Uma cadeira: agora entendi a absurda vontade de Fachin de ir para o STF, a ponto de – ao meu ver – perder um pouco até de dignidade no caminho. Para ela poder ficar vazia uns dias do ano

Chair4Cadeiras vazias

Mello: críticas às cadeiras vazias

Marco Aurélio Mello analisou outro dia numa conversa a razão por trás das sucessivas faltas e atrasos de seus colegas ao colegiado do STF, resultando até em cancelamentos de sessões (leia mais aqui).

Disse Mello:

– As cadeiras vagas são uma constante. É falta de envergadura à cadeira. É falta de senso de compenetração.

Mello tem se incomodado especialmente com as viagens internacionais de Dias Toffoli pelo TSE.

FONTE – COLUNA RADAR – Por Lauro Jardimarg-cat-on-chair-128x128-url

18 horas acordado = 1,2 l de cerveja. Estamos falando de pilotos de avião. Dá uma olhada nesses dados.

airplane7O impacto do cansaçoairplane8

Fadiga humana afeta segurança dos voos

Uma pesquisa sobre o impacto do cansaço dos pilotos na aviação civil brasileira mostrou que, a cada 146 horas de voo, um piloto comete um erro. Comandado pelo comandante Paulo Licati, da Associação Brasileira de Pilotos da Aviação Civil, o estudo analisou 155 326 horas de voo (seis meses) de uma grande companhia aérea no Brasil em 2012.

Neste período, foram registrados 1 065 erros por parte dos pilotos. Do total, 50% dos erros ocorreram entre 0h e 6h, quando o corpo humano tem seu estado de alerta reduzido.

O trabalho mostra ainda que um piloto acordado há 18 horas equivale a uma pessoa que tenha ingerido 1,2 litro de cerveja.

FONTE – COLUNA RADAR – VEJA ONLINE – Por Lauro Jardim

Katia Abreu vai casar domingo. Mas Dilma não será mais a madrinha

aadancingbride

Dilma não será mais madrinha de Kátia Abreu

Dilma e Kátia: amigas

Por uma questão de segurança, Dilma Rousseff não vai mais ser madrinha de casamento de Kátia Abreu. As duas chegaram à conclusão de que o ritual do casamento, com o cortejo, a espera em pé e tudo mais, era incompatível com a exigência de seguranças em torno de Dilma.

Neste domingo, portanto, Dilma será apenas uma convidada entre os 150 que Kátia recebe na casa de festas Recanto das Águas, em Brasília.

Kátia vai se licenciar do cargo de ministra para tomar posse e votar na eleição para a presidência do Senado. Tudo deve acabar por volta de 17h. Logo depois, às 19h30, ela se casa com o engenheiro agrônomo Moisés Gomes.

FONTE: VEJA ONLINE – coluna RADAR -Por Lauro Jardimgraphics-bride-863312

“Mamãe voltou”. Ar irrespirável no Palácio. Do Planalto. Quem conta é Lauro Jardim

gif-anime-anniversaire-12-gratuitO ar no Palácio está irrespirável”

Palácio do Planalto: ar rarefeito

Dilma Rousseff está de volta ao Brasil e ao Palácio do Planalto após uma semana. Nos últimos sete dias, as facções internas do governo brigaram como nunca. De acordo com um auxiliar de Dilma, “o ar no Palácio está irrespirável”.

FOTNE: COLUNA RADAR – VEJA ONLINE – Por Lauro Jardim

Nota de Lauro Jardim: caneta aterroriza Petrobras. (Isso porque ainda não viram que dá para por cameras até em botão de camisa…)

Paranoia soviética

Boca miúda

José Eduardo Dutra confidenciou a figuras próximas que, desde a descoberta do teatro em que se transformou a CPI da Petrobras, a companhia vive um clima semelhante ao do Kremlin na fase de derrocada soviética.

O alto escalão trabalha cotidianamente em alerta máximo. Entre os diretores, ninguém confia em ninguém.

Participantes de conversas sobre temas importantes cercam-se de cuidados, medindo palavras, com medo de serem gravados e atentos para não darem margem de que sabem mais do que deveriam.

Por Lauro Jardim

Engraçado: alfaiate do fardão de FHC na ABL ainda não foi pago. A conta é de Eduardo Paes!

kids-035Restos a pagar

Vestindo o fardão

Vestindo o fardão

Lá se vão quase dois meses que FHC tomou posse na Academia Brasileira de Letras e o alfaiate que fez o fardão do novo imortal não recebeu o pagamento pela confecção da peça.

O calote não é de FHC. Mas de Eduardo Paes, que comprometeu-se a pagar, mantendo a tradição do governante da cidade de origem do acadêmico oferecer o fardão ao imortal.

fonte – Coluna Radar – Veja online – Por Lauro Jardim

Perdão ao pastor estuprador, safado? Era o que faltava, sr. (In)Feliciano. Veja a lista dos que foram pedir isso, com o “mocinho”

Perdão ao pecadorpastor estuprador

Feliciano: pedido ao ministro da Justiça por pastor preso por estupro

Liderados por Marco Feliciano, um grupo de dezessete deputados, boa parte deles evangélicos, conseguiu uma brecha na agenda de José Eduardo Cardozo na semana passada para defender o pastor Marcos Pereira da Silva, preso há três meses sob a acusação de estuprar fieis no Rio de Janeiro.

A bancada criticou a polícia fluminense por falta de isenção e pediu a federalização das investigações. Ouviram um ‘não’ do ministro da Justiça.

Além de Feliciano, eis os nomes dos deputados que defendem o pastor: Pastor Eurico, Francisco Floriano, Adrian Mussi, João Campos, Alexandre Santos, Washington Reis, Jair Bolsonaro, Roberto Lucena, José Olimpio, Leonardo Quintão, Zequinha Marinho, Eduardo da Fonte, Costa Ferreira, Anthony Garotinho, Fernando Jordão, Arolde de Oliveira e Aureo Lídio Moreira Ribeiro.

Por Lauro Jardim- Coluna Radar – veja online