#ADEHOJE – A ONDA DO TSUNAMI CHEGANDO

 

#ADEHOJE – A ONDA DO TSUNAMI CHEGANDO

SÓ UM MINUTO – Não tinha ficado claro ao que o presidente Jair Bolsonaro se referia quando na semana passada disse que enfrentaria um tsunami essa semana. Agora, com a decretação da devassa dos sigilos de seu filho Flávio Bolsonaro, o assessor Fabricio Queiroz, e de todas as pessoas de alguma forma ligadas a eles, nos últimos dez anos, começamos a entender. Inclusive porque o caso vai pegar até aquele chefe da milícia – foragido! – suspeito de envolvimento grave na morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes. Esse povo trabalhou e esteve sempre muito ligado ao filho do Capitão que agora é senador.

Os números da nossa economia mostram o que sentimos, andam de mal a pior.

Fora isso, agora à noite o homem vai viajar para Dallas, onde receberá finalmente amanhã o tal engastalhado prêmio de “Homem do Ano”, da Câmara de Comércio Brasil/ EUA, execrada e recusada com gosto pelo povo de Nova Iorque. Bolsonaro deverá se encontrar com o ex-presidente George Bush.

Ah, coisa boa, poderemos ter uma Santa baiana na Igreja Católica, Irmã Dulce.

Resultado de imagem para TSUNAMI

 

 

#ADEHOJE – AVALIAÇÃO DE BOLSONARO CAINDO. E SUPERLUA, OUTONO…

#ADEHOJE – AVALIAÇÃO DE BOLSONARO CAINDO. E SUPERLUA, OUTONO…

Só um minuto – Feliz Outono e hoje tem SuperLua. Pesquisa Ibope Inteligência apurou que três em cada 10 brasileiros consideram bom ou ótimo o Governo Bolsonaro; 3 em cada 10 consideram regular. ¼ (24%) , ruim ou péssimo. Da última pesquisa para cá, em fevereiro, caiu 15 pontos a aprovação da administração e 16 pontos a forma com que ele, Bolsonaro, governa.
Avaliação negativa é mais acentuada entre os moradores das cidades com mais de 500 mil habitantes. Veja mais abaixo mais detalhes

– Ex-deputado do PMDB carioca, Domingos Brazão vem sendo apontado pela PF como mandante da morte de Marielle Franco.

– Hoje fez uma semana do massacre na escola em Suzano. E cada vez mais se descobre que o terceiro menino tem tudo a ver com a elaboração do ataque.

dados da pesquisa

Cerca de um terço dos brasileiros avalia como ótima ou boa a administração de Jair Bolsonaro. Levantamento realizado pelo IBOPE Inteligência entre os dias 16 e 19 de março aponta que três em cada dez brasileiros (34%) avaliam de forma positiva (ótima ou boa) o governo de Jair Bolsonaro. A mesma parcela considera a gestão como regular e praticamente um quarto (24%) como ruim ou péssima. Aqueles que não sabem ou não respondem à pergunta somam 8%.

Nota-se uma retração de 15 pontos percentuais (p.p.) na avaliação positiva entre as pesquisas realizadas de janeiro a março. No primeiro levantamento, aqueles que avaliavam a gestão como ótima ou boa eram 49%, em fevereiro caíram para 39% e recuam para 34% em março. Já a avaliação ruim ou péssima registra um aumento de 13 p.p. no mesmo período: os que avaliavam negativamente a administração de Bolsonaro totalizavam 11% em janeiro, passando para 19% em fevereiro e atualmente somam 24%.

O estudo também investiga a aprovação da forma com que Jair Bolsonaro está governando o país. São 51% os que aprovam, ao passo que 38% desaprovam e 10% não sabem ou preferem não opinar. Entre janeiro e março, observa-se que a aprovação registra uma queda de 16 p.p.: 67% aprovavam em janeiro, caem para 57% em fevereiro e recuam agora para 51%. Por outro lado, a desaprovação apresenta crescimento de 17 p.p., passando de 21% para 31% e 38%, respectivamente.

DESTAQUES POR SEGMENTOS
Bolsonaro apresenta avaliação positiva mais expressiva entre aqueles com renda mais alta.

-Bolsonaro tem avaliação mais positiva (49%) entre aqueles com renda superior a 5 salários mínimos (S.M.), estrato no qual apresenta a segunda menor queda no acumulado dos três meses, uma vez que tinha 57% em janeiro (a menor delas é verificada entre os mais jovens, pois era avaliado positivamente por 44% em janeiro e é agora por 37%, ou seja, diminuição de 7 p.p.).

– A avaliação positiva também é mais alta entre os que se autodeclaram como brancos (42%) – mesmo percentual que tem entre os que vivem nas regiões Norte/Centro-Oeste – único segmento em que Bolsonaro se recupera em relação a fevereiro. Além disso, obtém 41% entre aqueles que moram no Sul e também entre os evangélicos e 40% entre os mais instruídos.

– É entre os moradores do Nordeste que a avaliação ótima ou boa apresenta maior retração: queda de 19 p.p. considerando o acumulado dos três meses, caindo de 42% para 31% entre janeiro e fevereiro e atingindo 23% em março. Em seguida, destacam-se aqueles que possuem renda familiar entre 2 e 5 S.M., estrato que apresenta recuo de 18 p.p. no mesmo período, variando de 53% em janeiro para 46% em fevereiro e para 35% em março.

– Considerando o mesmo período, observa-se uma perda menor entre as mulheres em comparação aos homens, visto que decresce 11p.p. entre elas de janeiro a março e 17 p.p. entre eles.


Avaliação negativa é mais acentuada entre os moradores das cidades com mais de 500 mil habitantes


– O maior percentual de avaliação negativa (soma da avaliação ruim e péssima) é registrado entre os entrevistados que residem nas cidades mais populosas, ou seja, aquelas com mais de 500 mil habitantes. Além disso, há um aumento de 18 p.p. entre o período de janeiro e março neste segmento (14% em janeiro, 23% em fevereiro e 32% em março).

– Também chama atenção o aumento de 21 p.p. da medida negativa, neste período, entre os que residem nas cidades das periferias brasileiras (8% avaliavam como ruim ou péssima em janeiro, passando para 19% em fevereiro e a 29% em março).

– Cabe destacar, ainda, um aumento de 17 p.p. entre os que têm de 45 a 54 anos (9% consideravam ruim ou péssima em janeiro, 20% em fevereiro e 26% em março).

Evangélicos e moradores das regiões Norte/Centro-Oeste são os que mais aprovam a maneira que Bolsonaro vem administrando o país

– Considerando apenas o levantamento de março, a aprovação da maneira de governar do presidente Jair Bolsonaro atinge 61% entre os evangélicos e entre aqueles que vivem nas regiões Norte/Centro-Oeste. Já entre os homens e aqueles que moram em municípios menores, com até 50 mil habitantes, atinge 57%. Além disso, comparativamente, a aprovação é maior entre os homens do que entre as mulheres (57%, contra 46%).

– Na comparação entre o primeiro e o último levantamento a queda na aprovação é superior a 20 p.p. entre a parcela da população que têm de 45 e 54 anos, entre os que residem nas cidades da periferia e entre aqueles que têm o ensino fundamental completo. Nesses segmentos a medida varia, entre janeiro e março, de 70% para 45%, de 63% para 42% e de 69% a 49%, respectivamente.

Moradores do Nordeste são os que mais desaprovam a forma do presidente administrar o país
– A desaprovação é mais expressiva entre os que vivem na região Nordeste (49%), segmento que registra maior crescimento, dado que 25% desaprovavam a administração em janeiro, 44% em fevereiro e agora, em março, 49%, ou seja, 24 p.p. entre a primeira e a terceira pesquisa. Ademais, também é alta a desaprovação nos municípios com mais de 500 mil habitantes (44%).


Evangélicos são os que mais confiam no presidente
– A confiança no presidente Jair Bolsonaro ultrapassa os 50% em 12 dos 31 segmentos avaliados na pesquisa de março, sendo mais significativa entre os evangélicos (56%), entre os homens, aqueles que vivem na região Sul e os que têm renda familiar superior a 5 S.M. (55% em cada um dos estratos). Ainda, alcança 54% entre os mais velhos, entre os que vivem no Norte/Centro-Oeste e entre aqueles que residem em municípios menos populosos, de até 50 mil habitantes.

– Apesar dos que confiam no presidente representarem metade da população, a queda no percentual é mais acentuada entre os que têm de 45 a 54 anos (21 p.p.), entre os menos instruídos (20 p.p.) e os residentes da região Nordeste (18 p.p.), variando de 67% a 46% no primeiro grupo, de 67% para 47% no segundo e de 59% para 41% no terceiro.


Nordestinos e moradores dos grandes centros urbanos destacam-se entre os que não confiam em Jair Bolsonaro
– Os que moram no Nordeste e aqueles que vivem em municípios com mais de 500 mil habitantes (53% em cada um desses segmentos) são os que mais declaram que não confiam no presidente em exercício. Destacam-se também os que residem nas capitais (52%), as mulheres e os entrevistados com idade entre 45 e 54 anos (49% em cada estrato). Este último grupo é o que apresenta maior crescimento entre as rodadas: 23% deles diziam que não confiavam no presidente em janeiro, 39% em fevereiro e 49% agora em março. Portanto, foram 26 p.p. de aumento entre o primeiro e o terceiro levantamento.

– Ademais, nas capitais a medida cresce 19 p.p., de 33% na primeira pesquisa para 52% na atual e o percentual dos que não confiam no presidente na região Nordeste aumenta, na proporção exata que recua o dos que confiam, 18 p.p., variando de 35% em janeiro para 53% no estudo atual.

COMPARATIVO – AVALIAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO DOS ÚLTIMOS PRESIDENTES ELEITOS

Considerando os resultados de pesquisas de avaliação da administração dos últimos presidentes eleitos, realizadas também no mesmo período de governo, observa-se que a avaliação positiva de Jair Bolsonaro é inferior àquelas registradas para Fernando Henrique Cardoso (1º mandato), Lula (1º e 2º mandato) e Dilma Rousseff (1º mandato). No entanto, ela é mais expressiva do que as de Fernando Henrique Cardoso e Dilma Rousseff no início do segundo mandato.

FICHA TÉCNICA DA PESQUISA (JOB Nº 0076-03 | 2019)
Período de campo: a pesquisa foi realizada entre os dias 16 e 19 de março de 2019.
Universo: população brasileira de 16 anos ou mais.
Tamanho da amostra: foram realizadas 2.002 entrevistas.
Margem de erro: a margem de erro estimada é de 2 (dois) pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.
Nível de confiança: o nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento.

#ADEHOJE -MARIELLE PRESENTE. DOIS SÃO PRESOS POR ASSASSINATO. QUEM MANDOU MATAR?

#ADEHOJE -MARIELLE PRESENTE. DOIS SÃO PRESOS POR ASSASSINATO. QUEM MANDOU MATAR?

Só um minuto – Na próxima quinta-feira se completa um ano do bárbaro assassinato da vereadora carioca Marielle Franco e seu motorista, Anderson Gomes. Hoje logo na madrugada foram presos duas pessoas acusados de ser os executantes do crime. Ainda falta descobrir quem mandou, por que mandou matar e os meandros do crime. Os presos, o policial reformado Ronnie Lessa, 48, e o ex-policial militar Élcio Vieira de Queiroz, 46, foram alvos da Operação Lume, realizada em conjunto pela Polícia Civil com o MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro. Um é apontado como autor dos disparos; o outro estaria na direção do carro dos assassinos.

Uma curiosidade é que Ronnie Lessa era vizinho de Jair Bolsonaro, tem casa no mesmo condomínio do presidente na Barra da Tijuca. Apenas uma curiosidade.

Continuo chamando sua atenção para os ataques desleais que vem sendo desferidos contra a imprensa pelo grupo mais radical ligado ao presidente.

#ADEHOJE – JEAN WYLLYS, A PRIMEIRA BAIXA. QUEM FESTEJA, PENSA?

 

#ADEHOJE – JEAN WYLLYS, A PRIMEIRA BAIXA. QUEM FESTEJA, PENSA?

 

SÓ UM MINUTO – O deputado federal Jean Wyllys, do PSOL, anunciou que não vai tomar posse para o novo mandato agora no dia 1º de fevereiro por estar sofrendo ameaças. Seu suplente, David Miranda, por sorte também ativista da Causa LGBT, deverá assumir o mandato. É inacreditável que haja gente festejando sua saída, a de um dos deputados mais influentes e justos do Congresso. Wyllys já vinha vivendo há meses com escolta policial, desde o assassinato de Marielle Franco. Quem festeja não percebe que está dando forças às milícias, ao preconceito, à barbárie. Ao mesmo tempo, a loucura está tanta que o presidente Jair Bolsonaro escreveu “Grande Dia” no Twitter ontem e imediatamente foi acusado de estar comemorando a saída do deputado que todos sabem era seu desafeto. Não, ele falava de Davos, onde realmente houve um avanço em seus contatos. Está todo mundo louco? Oba???

Feliz Aniversário, São Paulo. #cidadeàstraças

 LEIA O ARTIGO AQUI, EPIDEMIAS NO BARCO BRASIL

 

 

 

 

LEIA O ARTIGO, AQUI

#ADEHOJE, #ADODIA – DECRETADA PRISÃO DE JOÃO DE DEUS.AEROPORTOS CONFUSOS. E MARIELLE, CESARE, JOÃO, OS MUITOS NOMES DE NOSSOS DIAS

#ADEHOJE, #ADODIA – DECRETADA PRISÃO DE JOÃO DE DEUS.AEROPORTOS CONFUSOS. E MARIELLE, CESARE, JOÃO, OS MUITOS NOMES DE NOSSOS DIAS

 

A JUSTIÇA DE GOIÁS DECIDIU AGORA ACATAR O PEDIDO DE PRISÃO DE JOÃO DE DEUS. SERÁ O DESENROLAR DO DIA. Nos aeroportos, especialmente o daqui de Guarulhos, Sp, a confusão, o forrobodó, já está armado. As empresas culpam a chuva, mesmo que ela tenha caído horas antes. Voos atrasados, pessoas no chão, sem hotéis, sem comida, sem nada. Já vimos…e não é por menos que houve essa liberação para empresas estrangeiras entrarem no setor, logo – coincidentemente, claro – após a Avianca ter pedido recuperação judicial. No Brasil, hoje faz noves meses que a vereadora Marielle Franco e seu motorista foram exterminados. Agora a polícia do Rio apresenta quem seriam os culpados: o s milicianos, por questões de terra. E o vereador Marcelo Miliciano, ops, Siciliano, está em apuros. Caso João de Deus: já passam de 300 mulheres denunciando e a cada dia surgem novos detalhes das diferenças do homem João e o médium João. Para completar, faltava essa: pedido de prisão e extradição para Cesare Battisti, que está foragido, deu no pé.

#ADEHOJE, #ADODIA – JESUS, GOIABAS, NOSSOS SOBRESSALTOS. 50 ANOS DO AI-5

#ADEHOJE, #ADODIA – JESUS, GOIABAS, NOSSOS SOBRESSALTOS. 50 ANOS DO AI-5

 

 

MINISTRA DAMARES ALVES JURA QUE JÁ VIU JESUS SUBINDO EM UM PÉ DE GOIABA. O VÍDEO CIRCULA POR AÍ. INACREDITÁVEL. OLHA SÓ: CRIME DE SUBVERSÃO DA ORDEM POLÍTICA. A PF, LÁ NO RIO DE JANEIRO, ATRÁS DE UM SUSPEITO DE IR CONTRA O BOLSONARO E VICE. A SEGURANÇA DO PRESIDENTE SENDO DETERMINADA COM RIGOR. NÓS, AOS SOBRESSALTOS COM REVELAÇÕES SOBRE ASSESSORES DO BOLSONARINHO FLÁVIO QUE REPASSAM E PASSAM SALÁRIOS COMO PASSA-ANEL. HOJE COMPLETAM-SE 50 ANOS DA DECRETAÇÃO DO HORROR DO AI-5. MAIS DE HOJE? PREFEITO DE MAUÁ, EM SP, PRESO NOVAMENTE; MINISTRO DO TRABALHO AFASTADO POR SUSPEITAS; MILICIANOS CAÇADOS NO ACUSADOS DE PARTICIPAÇÃO NO ASSASSINATO DA VEREADORA MARIELLE FRANCO E SEU MOTORISTA. JOÃO DE DEUS? SOB PRESSÃO, SE ISOLOU, INTERNADO EM UMA CHÁCARA DA REGIÃO. E A FILA DAS MULHERES COM DEPOIMENTOS ATERRADORES CONTINUA A PLENO VAPOR.

#ADEHOJE, #ADODIA – NOTÍCIAS DAQUI DAS (DOS) GE(NE)RAIS

#ADEHOJE, #ADODIA – NOTÍCIAS DAQUI DAS (DOS) GE(NE)RAIS

HOJE, MEIO DO PLENO FERIADO PROLONGADO, EMENDADO E REMENDADO, SÓ NOS RESTA FALAR DO TEMPO. INSTÁVEL, TEMPERATURAS VARIÁVEIS E VENTOS FORTES. INCLUSIVE PRO LADO DA IMPRENSA MAIS UMA VEZ CENSURADA. JUIZ DO RIO PROIBIU A TV GLOBO DE DIVULGAR QUALQUER DETALHE SOBRE O INQUÉRITO QUE INVESTIGA O ASSASSINATO DA VEREADORA MARIELLE FRANCO E SEU MOTORISTA, ANDERSON. ESTRANHO, NÉ? QUEM SERÁ QUE ENVOLVE? E OS GENERAIS ESTÃO TOMANDO MUITOS ESPAÇOS. AGORA DIZEM ATÉ QUE O GENERAL MOURÃO VAI PRA CASA CIVIL TAMBÉM. AJUDAR O ÔNIX LORENZONI, QUE PRECISA MESMO DE ALGUÉM MAIS POR PERTO. VAI DIVIDIR O PODER POR ALI. E ELES, FARDADOS, ESTÃO EM MUITOS POSTOS-CHAVE. REPARE A FORMAÇÃO DOS SENTINELAS NOS MOURÕES.