#ADEHOJE – CAI, CAI… CAIU. TEM MINISTRO NOVO NA EDUCAÇÃO

 

#ADEHOJE – CAI, CAI… CAIU. TEM MINISTRO NOVO NA EDUCAÇÃO

 

 

SÓ UM MINUTO – Semana começa quente. Cai, cai, caiu, finalmente o indigitado ministro Ricardo Vélez Rodriguez, que só conseguiu produzir bobagens nestes quase cem dias de governo. Será substituído por Abraham Weintraub que, pelo que ouvi até agora, além de bolsonarista de primeira hora, é do mercado financeiro e entende de gestão. Gestão: palavrinha que me da uma certa agonia porque busca representar ação e sucesso, mas que na política tem nos trazido bastante decepção. Mas vamos lá, fé, que o que tem de coisas para serem consertadas no MEC é impressionante.

Outro assunto é a pesquisa Datafolha, que embora retrate o que sentimos claramente – uma decepção forte com o governo de Bolsonaro e suas intenções, o presidente faz pouco caso e nem comenta. Cansando de ouvir quem o defende dizer “deixa o presidente trabalhar” uai, estamos deixando, ele é que se distrai pelo caminho.

  

O NOVO MINISTRO, ABRAHAN WEINTRAUB

 

 

#ADEHOJE – NÃO HÁ O QUE COMEMORAR, INFELIZMENTE

#ADEHOJE – NÃO HÁ O QUE COMEMORAR, INFELIZMENTE

Só um minuto – Enquanto o povo se descabela de forma impressionante por ingressos para assistir ao show de Sandy e Junior, e outros preferem ficar batendo na imprensa porque comentamos os fatos… o IBGE divulga: A taxa de desemprego no Brasil subiu para 12,4% no trimestre, atingindo a marca de 13,1 milhões de pessoas. O Ministério da Educação, MEC, em crise, de entra e sai, e a situação da educação no país de mal a pior. O cargo número 2 tem um quarto candidato em poucos dias…agora, mais um militar.

Este domingo, 31 de março, e a segunda 1º de abril é dia de “relembrar” sim o Golpe de 64. O horror que foi. Mas o que a gente deve comemorar é a liberdade, só obtida 21 anos depois. Nas redes sociais há um movimento pelo protesto silencioso. Usar preto, colocar um pano preto no carro, nas janelas das casas. Nós também podemos ter uma Ordem do Dia: #ditaduranuncamais #64nuncamais.

#ADEHOJE – MINISTROS BRINCAM DE PODER.

 

#ADEHOJE – MINISTROS BRINCAM DE PODER.

 

 

SÓ UM MINUTOEscravos de Jó, jogavam caxangá, tira, põe, não deixa ficar! A última do ministro colombiano da educação, Ricardo Vélez Rodriguez é de deixar de cabelo sem pé. Uma sucessão de barbaridades: ele quer e mandou o MEC emitir comunicado para que as crianças se perfilem para cantar o hino, sejam fotografadas e filmadas sabe-se Deus para o quê – o que vã fazer de propaganda com isso. Mais: ainda deveriam repetir o slogan absurdo para um país laico, proposto pelo Governo Bolsonaro: Brasil acima de tudo, Deus acima de todos! Espero que haja um amplo protesto contra isso enquanto é tempo. E obviamente a outra ministra absurda, Damares Alves, que está lá em Genebra fazendo a gente passar vergonha, apoiou a ideia de jerico do Vélez. Precisamos dar algo para esses caras fazerem, para pararem de ter tempo de pensar tantas atitudes imbecis como essa. Imaginam nossas crianças, pleno Século XXI, digitais, perfiladas cantando o Hino Nacional? Mais fácil juntas fazerem um pancadão e dançarem funk até o chão.