com.br
marligo@uol.com.br
POR FAVOR, SE REPUBLICAR
Amizade? Estou no Facebook.
Siga-me: @MarliGo

Genial. Se pudesse poria placas assim em todas as árvores de SP. #arvorenaoélixeira

20150611_151540

esquina da Manoel da Nóbrega com Alameda Santos, sp. Iniciativa para aplaudir.

Estou abismada a cada dia com o descuido com as árvores. Veja uma da Drogaria Onofre. A árvores deles! Fotografei.

DROGARIA ONOFRE DA ESQUINA DA MINISTRO ROCHA AZEVEDO COM OSCAR FREIRE, SÃO PAULO, SP

#árvorenãoélixeira , gente!

fiz essa foto do lado de fora, pela vitrine, onde ainda deixam escrita a palavra Amor. Não é amor para essa pobre árvore

20150405_145854

Pé no chão essa análise do Cesar Maia. A oposição ainda precisa aprender a guerrear

DILMA VENCEU COM UMA CAMPANHA…, DEFENSIVA!
girl_warrior
1. É pura ilusão de ótica imaginar e afirmar que Dilma fez uma campanha agressiva. Não é verdade. Vamos usar uma linguagem de guerra. Um país em guerra com outro define seus bastiões fundamentais e, em torno deles, concentra suas forças físicas e equipamentos para defendê-las.

2. Uma campanha agressiva se dá quando um país tenta avançar sobre os espaços ocupados por seu adversário. Isso em nenhum momento ocorreu nesta campanha eleitoral.

3. Desde bem antes da campanha que todas as pesquisas mostravam com todas as letras e números que Dilma dependia de dois espaços fundamentais. Perder parte deles -por menor que fosse- seria a morte eleitoral, seria a derrota.

4. Pode-se buscar as pesquisas de um ano antes da eleição, de seis meses antes, de três meses antes e qualquer pesquisa durante a campanha e se tem o mesmo resultado. Dilma tinha sempre dois bastiões: os mais pobres e o Nordeste. E em boa medida há um significativo cruzamento entre os dois.

5. Para manter esses dois fortes guarnecidos, valia tudo. Para isso -em primeiro lugar- concentrou sua presença no Nordeste e centrou sua comunicação num suposto anti-nordestinismo do Sul maravilha. A polarização aí é claramente defensiva. Não quer ganhar nada, mas manter o que tem.war_2

6. Em segundo lugar, reintroduziu o velho e surrado discurso dos pobres contra os ricos. E repetia à exaustão os riscos que os pobres correriam se ela perdesse: o bolsa-família, o emprego, minha casa-minha vida, pro-uni…, foram as baterias antiaéreas que usou. E sua tática defensiva funcionou.

7. Os excessos verbais e publicitários tinham só esses objetivos, evidentemente defensivos. A defesa de seu forte nordestino funcionou bem. Manteve a proporção de votos de 2010 em 2014.

8. E o binário pobres x ricos funcionou, mas parcialmente. Afinal, se é verdade que houve uma ascensão social de milhões de pessoas, a receptividade daquele binário tinha que ser menor. Mas funcionou parcialmente.

9. O exército de Aécio entrou pelo norte, pelo centro-oeste, pelo sul, por S.Paulo, pelo Rio. Só não entrou pelo bastião mais importante de Aécio: Minas. Aí caberia colocar suas baterias defensivas (agressivas): cuidado, porque querem acabar com Minas. Não fez e entrou no jogo de que fez um bom governo ou não.

*FONTE: EX-BLOG DE CESAR MAIA

Curiosidades sobre a eleição presidencial em outras esquinas da América

patrick_star___to_do_list___animated_by_flyes-d4ikvok1Aécio ganha na Venezuela e perde em Cuba

( fonte: nota da coluna de Aziz Ahmed – O POVO-RJ)
Resultado curioso desta eleição para presidente: se dependesse apenas dos votos dos brasileiros na Venezuela – país de governo socialista e próximo ao PT –, Aécio seria eleito já no 1º turno. Ele obteve 52,2% dos 728 votos de brasileiros no país; Dilma obteve 30,2% e Marina 15,7%.

Já em Cuba, Aécio recebeu apenas 8% dos votos, contra 84% dados a Dilma e 6% a Marina.
Levantamento da BBC Brasil a partir dos resultados do primeiro turno revela que Aécio foi o mais votado em 58 nações, Dilma em 14, e Marina Silva (PSB), em 13.Se Aécio dominou a votação em quatro continentes, Marina dominou o eleitorado na África. Já Dilma não obteve maioria em nenhuma macrorregião do globo.

Segundo dados do TSE, 141.501 dos eleitores brasileiros (40% do total de 353.504 cadastrados) que vivem no exterior foram às urnas no último domingo em 132 cidades de 88 países.

Olha aí sobre o que é bom falar. Sorrisos. Campanha do AC Camargo já está no ar. Veja onde. Saiba mais. SORRIA!

A.C.Camargo Cancer Center apresenta: Combata o Câncer com Sorriso – 6 a 8 de agosto, em SP

BEIJAOA.C.Camargo multimídia distribuirá Sorrisos
por uma melhor qualidade de vida do paulistano

Em meio ao agito das grandes capitais, como São Paulo, sorrir nem sempre está inserido na rotina diária. Em ação que vai até sexta, 8, o A.C.Camargo levará para importantes vias do Centro a mensagem de que o sorriso é importante para a saúde, podendo ajudar a reduzir o estresse e a pressão arterial, o risco de problemas vasculares, além de melhorar a qualidade das relações entre as pessoas, o que facilita o enfrentamento de doenças como o câncer

Conheça a história de pessoas que combatem o câncer com sorriso: www.accamargo.org.br/combata-cancer-sorriso

Nesta quarta-feira, 6, a partir das 12 horas, a Avenida Paulista será invadida por balões de ar que serão distribuídos para os pedestres. Coordenada pelo A.C.Camargo Cancer Center, referência mundial em prevenção, tratamento, ensino e pesquisa do câncer, a ação Combata o Câncer com Sorriso visa mostrar à população paulistana e seus visitantes que o simples ato de sorrir é fundamental para uma melhor qualidade de vida. A campanha ocorre paralelamente nas mídias sociais: www.accamargo.org.br/combata-cancer-sorriso

Ao longo da ação, que vai até sexta, dia 8, os transeuntes de algumas das mais movimentadas vias públicas da cidade de São Paulo serão surpreendidos com a entrega de um balão em formato de sorriso, que é o logotipo do A.C.Camargo. Dentro de cada balão haverá uma nova bexiga contendo uma mensagem surpresa em uma tag. “São mensagens que visam mostrar o sorriso como aliado da saúde”, destaca a Superintendente de Marketing do A.C.Camargo, Adriana Seixas Braga.

De acordo com o psiquiatra do Núcleo de Psico-Oncologia do A.C.Camargo, Martin Alvarez Mateos, o ato de sorrir está positivamente relacionado à redução do estresse em situações difíceis e a melhora da qualidade das relações entre as pessoas. “Pessoas que enfrentam situações de estresse com otimismo tendem a lidar melhor com o sofrimento e isso se aplica, inclusive, ao diagnóstico e tratamento do câncer”, destaca Mateos.

Segundo dados da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, cerca de 75 paulistas morrem por dia vítimas de doenças isquêmicas do coração, cujos principais fatores de risco são fumo, diabetes, hipertensão e colesterol elevado. A cidade de São Paulo registra também o dobro da incidência média nacional de casos de câncer colorretal (intestino grosso e reto), com 3.500 paulistas recebendo o diagnóstico apenas deste tipo de câncer a cada ano.

Programação

Ao longo dos três dias de ação, a interação com o público ocorrerá em alguns dos mais movimentos pontos da cidade de São Paulo:
– Quarta, 6, das 12 às 15 horas – cruzamento da Avenida Paulista com a Avenida Brigadeiro Luís Antônio
– Quinta, 7, das 12 às 15 horas – cruzamento da Avenida Eng. Luís Carlos Berrini com a Rua Flórida
– Sexta, 8, das 12 às 15 horas – cruzamento da Avenida Brigadeiro Faria Lima com a Avenida Cidade Jardim

Sobre o A.C.Camargo Cancer Center – Instituição privada sem fins lucrativos, criada em 1953 por Antônio e Carmen Prudente, é um dos maiores centros mundiais em prevenção, diagnóstico, tratamento, ensino e pesquisa do câncer. De forma integrada e interdisciplinar, atende pacientes vindos de diversas partes do país e exterior.

Em 2012, conquistou a Certificação Internacional pelo Canadian Council for Health Services Accreditation (CCHSA). Também conquistou a certificação ISO 14001, firmando seu compromisso com a responsabilidade ambiental. O selo de qualidade ambiental ratifica que o A.C.Camargo atua de acordo com os rigorosos padrões estabelecidos pela Norma ABNT ISO. Em 2013 foi eleito pela quinta vez uma das melhores empresas para Você trabalhar do Guia Você S/A Exame. E foi apontado, pela edição 500 Melhores Empresas da revista IstoÉ Dinheiro, uma das melhores em Saúde e pelo Anuário Valor 1000 uma das cinco instituições mais importantes no segmento de serviços médicos. Também foi eleito a Instituição do Ano pelo Prêmio Saúde 2013, promovido pela Revista Saúde! É Vital.

fonte: Assessoria de imprensaBEIJAO

Boa Notícia (ufa!): Denúncias de violência contra a mulher aumentam, depois de campnha de denúncias. Ligue 180

Honey-animatedDenúncias de violência contra a mulher aumentam
Aumento de 60% foi observado após realização de campanha

FONTE: COLUNA CLAUDIO HUMBERTO – DIÁRIO DO PODERreno

A ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Eleonora Menicucci, disse hoje (18) que as denúncias de violência contra a mulher recebidas pelo Ligue 180 nas últimas três semanas aumentaram em 60%. As ligações passaram de uma média de 12 mil para 20 mil por dia.

Eleonora Menicucci atribuiu esse aumento à campanha nacional “Violência contra as mulheres – Eu ligo”, que visa a estimular as denúncias por meio da Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180. A campanha foi lançada no dia 25 de maio e incluiu um novo aplicativo para celular chamado Clique 180, que pode ser baixado na internet. O aplicativo permite o acesso direto ao Ligue 180 e contém informações sobre os tipos de violência contra a mulher, dados de localização dos serviços da rede de atendimento e proteção, além de sugestões de rota para chegar até eles.

“A violência contra a mulher é uma chaga que estamos combatendo cotidianamente. É possível combatê-la por meio de políticas públicas de prevenção, proteção e punição aos agressores e por campanhas que mudam a cultura da violência no nosso país, como a campanha ‘Eu ligo’”, disse Eleonora, que participou do programa Bom Dia, Ministro, produzido pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República em parceria com a EBC Serviços.

A ministra ainda informou que foram relatados dois estupros de turistas estrangeiras desde o início da Copa do Mundo. Os crimes, segundo ela, foram cometidos por um brasileiro e um estrangeiro. “Mas já está resolvido, tudo foi apurado. Elas já foram embora”, relatou.

Eleonora repudiou as vaias e ofensas à presidenta Dilma Rousseff na abertura da Copa, na Arena Corinthias, o Itaquerão. “Foi lamentável, foi execrável. As mulheres brasileiras se sentiram agredidas e humilhadas. O Conselho Nacional dos Direitos da Mulher soltou uma nota lamentando e repudiando. Tem preconceito por ela ser uma mulher também”.

A ministra ainda informou que a primeira Casa da Mulher Brasileira deverá ser inaugurada em Brasília até o fim de setembro. A estimativa é inaugurar dez casas até o fim do ano. Esses centros integrarão serviços públicos de segurança, acesso à Justiça, saúde, assistência social e orientação para o trabalho, emprego e renda em 26 capitais. (Agência Brasil)

 

Mais uma, do “Lindinho”, para você ver a situação do Rio na Campanha 2014. Rola até maquininha de contar dinheiro!

monstres-34Lindbergh é investigado por compra de sentença

queimando dinheiro.2gifO senador Lindbergh Farias (PT-RJ) é investigado por compra de decisão judicial. Ela aparece num vídeo que é peça-chave de um inquérito aberto neste ano no STF para investigar o senador e um desembargador do Rio de Janeiro. Quem conta a história, em sua página na web, é meu amigo, o jornalista gaúcho Políbio Braga.

Diz o seguinte: “Em 2005, o empresário carioca Murillo de Almeida Rego foi acusado pela CPI dos Correios de montar operações para lesar fundos de pensão de empresas estatais. Depois do episódio, abandonou a carreira no mercado financeiro. Como suvenir daquele tempo, conservou em casa uma máquina de contar dinheiro.

O aparelho voltou a ser útil na manhã chuvosa de 22 de fevereiro de 2008, quando Jayme Orlando Ferreira bateu à porta de seu apartamento, no Rio de Janeiro. Ja yme era assessor de Lindbergh Farias. Naquela época, o hoje senador do PT do Rio era prefeito da cidade fluminense de Nova Iguaçu. Jayme trazia uma mochila cheia de dinheiro. A maquininha contou R$ 150 mil. Murillo tinha uma câmera escondida na sala de visitas. O equipamento registrou a maquininha em ação e gravou 40 minutos de uma conversa nada republicana.”

FONTE: COLUNA AZIZ AHMED – JORNAL O POVO-RJ

Ela foi morta cruelmente. Ele, o assassino confesso, anda por aí, em Higienópolis. Justiça por Hiromi Sato. Eu apoio. Vamos divulgar isso. #chegadeviolenciacontraamulher

IMG-20130805-WA0000QQQ (69)

RECEBI ESSE ALERTA DA QUERIDA DANI NUSBAUM, DA NOSSA EQUIPE ESPECIAL DE COLABORADORES

esse cartaz está nos postes de Higienópolis.

Mas a gente pode espalhar mais, não?

 

 

Fiat tira do ar a campanha “Vem pra rua”…

Fiat tira do ar propaganda ‘Vem pra rua’

A montadora de automóveis Fiat anunciou nesta segunda-feira a decisão de tirar o ar sua campanha publicitária com o tema “Vem pra rua, que é a maior arquibancada do Brasil”. A música virou uma espécie de hino dos protestos que se realizam em todo o País.

FONTE: COLUNA CH

ARTIGO – Chutes no nosso Brasil. Por Marli Gonçalves

chuteForam vários seguidos. Ela, com aquele jeito todo gracioso de andar, no meio do gramado, cercada de homens, pega a coitada da bola e chuta, inaugurando os estádios incompletos, para a foto, para acalmar aquele povo que queria chutar nossos traseiros e já funga no pescoço. Descobri um de nossos grandes problemas: os chutes. As coisas e obras e mudanças estruturais sendo chutadas o tempo todo para a frente ou para escanteio. Ou empurradas com a barriga. O chute, assim como o jeitinho, é coisa bem brasileira bth_SmileySoccerCornerKick

Ora com a direita, ora com a esquerda. Sempre de rasteirinha. A presidente Dilma faz uma metáfora e tanto quando anda por aí chutando bola, inaugurando estádios, jogando para a torcida, correndo para a galera, e tentando nos convencer de que o país está preparado para o que der e vier. Para a Copa do ano que vem. Para essa Copa agora. Para as Olimpíadas. Para o papa, para o petróleo, para escoar a safra de grãos e desentupir os portos, para as crises econômicas do mundo todo, entre outras hecatombes, inclusive ambientais, que não devemos temer. Nada. A coisa está tão boa, mas tão boa, que dá para financiar hospital na Palestina, oferecer dinheiro na Etiópia, empregar médicos de Cuba, Espanha e Portugal.

Simples assim. Chuta.

Aliás, o chute está bem na moda e espero que vocês tenham reparado. Finalmente ele ultrapassa o limite barato do chute a gol do futebol e avança corajoso entre nós. Não foi com um chute só que o Vitor Belfort derrubou o opositor, Luke Rockhold, outro dia? Um só. No queixo. Nocaute.

bth_running_2É tanto chute que os aeroportos e outros pontos do país estão sendo forrados de cartazes verde e amarelo bem ufanistas, e mais um slogan federal criado em selo e prosa: “Brasil 2014 – A Pátria de chuteiras”. Chutaram até isso. Nelson Rodrigues, citado como inspiração para tal lampejo criativo, escreveu outra coisa. O título de sua coletânea de crônicas sobre o futebol é A Pátria em Chuteiras. Mas quem há de reparar?

originalSó nós, chatos de plantão, que não vemos as coisas boas, o progresso da nação, a entrada de milhões num sei aonde, saídos de uma linha da miséria, patati, patatá, blábláblá. Deve ser só na nossa casa, nas imediações de nossas casas ou onde escolhemos para fazer compras, que a inflação está corroendo tudo, onde, inclusive, todos os produtos da cesta básica que anunciaram que iam baixar, subiram. Que a gente não precisa mais nem usar saquinho de plástico e não é para não poluir – compramos tão pouco que carregamos nas mãos.

soccer_player_animatedChutam índices, chutam previsões, chutam projetos e decretos goela adentro da sociedade e de sua base aliada que agora nem mais lê! Prá quê? Chutam indicações, chutam mais que cartomante bandida na frente de rico. Chutam nossa paciência e o pouco de orgulho que ainda nos resta.

Aí a coisa pega, igual dominó, e quando você vê, se dá conta, percebe quanta coisa é chutada. O pastor chuta a santa; anos depois, infelicianamente, vem outro pastor e chuta nossa inteligência sem dó. Chutam a previsão do tempo, os resultados do jogo, os números de tudo, das passeatas, marchas e inclusive os da violência que está nos chutando mais para dentro de casa que para fora, no campo adversário. Ficamos recuados, na defesa, em nossas áreas, rezando para ninguém entrar chutando e matando.

kick-gifChutam as mulheres enquanto as estupram, vencidas.

Chutam as pessoas para intimidá-las, roubá-las nas ruas.

Estudantes chutam nas provas, e de repente acertam para continuar chutando em seus ofícios, ensinados aos chutes por professores que chutam o pau da barraca por causa de baixos salários. Chutam uns para os outros, como se a bola queimasse os pés, e ninguém quer estar com ela na hora do apito final, apontando-se uns aos outros, céleres, como dedos-duros, X-9: foi ele, não fui eu. Foi o outro governo, não o meu.

Chutam o pau da barraca, o cachorro morto e o cachorro vivo, que agora anda sobrando até para os coitadinhos, jogados de janelas, amarrados em linhas de trem, enterrados vivos por quem chuta qualquer coisa que apareça. Chutam latas, chutam macumba.kick

Chutam em inglês, espanhol, chinês, japonês. Chutam nosso português.

Chutam até que sabem o que estão fazendo. O problema real é nosso: nós é que não sabemos mais o que fazer para chutá-los para fora desse campo.

São Paulo, São Paulo, chutes e coices, 2013 MuleKick-320x240anim

 

 

 

 

 

 

 

Marli Gonçalves é jornalista– Não chuta, tropeça. Sempre tem um balde ou obstáculo à frente.

********************************************************************
E-mails:
marli@brickmann.com.br
marligo@uol.com.br

Tenho um blog, Marli Gonçalves, divertido e informante ao mesmo tempo, no https://marligo.wordpress.com. Estou no Facebook. E no Twitter @Marligo

Bar Número -porcos e safados, todo dia! Lixo de novo jogado na arvore! Rua da consolação, a rua que fazem de chiqueiro, de quintal deles

Os safados do Bar Número, hoje, de novo, enchendo a árvore de lixo. O que fazer com esse descaso pública? Isso está sendo Sào Paulo.Vamos sugerir um outro lugar para eles enfiarem o lixo? Esses tipos só entendem o bolso. Tomara que a união dos vizinhos consiga fechar a casa, Os empregados vão ficar na mão, mas talvez aprendam a não seguir ordens burras, de porcos ricos, #prontofalei #arvore naoelixeira #jardins

20130411-070056.jpg

20130411-070120.jpg

SP CIDADE SUJA, A SAGA. #ÁRVORENAOÉLIXEIRA!#ÁRVORENAOÉLIXEIRA!#ÁRVORENAOÉLIXEIRA!#ÁRVORENAOÉLIXEIRA!

#ÁRVORE  NÃO É LIXEIRA!

ESQUINA DA AVENIDA REBOUÇAS COM ALAMEDA LORENA. ANOTEM. SE A ÁRVORE CAIR VOCÊS JÃ SABERÃO PORQUÊ

2013-03-22-1116

Grande Maria da Penha. Uma luta que busca resultados,mas ainda, infelizmente, inglória

Foto: Maria da Penha gravando a campanha do Banco Mundial "Homem de Verdade não bate em Mulher". Maria da Penha será a única mulher a participar da campanha ao lado de Cauã Raymond, Flávio Canto, Anderson Silva, entre outrosMaria da Penha gravando a campanha do Banco Mundial “Homem de Verdade não bate em Mulher”. Maria da Penha será a única mulher a participar da campanha ao lado de Cauã Raymond, Flávio Canto, Anderson Silva, entre outros.

http://www.institutomariadapenha.org.br/

( FONTE: FACEBOOK DO INSTITUTO MARIA DA PENHA)

 

Álbum de fotografias. Olha que legal foi o lançamento da campanha de Roberto Podval à OAB/SP ontem, no Homs, em SP

Este slideshow necessita de JavaScript.

Pelo escritório, B&A,  estou fazendo a Campanha do advogado Roberto Podval à Presidência da OAB/SP, que tem eleições em novembro deste ano. Podval é candidato da oposição à atual gestão de Luiz Flávio Borges D`Urso, que está há nove anos no poder desta que é a maior seccional dopaís da Ordem dos Advogados, com quase 300 mil inscritos.

Ontem, Podval ganhou o primeiro ato de apoio, um coquetel no Club Homs, em São paulo, Capital, e que contou com a presença de mais de 500 pessoas num clima bem tranquilo e cordial. Veio gente de todos os cantos do Estado de SP.

Fico ligada em tudo e aproveitei para fazer umas fotos variadas, mostrando um monte de gente.

Fiz uns filmes também. Assim que der ponho no Youtube e posto aqui.

Divirtam-se. Espero que gostem.Depois a gente fala mais nesse assunto.

Aproveita e lê a carta de lançamento: