Certas análises políticas são precisas, incontestáveis. Olha essa de uma velha raposa política.

O silêncio de Lula

Amigo do silêncio

Diante do fatídico encontro de Lula e Gilmar Mendes no escritório de Nelson Jobim, Esperidião Amin produziu a seguinte maldade no plenário da Câmara, ontem à noite:

– O período em que a popularidade da presidenta Dilma mais subiu foi, por uma triste coincidência, o mesmo em que Lula passou em silêncio.

FONTE: COLUNA RADAR – VEJA – Por Lauro Jardim