Os planos de Dilma. em até 180 dias, uma solução: pedir para sair ou ficar ( inelegível)

Dilma Rousseff pretende repetir o gesto do ex-presidente Fernando Collor e renunciar antes de o Senado iniciar seu julgamento. Alta fonte petista diz que a renúncia passou a ser considerada após a aprovação da admissibilidade do impeachment no Senado por 55×22 votos. Para condená-la, 54 votos bastam. A ideia seria fazer o caminho do ídolo Leonel Brizola, disputando o governo gaúcho ou o do Rio de Janeiro.

Confirmada a fortíssima possibilidade de impeachment, Dilma ficará inelegível por oito anos. A renúncia preservaria sua elegibilidade.

Dilma manterá estratégia de se vitimizar, repetindo à exaustão a lorota de “golpe” e mantendo mobilizada o que imagina ser sua militância.

 DILMÃO

A prioridade de Dilma seria disputar o governo do Rio Grande do Sul, onde se radicou. E foi até secretária estadual.

No caso de Collor não deu certo: na ocasião, o Senado ignorou a renúncia e decidiu manter o julgamento, aprovando o impeachment.DILMA CANTANDO

“Original” esse Meirelles

Amigos de Henrique Meirelles contam que o ex-presidente do Banco Central não topa assumir o Ministério da Fazenda, caso Lula o convide. Dirá sentir-se honrado, coisa e tal, mas “não”.

Senado será dedetizado e desratizado. Pronto. Agora pode rir.

O Senado vai dedetizar suas dependências desta quinta até sábado, mas, pelo sim, pelo não, utilizará um produto químico inofensivo ao ser humano. A caça será apenas a ratazanas do reino animal.mouse
Nota da Coluna de Claudio Humberto – Diário do Poder

Tem umas notas que são uma delícia. Porque a gente fica imaginando o fato acontecendo…

  • medical_79O que é isso, doutor?

    Dilma disse ontem em Natal que os pacientes hoje nem são mais tocados, prometendo que o programa Mais Médicos terá abordagem mais humana. E revelou: “Meu médico sempre me apalpou”.

Palácio Guanabara: fantasmas, lendas e maldições de um escravo atormentariam o Cabral

ghostCasa dos horrores

Para o ex-prefeito Cesar Maia, que não morou lá, a desgraça do governador Sérgio Cabral está na lenda da “maldição” do palácio Guanabara, onde um escravo torturado antes de morrer lançou.

frank1-7FONTE: COLUNA CLAUDIO HUMBERTO – DIÁRIO DO PODER

Um “pensando bem” perfeito. Se Lula não saiu, muito menos a Rose Noronha

gif_balayeur_2Pensando bem…

…se “Lula não saiu”, como Dilma diz, a ex-assessora Rose Noronha também nunca se foi.

FONTE : DIÁRIO DO PODER – COLUNA CLAUDIO HUMBERTO

Que beleza, hein? O rico Eduardo Braga voando com nossas asas!

Rocket-02-juneLíder voador

Líder do governo no Senado, Eduardo Braga (PMDB-AM), que declarou uma fortuna de R$ 16,5 milhões em 2010, é o senador que mais gasta com passagens aéreas. Só em 2013 já foram R$ 70 mil.

FONTE: DIÁRIO DO PODER – COLUNA CLAUDIO HUMBERTO