“Super Lua” neste fim de semana, visível. Será que já são os eflúvios dela tudo isso?

‘Super Lua’ pode ser observada neste fim de semana

 b00323

O fenômeno, ocorrido durante a aproximação entre o satélite e a Terra, será melhor visualizado no domingo (23)

 Lua

Santo André, 18 de junho de 2013 – A partir do nascer da Lua, por volta das 16h53 (horário de Brasília), no próximo sábado (22), os amantes do céu poderão observar o fenômeno astronômico da Super Lua, como é chamado o período em que o satélite natural se encontra mais próximo da Terra e parece ficar com tamanho maior.

 

A maior proximidade do astro ocorrerá às 8h11 do domingo (23), quando a distância entre a Lua e a Terra será de 356.991 km. No mesmo dia, às 8h32, a Lua estará com o seu disco totalmente iluminado, entrando em sua fase cheia, mudança que contribui para a observação da Super Lua em todo Brasil.

 

MELHOR MOMENTO – O astrônomo Marcos Calil, coordenador científico do Planetário Johannes Kepler, da Sabina Escola Parque do Conhecimento, destaca que o melhor período para observar o fenômeno será durante o nascer da Lua no domingo (23), 17h59, no horizonte leste. “Com a aproximação máxima do astro com a Terra, este será um belo momento para contemplar e fotografar o satélite natural, aparentemente com um tamanho maior que o convencional”, explica. Segundo o estudioso, também vale acompanhar o nascer da Lua, por volta das 19h06, na segunda-feira (24).

 

Quem não conseguir visualizar o fenômeno no fim de semana ainda poderá observá-lo nos quatro dias seguintes. “No entanto, é preciso levar em conta que o satélite nasce cerca de 50 minutos mais tarde a cada dia que passa. Por exemplo, se nasceu às 18h no sábado, nascerá às 18h50 no domingo”, alerta Calil.

 

A OLHO NU – Entre os dias 22 e 23, além da Super Lua, será possível observar a olho nu ou com a ajuda de um telescópio os planetas Mercúrio, Vênus e Saturno. Logo após o pôr do Sol, no horizonte oeste será possível identificar o forte brilho prateado de Vênus. Próximo a ele, com uma luminosidade um pouco menor, estará Mercúrio. Uma hora depois, os observadores poderão contemplar na parte mais alta do céu o planeta Saturno, com sua cor amarelada. Mercúrio e Vênus não estarão mais visíveis. Por volta da meia-noite, Saturno poderá ser observado próximo ao horizonte oeste.

FONTE: ASSESSORIA DE IMPRENSA DA PREFEITURA DE SANTO ANDRÉ