Faz sentido. Bendini chega com o rodo e o paninho. Limpa tudo. Tira manchas. Lustra com peroba, aspira o pó, guarda e joga fora os documentos. Depois …é depois!

fonte: nota da coluna radar de veja online

sweep%20under%20rugA missão

Sessões de acupuntura com chinês

A pelo menos um interlocutor, Dilma Rousseff justificou a escolha de Aldemir Bendine para a Petrobras com um paralelo de sua atuação no Banco do Brasil.

No BB, segundo Dilma, Bendine conseguiu limpar a área das manchas do mensalão cometidas por Henrique Pizzolato & Cia e ainda administrar bem o banco.

Na Petrobras, sua missão será parecida: limpar a área das sujeiras do petrolão e tocar a estatal.

A propósito, será que Bendine terá cacife para demitir Wilson Santarosa, o poderoso sindicalista que há onze anos comanda a área de comunicação da Petrobras?

Por Lauro Jardim