Se depender da gerentona…acende a vela! Megawatts prometidos não chegaram…

velarosaon velabrancaonMegawatts de menos

dilma

Prometido e não cumprido

Dilma Rousseff em rede nacional de rádio e TV, no dia 23 de janeiro, trombeteou que “no ano passado colocamos em operação 4 000 megawatts” e que este ano, vamos colocar mais 8 500 megawatts de energia”. Beleza. O ano chega ao fim e… a promessa não foi cumprida.

De acordo com a Aneel, até sexta-feira passada entraram somente 5 119 Megawatts de capacidade instalada, ou seja, 60,22% do prometido.

FONTE: COLUNA RADAR – VEJA ONLINE – Por Lauro Jardim

PIB BRASIL 2012: 0,9%. CADÊ O PIBÃO? O RATO COMEU.

olhão

Rola na internet

Reprodução da Web
Foto
DILMA PROCURA O ‘PIBÃO’

O PSDB não deixou passar batido o baixo crescimento do Produto Interno Bruto e dvulgou em sua página oficial do Facebook, nesta sexta (1º), uma foto da presidenta Dilma Rousseff “procurando um Pibão”.

nota da coluna de claudio humberto

Sobre Errolflyns e outros. Comentário do Gabeira vale. Pela seriedade, pelo humor, e porque mostra que estamos mal com essa turma aí, escandalosamente cinematográfica

Em busca das provas robustas

por Fernando Gabeira

    A presidente Dilma Rousseff, para variar, ficou irritada. O vice Michel Temer perguntou onde estavam as provas robustas.

As duas figuras que aparecem como noivo e noiva no bolo de aniversário da coligação PMDB- PT  estão unidas na censura à Policia Federal.

Acontece que a tanto a Policia Federal como a Procuradoria estão apresentando muitos dados, gravações telefônicas e, agora, depoimentos dos presos.

Apareceu até uma testemunha chamada Errolflyn de Souza Paixão. Os mais jovens podem ir ao Google e encontram lá o nome do ator norte-americano que inspirou os pais do Errolflyn brasileiro.

Num texto literário, esse nome seria um achado. Mas os estudiosos dos escândalos brasileiros sabem que, assim como fumaça e fogo, nomes estranhos e escândalos andam juntos no Brasil. Ele afirma que a deputada Fátima Pelaes sabia do esquema e ficou com parte do dinheiro da emenda de R$ 4 milhões.

O ideal seria que o governo ficasse calado até que o processo se desenrolasse. Ao se precipitar nas criticas à operação da PF, tentou mostrar para a base aliada que vai protegê-la.

Mas os fatos estão aí. O trabalho da PF está fundamentado neles. Dificilmente, as investigações, sobre esse e outros casos, será paralisada.

É o dilema que  tenho enfatizado. Não dá para evitar que a roubalheira venha à luz. Mas não dá também conter a base aliada que quer verbas das emendas parlamentares e suavidade na PF.

Se a greve dos aliados acabar com a liberação das verbas, aí então é que o trabalho da PF se fará mais necessário porque é das verbas que nascem as tramóias.

Só uma coisa preocupa. A PF tem enfatizado sua luta salarial. Isso significa que, com aumentos de salários, ela será mais complacente?.

Os tempos de vacas gordas permitiram a implantação de um poderoso esquema no Brasil. Seu objetivo não foi somente trocar o governo, mas também democratizar as benesses do poder, incluindo um amplo espectro de partidos, sindicatos, entidades de classe e ONGs.

É a tática da Arca de Noé que funciona bem no pais mas ameaça afundar nas crises. Quando menino, ouvia muito esta frase: ou todos se locupletam ou restaure-se a moralidade.

Em tempos da vagas gordas, chegou-se perto da estabilidade ideal do modelo. Quase todos que têm voz e organização foram cooptados. A própria PF, em alguns casos que envolviam o governo, pipocou.

Errol Flyn, o ator, em pose de detetive.

Não é só a crise econômica que ameaça a estabilidade do modelo. Ele também é ameaçado pela ganância e sensação de impunidade.

No imenso laranjal em que tranformaram o Brasil, Erroflyns da Paixão, Capitães Marvel da Silveira, Clarkgable dos Santos vão aparecer muitas vezes. Isto para ficar apenas na inspiração do cinema americano. Há todo um arsenal nativo à disposição dos plantadores.

( fonte: BLOG DO GABEIRA, NO ESTADÃO )

Porquinho voador? Zé Cardozo está com a casinha perigando. Aproveita e assiste esse “remember” dos Implicantes, que resume a ópera

fonte: COLUNA DO JAMES AKEL - 

JOSÉ EDUARDO MARTINS CARDOSO PODE SER PRÓXIMO MINISTRO A DEIXAR CARGO

José Eduardo Cardoso, Ministro da Justiça, professor de direito da PUC, pode ser o próximo ministro de Dilma a voltar pra dar aula.
Chefe maior da Polícia Federal, está sendo responsabilizado pelo Planalto por ter feito aquele estardalhaço todo, ontem, prendendo com algemas e tudo mais 38 políticos do Ministério do Turismo, ou seja, quase todos, menos o Ministro Pedro Novaes.
Os principais ministros junto de Dilma estão irritadíssimos com José Eduardo.
Em reunião com esses ministros, Dilma demonstrou sua irritação por duas coisas.
A primeira, foi que José Eduardo disse coisas sem lógica e, desta forma, teria dito que a Polícia Federal agiu sem o total conhecimento dele.
Dilma não admite que um Ministro da Justiça não tenha conhecimento e comando sobre seus subordinados.
Outra coisa foi a prisão de Mário Moysés, homem de confiança de Marta, candidatíssima à prefeitura da cidade.
Isso causou uma troca de telefonemas entre petistas que nem estavam preocupados se alguém estava escutando.
O que se ouvia eram acusações de brigas de partido dos que desejam derrubar a candidatura de Marta.
Ou seja, com Dilma e Marta irritadas e Lula falando bobagem, todos estavam com raiva de José Eduardo.
Até o Ministro do Supremo Tribunal Federal contestou o jeito de prisão com algema e teatralizada.
Tem mais, todos os grandes líderes e caciques acusam José Eduardo pelo ocorrido, contra o principal partido da base e até a ala petista de Marta.
José Eduardo não tem caminho fácil na frente tendo todos contra ele.
Não se esqueçam que ele está fazendo com todos os aliados o que fez contra Celso Pitta na prefeitura da cidade.
Quando vereador, por não ter tido poder de usar a Polícia Federal, José Eduardo usava o poder da Rede Globo para denunciar Pitta.
As reuniões de pauta da Globo eram feitas na sala de José Eduardo.
Estamos diante de um ministro que já disse a que veio.

Escrito por James Akel às 08h48