Ministra, Secretária, Doutora, Deputada, seja lá o quê Iriny Lopes: dá um tempo! Pare de querer proibir coisas, em nome das mulheres, do PT, ou seja de quem mais.

1. DO F5 (uol)

Ministra apoia fim do quadro “Metrô Zorra Brasil”

DE SÃO PAULO

A Secretaria de Políticas para as Mulheres enviou uma carta de apoio ao sindicato dos metroviários de SP, que pediu que a Globo tirasse do ar o quadro “Metrô Zorra Brasil”. A mesma pasta, da ministra Iriny Lopes, pediu a suspensão de um comercial em que Gisele Bündchen aparece de lingerie. “Parabenizamos a iniciativa e endossamos a necessidade de ações como esta que visam desconstruir discursos de uma cultura que, até camuflada no humor, perpetua a violência simbólica contra as mulheres”, diz o documento. Os metroviários acusam o “Zorra Total” de incentivar o assédio sexual nos vagões. A Globo diz que o objetivo da atração é o entretenimento.

2 – do migalhas

Queima do sutiã

Uma semana depois de pedir para tirar do ar um comercial de lingerie com a modelo Gisele Bündchen, por considerar a peça agressiva à mulher a Secretaria de Políticas para Mulheres novamente esta querendo ditar regras. A pasta enviou um ofício ao Projac demonstrando preocupação com o personagem Baltazar – interpretado por Alexandre Nero -, da novela “Fina Estampa”. Na trama, ele subjuga a mulher Celeste, vivida por Dira Paes. Palpiteira, a ministra Iriny Lopes sugere à Globo e ao autor, Agnaldo Silva, que Celeste procure a Rede de Atendimento à Mulher, por meio do telefone 180. A ministra sugere ainda que, diferentemente de casos anteriores, em que o agressor é apenas punido, que Baltazar seja encaminhado aos centros de reabilitação previstos na Maria da Penha. Valha-nos Deus. Será que essa turma do policiamento não sabe o que é ficção ?

QUER SABER MAIS? CLIQUE AQUI, AQUI E AQUI.