#ADEHOJE – BOLSONARO CAI MAIS NA PESQUISA E NA CONSIDERAÇÃO INTERNACIONAL

#ADEHOJE – BOLSONARO CAI MAIS NA PESQUISA E NA CONSIDERAÇÃO INTERNACIONAL

 

SÓ UM MINUTO – O presidente Jair Bolsonaro deve estar muito descompensado, para não dizer outra coisa, mais ainda depois da prisão do sargento com 39 quilos de cocaína no avião da comitiva presidencial. No Japão, respondeu grosseiro à primeira-ministra da Alemanha, Angela Merkel, que havia criticado a defesa que o Brasil faz da Amazônia. O presidente da França, Emmanuel Macron já avisou que não assinará nenhum acordo comercial com o Brasil caso o presidente Jair Bolsonaro saia do acordo climático de Paris, ameaçando colocar em risco os trabalhos de negociações comerciais entre União Europeia e Mercosul. Vamos vr o que o homem que nos desgoverna vai responder a isso. Vocês lembram quando a Dilma tentou ensinar economia para a Alemanha? É cada presidente que a gente tem suportado!

Para completar o mau humor do homem, hoje o Ibope divulgou pesquisa feita a pedido da CNI. Resultado? Claro! Caiu mais ainda aprovação ao governo, foi pra 32%, a mais baixa desde a posse. Agora, olha só, nessa pesquisa, o registro de ruim/péssimo subiu cinco pontos: 27% para 32%…

Também, é TODO DIA – TODO DIA têm acontecimentos lamentáveis. Ê, tosqueira!

 

#ADEHOJE – DIA BOMBÁSTICO NA POLÍTICA

#ADEHOJE – DIA BOMBÁSTICO NA POLÍTICA

 

SÓ UM MINUTO – O dia amanheceu quente hoje, e não só por causa das prisões de Michel Temer e Moreira Franco, pedidos expedidos pelo juiz Marcelo Bretas do Rio de janeiro, e para onde Temer foi levado. Logo cedo a PF estava nas ruas, em São Paulo e Alagoas cumprindo mandados de busca e apreensão expedidos pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF, contra acusados de emitir fake News e ameaças aos ministros do Supremo Tribunal Federal. Fora isso ainda há gente que parece que está cego e surdo – não conversa com o povo nas ruas – e ainda insiste em acusar a pesquisa Ibope divulgada ontem de mentirosa. Sim, gente, a aprovação ao governo e forma de Bolsonaro governar está despencando. Ele precisará colocar a economia para andar, se quiser deter essa sangria, mas até agora permanece no Twitter. E a equipe a nos fazer passar vergonha.

Sobre o Ibope. Não me peçam para desenhar. Qualquer ser pode entender essas informações. Claro, desde que queira pensar

  • tv_04a_bbIbope ganhou R$ 5,2 milhões para medir ‘traço’

    Dos R$ 12,7 milhões pagos pelo governo Dilma Rousseff (PT) a institutos de pesquisa, R$ 11 milhões foram destinados somente a empresas do grupo Ibope. E sempre sem licitação. O Ibope embolsou R$ 5,2 milhões, por exemplo, somente nos últimos três anos e dez meses, para confirmar o que todo mundo já sabe, principalmente no governo: não sai do “traço” a audiência da TV Brasil, a “tevê do Lula”.

  • A TV Brasil, em Brasília sintonizada no canal 2, é mantida pela estatal Empresa Brasil de Comunicação (EBC), criada no governo Lula.TV-eyes

  • Os pagamentos do governo Dilma a institutos de pesquisa saíram da verba publicitária da Secretaria de Comunicação da Presidência.

  • Em 2013, por exemplo, o Ibope recebeu do governo federal mais de R$ 1 milhão para aferir a audiência da TV Lula.

  • Outros institutos, como Datafolha e MDA, ganharam um bom dinheiro no governo Dilma, mas quase dez vezes menos que o Ibope.

    FONTE: NOTAS DA COLUNA CLAUDIO HUMBERTO – DIÁRIO DO PODER

Leia com atenção essa nota. Até grifei o principal para você entender e a gente não ter de desenhar

tumblr_maijn243aA1ro8ysbo1_500Vox populi, vox Dei

presidenciaveis

Amanhã, sai o novo Datafolha. Assim como deve fazer quando sai um Ibope, é por essa pesquisa que o eleitor deve se orientar.

As outras, que pululam por aí diariamente, deveriam ser descartadas pelo leitor. Por prudência. Vários desses institutos até tem reconhecida competência para auscultar a voz do povo, mas os números que divulgam acabam passando por filtros muito especiais que deturpam o resultado.

FONTE: COLUNA RADAR – VEJA ONLINE – Por Lauro Jardim

Lauro Jardim destrincha um pouco mais a pesquisa Ibope que rebaixou a aprovação de Dilma

 Eleições 2014
Um Ibope desastroso

Dilma e Lula: comparações

graphics-cows-624514O resultado da pesquisa do Ibope divulgada há pouco sobre o governo Dilma Rousseff é desastroso para a presidente quando comparado ao levantamento feito pelo mesmo Ibope, com as mesmas perguntas, há exatamente quatro anos – ou seja, em março de 2010, em pleno governo Lula. Aos números:

*Apenas 36% aprovam hoje o governo Dilma (o percentual é a soma dos que responderam “ótimo” ou “bom” neste item). Há quatro anos, Lula batia seu recorde de popularidade: 75% aprovavam seu governo. Mais do que o dobro de Dilma. Com tal aprovação foi fácil para Lula transformar um poste apagado em poste iluminado. Em março de 2010, Dilma tinha 30% das intenções de votos e, pela última vez, aparecia atrás de José Serra nas pesquisas.

*A aprovação à maneira de Dilma governar é, segundo o Ibope, de 51%. Lula há quatro anos era aprovado por 83% dos brasileiros.

*Os que estão insatisfeitos com o combate à inflação promovido pelo governo Dilma somam a impressionante taxa de 71%. Lula em março de 2010 era desaprovado por apenas 38% neste quesito.

*E o combate ao desemprego? 57% estão descontentes com relação às políticas para conter o desemprego (mesmo com um índice de desemprego baixo, o que é mais impressionante, pois reforça o mau humor da população). Sob Lula, 60% dos brasileiros aprovavam sua política neste setor.

*Também é superlativo o número de brasileiros em desacordo com a forma que Dilma enfrenta o tema taxa de juros: 73% desaprovam. Com Lula, apenas 44% tinham a mesma opinião. Hoje, a taxa Selic está em 10,75%. Sob Lula, em março de 2010, estava a 8,65%.

São números que fazem tremer a campanha de Dilma, ainda que, claro, nenhum petista vá dizer isso em público. Já a turma do ‘volta Lula”…

FONTE: COLUNA RADAR – VEJAONLINE – Por Lauro Jardim