Marcos Faerman e José Nêumanne Pinto. Quando me sindicalizei, lá em 1980, já tive padrinhos maravilhosos. Hoje vi isso na ficha que está no Sindicato, em SP. ói só…

 

 

abonosantes, a gente precisava de ser jornalista, ter indicação…

Hoje, além do sindicato infestado pela CUT, e a Fenaj idem, não tem mais nem função, quanto mais importância!

#ORGULHODESERJORNALISTA