O RETO DELES. Começo a achar que estamos dando cartaz demais para esses pulhas. Olha o depilado Bolsonaro e lembra da sobrancelha do (In)Feliciano

RETOEntre a bíblia e o crucifixo

Jair Bolsonaro já pode começar a cobrar a conta pelo apoio a Marco Feliciano e pedir ao deputado pastor para encampar um projeto apresentado na Câmara.

Bolsonaro propõe uma mudança no regimento interno da Casa para tornar obrigatória a colocação de um crucifixo na parede do plenário e de uma Bíblia sobre a Mesa Diretora durante as sessões.

Um absurdo completo, ressalte-se, dado que nem todos os parlamentares são cristãos ou seguem a Bíblia.

A Constituição não é necessária, até porque parte dos deputados costuma rasgá-la todos os dias.

FONTE: COLUNA RADAR – VEJA ONLINE Por Lauro Jardim