Do G1: Na Bienal de Veneza, artista desfila com tampa de privada. Claro, brasileiro; nem toda arte é “shit”, mas agora…

operaDe sunga, brasileiro desfila com tampa de privada na Bienal de Veneza

Artista Fabio di Ojuara fez performance ‘Now every shit is art’ nesta quarta. Evento de arte acontece até dia 24 de novembro na cidade italiana.

Do G1, em São Paulo

 

 

O artista brasileiro Fabio di Ojuara faz performance nesta quarta (29) durante a 55ª Bienal de Veneza  (Foto: REUTERS/Stefano Rellandini)O artista brasileiro Fabio di Ojuara faz performance nesta quarta (29) durante a 55ª Bienal de Veneza (Foto: REUTERS/Stefano Rellandini)

O artista plástico brasileiro Fabio di Ojuara chamou a atenção do público da 55ª Bienal de Veneza, nesta quarta-feira (29), com a performance “Now every shit is art” (Toda merda agora é arte).

Ele desfilou pelas ruas da cidade italiana, onde o evento de arte acontece até dia 24 de novembro, somente de sunga, com uma tampa de privada pendurada no pescoço.

O artista brasileiro Fabio di Ojuara chamou a atenção do público durante performance nesta quarta (29) na 55ª Bienal de Veneza (Foto: REUTERS/Stefano Rellandini)

O artista brasileiro Fabio di Ojuara chamou a atenção do público durante performance
nesta quarta (29) na 55ª Bienal de Veneza (Foto: REUTERS/Stefano Rellandini)

Fabio di Ojuara chamou a atenção do público durante performance 'Now every shit is art' nesta quarta (29) na 55ª Bienal de Veneza (Foto: REUTERS/Stefano Rellandini)Fabio di Ojuara chamou a atenção do público durante performance ‘Now every shit is art’ nesta quarta (29) na 55ª Bienal de Veneza (Foto: REUTERS/Stefano Rellandini)