Desse jeito fica difícil respeitar alguns pastores. Querem discriminar? Pois bem. Vamos provocar.

ShadowBalletInfluência evangélica

Cabral: votação adiada

Cabral: votação adiada

Os evangélicos tiveram grande influência ontem no adiamento da votação do projeto de lei na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro que prevê multa aos estabelecimentos comerciais que discriminarem gays. A proposta foi enviada para o Legislativo por Sérgio Cabral.

O pastor Abner Ferreira, até agora o maior apoio evangélico para 2014 conseguido por Luiz Fernando Pezão, disparou telefonemas para deputados pedindo o adiamento da votação.  Os pastores Edino Fonseca e Samuel Malafaia também atuaram fortemente contra o projeto.

Com 117 emendas, o projeto de Cabral foi retirado de pauta.

FONTE: COLUNA LAURO JARDIM – RADAR – VEJAONLINE

Por Lauro Jardim