Programão especial para o próximo domingo em SP. Leitura sensorial do texto da super Luiza Pastor, “Legenda Erótica” . No Mini-Club, em São Paulo. Para quem quer e gosta de sentir novas sensações.

Tem Heitor Werneck, tem Luiza Pastor, e mais um monte de gente interessante.

Pega essa dica! BDSM também está em alta…

  • Neste domingo, dia 15, a partir das 14h, apresentação do texto de Luiza Pastor. Será a leitura sensorial de LEGENDA ERÓTICA, inspirado no universo BDSM e apresentado no ano passado durante as Satyrianas, com produção da Patricia Aguille.Leitura sensorial é uma interpretação de texto na qual a plateia, acomodada em almofadas, muito à vontade, permanece vendada, apenas ouvindo a história e sentindo os estímulos que vão surpreendendo aos poucos os sentidos.A leitura, que dá início ao programa de Saraus do MiniClub, do Heitor Werneck, terá início após um delicioso almoço espanhol assinado pelo Chef Angel.

    Minha linda Bettie Page
  • O MiniClub fica na Rua da Consolação, 2641 – Jardim Paulista.
  • PREÇOS ( atualizado dia 13/07):
  • R$ 40 com almoço e R$ 15 para a leitura.

    cultura geral:

 BDSM é um acrônimo para a expressão Bondage, Disciplina, Sadismo e Masoquismo um grupo de padrões de comportamento sexual humano. A sigla descreve os maiores subgrupos:

 

Eu já ia contar do Mini-Club para vocês. Mas vou adiantar o expediente com essa matéria que achei. Mais uma inspiração Heitor Werneck, meu doce punk

FONTE: http://ffw.com.br/noticias/cultura-pop/drops-de-balada-as-novas-ou-repaginadas-casas-da-cena-noturna-paulistana/

Drops de balada: as novas (ou repaginadas) casas da cena paulistana

Fotos do Projeto Luxúria ©Le Fetiche Produções

Os empresários Gé Rodrigues e Igor Calmona, do DJ Club Bar e da Nova NostroMondo, se uniram a Heitor Werneck, criador do Projeto Luxúria, para abrir o MiniClub, casa noturna com temática fetichista. Heitor pretende levar o Projeto Luxúria, festa de fetiche que acontece há seis anos na cidade de forma itinerante, à nova casa, que terá, em ambientes separados, um restaurante com estética fetichista e uma balada com ambientes cuja estrutura é preparada para a prática de diversos fetiches, como S&M, shibari, podolatria, e até mesmo suspensão corporal. Vale observar o dresscode da casa: jeans e camiseta são proibidos, e o valor da entrada varia de acordo com o que a pessoa está usando. Quem decide isso é a hostess Pink, que tem autonomia para julgar os figurinos dos convidados – ou seja, capriche na montação!

Mini Club
Rua da Consolação 2641
Jardins
(11) 3294-3131

Horários: sex. e sáb., a partir das 23h.
Ingressos: de R$ 40 a R$ 150, dependendo do dresscode da pessoa.