Um ano se passou e nada. Eles todos aí, olhando nossa cara ( e rindo muito dela )

cake2 anniv_036Um ano de impunidade

Amanhã será dia de festa para os amigos de Carlinhos Cachoeira e de sua quadrilha: completado um ano da prisão do bicheiro mais bem relacionado da República – 29 de fevereiro de 2012 – os parlamentares e governadores citados no relatório da Polícia Federal continuam vagando livre e soltos.

As sindicâncias contra Stepan Nercessian, Sandes Junior e Rubens Otoni foram arquivadas na Corregedoria da Câmara. Protógenes Queiroz saiu ileso do Conselho de Ética. O processo de Carlos Leréia ainda não foi concluído. Apenas Demóstenes Torres perdeu o mandato, mas está longe de uma condenação.

Os governadores, então, possivelmente nem lembram dos apuros vividos à época da CPI de Cachoeira – que, diga-se, terminou sem indiciar ninguém. Marconi Perillo, Agnelo Queiroz, Siqueira Campos e o parceiro de Fernando Cavendish, Sérgio Cabral, seguem governando, como se nada tivesse acontecido.

FONTE: COILUNA RADAR – VEJA ONLINE – Por Lauro Jardim