#ADEHOJE – PODERES, JUNTOS, ATÉ QUE UMA TUITADA OS SEPARE

#ADEHOJE – PODERES, JUNTOS, ATÉ QUE UMA TUITADA OS SEPARE

 

SÓ UM MINUTO– Entre tapas e beijos, sorrisos e apertos de mão, a nossa masculina República novamente se reuniu hoje pela manhã em café da manhã. Bolsonaro, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, o presidente do STF, Dias Toffoli. Apareceram para tirar casquinha o Onyx Lorenzoni, articulador das articulações perdidas, e Paulo Guedes, o que diz que vai se mandar se não aprovarem as reformas… Enfim…Mais uma vez juraram amor até que a próxima tuitada os separe. Agora assinarão um pacto. O governo de vários governos…

A bárbarie em Manaus contabiliza 55 presos mortos em dois dias no presídios.55! Guerra interna de uma facção só, dizem…

A tristeza da morte do menino que tinha acabado de conhecer o sucesso: Gabriel Diniz. Está sendo velado em João Pessoa

ARTIGO – Barbaridade e barbeiragens. Por Marli Gonçalves

assaltantes, traficantes e quetais

Barbaridade e barbeiragens

Marli Gonçalves

Pior do que está pode ficar sim. Pior do que o que vemos, sentimos e não estamos acreditando como é que pode, e acontece bem sob as nossas barbas, é que estas – as ARTIGOnossas barbas – estão de molho. Os causadores, criadores, desgovernadores, irresponsáveis e apaniguados, podem ver, passa minuto a minuto e ainda estão lá em suas cadeiras, sentadinhos com seus enormes traseiros. Como se nada estivesse acontecendo, não devessem satisfação para ninguém

Barbárie é pouco para descrever tudo isso. É o horror, o terror, o mais inimaginável no mais louco Filme B que se possa criar, dos de quinta categoria, cheios de catchup e outros efeitos toscos. É mais do que Sexta-feira, 13, Jason, O Exorcista, A Vingança dos Zumbis das facções, Pânico 1, 2,3 e 4, O Massacre da Serra Elétrica, Tubarão, Piranha, o filme. Todos juntos.

E nós sabemos o que eles fizeram nos governos passados que se prolongam nesse nosso futuro. Nada nada. Ou fizeram errado. Ou estavam ocupados roubando. Nos esbofeteando com suas frases feitas, explicações vazias, promessas que se repetem , nunca cumpridas – apenas se repete mais uma vez a lista das providências que serão tomadas no Dia de São Nunca, depois que o buraco abriu muito mais lá em baixo.

Adoraria saber que quando você estiver lendo esse artigo o Ministro da Justiça – este ser que vem colecionando fatos demonstrativos de sua total incapacidade para um cargo importante como esse – já terá sido demitido. (E que depois disso alguém conte a ele que em boca calada não entra mosquito, e que dizer que vai querer erradicar a maconha no Brasil é coisa de quem tomou droga bem ruim). Adoraria saber. o Governador do Amazonas já tenha sido, digamos, transferido e internado no hospício: coitado, este anda procurando santos por aí, e até na cadeia!simpson-rodando

Espero ainda que o Temer já tenha posto um bom dicionário em cima da mesa dele para conhecer o valor das palavras na realidade brasileira. Acidente pavoroso, presidente? O senhor teve três dias – enquanto ficou caladinho depois das mortes em Manaus – para treinar na frente do espelho, falar em voz alta o discurso que faria. Se o seu ouvido for suprapartidário ele logo o teria alertado. Acidente pavoroso, presidente?

Mas, infelizmente, creio que nada disso terá sido feito; não teremos essa sorte. Passaremos mais alguns dias ouvindo patacoadas, contradições, vendo suas caras atônitas como se essas pedras já não viessem vindo e sendo cantadas a plena voz. Essa, a do barril estourando nas grandes prisões, é só uma. Grande. Vergonhosa. Com suas dezenas de cabeças decapitadas, membros decepados, requintes de crueldade e insanidade como olhos e corações arrancados – cenas gravadas e enviadas às redes sociais numa produção cinematográfica macabra.

Grande a ponto de sobrepujar e mandar para o rodapé uma grande explosão ocorrida em Cubatão, na Vale Fertilizantes, que liberou o altamente tóxico nitrato de amônio. Que pode ter contaminado gente, bichos, plantas, água, terras. Uma enorme nuvem vermelha. Aguardamos mais informações.

Grande a ponto de nem ligarmos tanto para o ataque no aeroporto americano, que ainda se discute se foi terrorismo ou não. Desculpem, para mim, é terrorismo sim, pode até ser sem causa, solitário, mas é terrorismo. É terrorismo a situação que deixaram o Rio de Janeiro. Teve terrorismo em Manaus, Boa Vista, Campinas, onde um doido entrou o ano matando toda a sua família e quem mais estivesse perto dela. É terrorismo o que fazem as facções criminosas de letrinhas e nomes exóticos. É terrorismo o que estão fazendo com nosso país.

É a barbárie sim. É primitivo. Barbárie também é além da selvageria, erro crasso de linguagem ou de escrita. Acidente pavoroso, presidente?

É barbeiragem. Param em local proibido. Ultrapassam pela direita. Não sabem como dirigir sem fazer zigue-zagues.

Resultado de imagem para barberia animated gifs____________________

20160813_143252Marli Gonçalves, jornalistaHorrorizada como ainda tem quem não perceba a gravidade dos fatos, e ainda aplauda, com a boca cheia de asneiras para suas ignorâncias.

2017, o ano que já começou.

____________________________________________

E-MAILS:

MARLI@BRICKMANN.COM.BR
  MARLIGO@UOL.COM.BR

Barraco no Miss Amazonas 2015. Caprichoso X Garantido. Red X Blue. Dá uma olhada na arrancada da coroa

FONTE: g1

 Em concurso, vice não aceita derrota e arranca coroa de Miss Amazonas

Interrompemos nossas transmissões para avisar que hoje é o Dia do AmigoSheislane Hayalla criticou vitória de Carol Toledo: ‘Ela não mereceu!’, disse.
Campeã evitou falar sobre ocorrido e comemorou vitória.

A edição 2015 do concurso Miss Amazonas terminou em confusão na noite de sexta-feira (30). Ao ouvir o resultado, que deu a vitória à Carol Toledo, a segunda colocada, Sheislaine Hayalla, arrancou a coroa da vencedora. A reação da vice causou tumulto e corre-corre no Centro de Convenções Vasco Vasques – Zona Centro-Oeste de Manaus -, onde foi realizado o concurso.

Ao G1, Sheislane disse que não aceitou o resultado. “Simplesmente, em Manaus, é o dinheiro que manda e eu estou mostrando para o povo amazonense que o dinheiro não manda aqui. Ela não mereceu!”, reclamou a concorrente.

Antes da confusão, campeã e vice aguardaram o resultado de mãos dadas (Foto: Marcos Dantas/G1 AM)Antes da confusão, campeã (de azul) e vice (de vermelho) aguardaram o resultado de mãos dadas (Foto: Marcos Dantas/G1 AM)

A reportagem chegou a procurar a organização do concurso, que não quis falar sobre o ocorrido e nem sobre uma possível punição a Sheislane. As finalistas do segundo ao quinto lugar devem participar de concursos ao longo do ano.

Vitoriosa, Carol não fala sobre “coroa arrancada”
A vencedora não quis comentar a confusão e preferiu falar sobre a vitória. “É uma emoção inexplicável. Eu não tenho palavras para descrever o que estou sentindo. É um frio na barriga muito gostoso. É uma honra poder representar o meu estado no Miss Brasil. Eu vou honrar com toda a garra e o povo amazonense vai ter muito orgulho de mim”, garantiu.

Tubarões ao ar. Veja esse manifesto. Assine. Pela preservação do tubarão e de suas barbatanas

Animated-deep-sea-diver-with-shark-swimming-in-circles-around-himRecebi esse manifesto, com pedido de assinatura pro abaixo-assinado.

Vamos salvar os tubarõezinhos! Não vamos deixá-los ficar por aí passeando em aviões, muito menos mortos e com suas coisinhas arrancadas

 

GOL Linhas Aéreas: Proíba o transporte de barbatanas de tubarão.

Por Joao Talocchi
Manaus

Anualmente, populações de tubarões tem declinado rapidamente devido a sobrepesca e destruição de seu habitat. Em algumas regiões do mundo, 90% das populações já foram dizimadas. A União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) indica que 56% de todas as espécies de tubarão estão em alto risco de extinção.

A demanda por sopa de barbatana de tubarão é a maior causa do colapso das populações de tubarões. De acordo com os dados científicos mais recentes, 100 milhões de barbatanas de tubarão são negociadas no mundo todos os anos e, de acordo com a FAO, este número pode estar subestimado em 3 ou 4 vezes.

Dados do governo de Hong Kong indicam que mais de 1.162 toneladas de barbatanas de tubarão foram importadas por Hong Kong em 2012, dos quais 14,1% por via aérea. Pate desse total pode ter sido transportada, durante parte de sua trajetória, em aviões da GOL. De acordo com um relatório da rede global de monitoramento do tráfico de vida selvagem, o Brasil é o nono país onde há maior captura de tubarões.

animaatjes-haaien-63112Não é difícil concluir que as toneladas de barbatanas de tubarão que são transportadas como carga para Hong Kong e que podem ter originado sua rota em aviões da GOL no Brasil, estão diretamente ligadas a ameaças de extinção à diversas espécies de tubarão e à degradação do ambiente marinho.

Outras empresas aéreas já estão no caminho certo. Nos últimos meses a Cathay Pacific Airways Cargo anunciou publicamente o compromisso de parar de transportar barbatanas de tubarão e produtos relacionados em seus aviões. Outras linhas aéreas que também adotaram políticas similares são LATAM, Fiji Airways, Dragonair, Air Hong Kong, Korean Airlines, Asiana Airlines, Qantas e Air New Zealand, sendo que as 4 últimas merecem atenção especial por terem banido todas as barbatanas de turbarão, inclusive aquelas consideradas “sustentáveis”.

Linhas marítimas também adotaram políticas similares. Em 2010, a Maersk anunciou que não irá transportar mais barbatanas de tubarão e produtos relacionados em seus navios cargueiros. Em Julho de 2013, a Evergreen Line de Taiwan fez o mesmo.

No início deste ano, a ONU, por meio da CITES, concedeu proteção a várias espécies de tubarão e o programa de crimes ambientais da INTERPOL advertiu às linhas aéreas que o transporte destas barbatanas por resultar em implicações criminais.

Por estes motivos, solicito que a GOL se comprometa publicamente à não transportar barbatanas de tubarão e produtos relacionados em seus voos, incluindo um prazo agressivo para a efetivação da proibição e a publicação deste compromisso em seu site.
Atenciosamente,
João Henrique Talocchi;
Eduardo Santaela;
Alex Hofford, Diretor Executivo, MyOcean, Hong Kong;
Ran Elfassy, Diretor Executivo, Shark Rescue, Hong Kong;
Design: Felipe Lobo

shark on a boardLINK PARA O ABAIXO ASSINADO:

https://www.change.org/pt-BR/peti%C3%A7%C3%B5es/gol-linhas-a%C3%A9reas-pro%C3%ADba-o-transporte-de-barbatanas-de-tubar%C3%A3o?utm_source=action_alert&utm_medium=email&utm_campaign=56364&alert_id=bPWKNHjmqI_EBHlFXpDcd

Procura-se Carmina, a cadelinha que a Tam não soube cuidar. A viralatinha assustada está por aí, a esmo, em Manaus…Mais uma da Tamtamtam

Campanha virtual ‘procura-se Carmina’ tenta achar cadela perdida em voo da TAM

A cadela fugiu após o avião que fazia o trecho Rio de Janeiro – Manaus aterrissar. A campanha “Procura-se Carmina” mobiliza os familiares da tutora do cão nas redes sociais

 
Carminha desapareceu após voo do Rio para Manaus  Família oferece recompensa a quem encontrar a cadela Carmina que está desaparecida em Manaus (Reprodução)

O envio de uma cadela do Rio de Janeiro para Manaus, pela empresa TAM Linhas Aéreas, acabou se transformando em dor de cabeça para a família do assessor de gabinete Maurício Lapa, 60, nessa terça-feira (11). A cadela que atende pelo nome de Carmina desapareceu após o avião em que ela era transportada pousar na capital amazonense.

De acordo com Maurício, o voo que trazia o animal estava previsto para aterrissar por volta das 14h, o que ocorreu uma hora depois. Entretanto, segundo ele, somente por volta das 16h é que os funcionários da empresa o chamaram para falar sobre o animal.

“Fui chamado para ajudá-los a procurar a cadela, porque ela simplesmente havia sumido”, relata.

Segundo ele, os funcionários da TAM e da Infraero informaram que durante o voo Carmina teria conseguido arrebentar o contêiner de fibra no qual viajava. No momento em que o bagageiro do avião foi aberto, para a retirada das malas, explica Lapa, a partir das informações recebidas, a cadela teria pulado de uma altura de aproximadamente 2 metros.

 Ainda segundo Lapa, a TAM teria se comprometido a produzir cartazes para espalhar nas imediações do aeroporto, com a foto de Carmina. Porém, conforme Maurício Lapa, nesta quarta-feira (12), ao procurar pela empresa, nada havia sido produzido.

A TAM foi procurada para falar sobre o caso na noite desta quarta-feira. Mas, a empresa prometeu divulgar informações sobre o assunto apenas nesta quinta-feira (13).

Tutora

O animal é criado pela enteada de Mauricio, a engenheira florestal Cleo Ohana, 26. Como no próximo sábado (15), ela virá para Manaus, onde prestará um concurso público, resolveu enviar o animal antecipadamente.

“Ela criava esta cadela desde pequena, quando encontrou na rua. Há dois anos estava com ela”, desabafa Maurício Lapa, a respeito de Carmina, uma cadela sem raça definida.

Buscas

Nesta quarta-feira, ele e a mulher fariam uma nova procura pelo entorno do aeroporto para encontrar Carmina. Nas redes sociais são divulgadas fotos em uma campanha virtual intitulada de “Procura-se Carminha”.

Informações sobre o animal ou mesmo a devolução da cadela podem ser feitas pelos números (92)9627-6750 (Cleide) ou pelo (92)9988-3889 (Maurício).

Lapa não descarta a possibilidade de acionar a TAM judicialmente. “Não é pelo dinheiro, mas pela responsabilidade do transporte com o animal, e também pelo valor sentimental que ela representa para a Cleo”, ressalta.

                                                                         ONDE ESTÁ CARMINA?

Leia isso, do Gabeira, sobre a ponte sobre o Rio Negro. Talvez você não saiba o preço que pagamos pela ponte lá longe e tão perto de nós em seus custos

Post de Fernando Gabeira no blog do Estadão

Corrupção

– Uma ponte para a imaginação –

FERNANDO GABEIRA

Custou um bilhão e noventa milhões de reais. Maior ponte fluvial do Brasil, a ponte do Rio Negro tem 3596 metros.
Levou três anos e meio para ser concluida e hoje é uma estrela no twitter:#Ponte do Bilhão.
Algumas lacunas no planejamento, obrigaram importar equipes estrangeiras para solucionar os problemas da obra.
Grande parte deles, problemas ambientais: acidez da água, fluxo do rio, coisas que um bom relatório de impacto ambiental deveria ter indicado antes da licença de construção.
A ponte vai integrar a região metropolitana de Manaus, composta de oito cidades, e com dois milhões de habitantes.
Está sendo considerado, ao lado do Teatro de Manaus, um dos grandes monumentos da cidade.

A ponte sobre o Rio Negro.
Todas as vantagens do projeto devem ser ressaltadas hoje, no discurso de inauguração.
No entanto, o preço incendeia a imaginação num momento em que se discute tanto os gastos do governo e os desvios de verbas públicas.
O empreendimento envolve o BNDES e o governo da Amazônia. O jornal a Crítica fez um levantamento dos gastos do governo no semestre, indicando que pagou R$105 milhões só à Camargo Correia.

Num semestre o governador Omar Aziz já gastou R358,4 milhões com a ponte e empenhou R$908 milhões. Para os recursos do estado e os ganhos econômicos imediatos, é uma obra faraônica.
Segunda maior ponte da América Latina, é maior sobre o Orenoco, na Venezuela, a Manaus-Iranduba já atrai a atenção da imprensa internacional, em busca das mega obras.
A China acaba de concluir uma delas, a maior ponte sobre o mar no mundo:42 quilômetros. O custo do quilômetro foi de R85 milhões contra R$360 milhões da ponte brasileira.
A ponte brasileira não é a maior, mas desponta como a mais cara do mundo. O Tribunal de Contas do Amazonas está examinando os gastos. Mas o dinheiro já foi gasto.
O custo da manutenção da ponte está orçado em R$1 milhão por mês. Mais um encargo que os opositores da obra consideram pesado para os contribuintes do Amazonas. Será, no entanto, uma eterna vitrine para os políticos que determinaram sua construção.