Olha a faca! Professora surta e puxa uma faca

Professora se irrita com resposta, surta e pega uma faca para tirar satisfação com alunos em escola de MG

Rayder Bragon
Especial para o UOL – FONTE: uol -WWW.UOL.COM.BR

Em Belo Horizonte

 

Uma professora de filosofia da escola estadual Mário Elias de Carvalho, localizada em Contagem (MG), precisou ser contida por colegas após apanhar uma faca na cantina da escola e se dirigir à sala de aula com intenção de tirar satisfação com alunos de classe do 1º ano do ensino médio.

Segundo a vice-diretora Fernanda Figueiredo, a professora, de 25 anos, teria se irritado e tido uma crise nervosa, nesta quinta-feira (6), depois de propor aos estudantes que fizessem uma redação com o tema “o que vocês querem ser daqui a 5 anos”, e ter recebido como resposta: “quero ser marginal”, “quero ter ficha corrida”, “quero tirar sangue”, de alguns dos alunos.

A mulher foi contida pela vice-diretora e mais uma servidora da unidade de ensino, na porta da sala, mas segundo a dirigente, a educadora teve tempo de mostrar a faca para os alunos. O local abriga aproximadamente mil estudantes.

“Entendo que eles fizeram uma brincadeira de mau gosto. Mas a professora também escondeu de nós que estava sob tratamento psiquiátrico”, revelou a dirigente.

A polícia foi acionada e fez um boletim de ocorrência. Familiares da professora foram chamados ao local e, segundo a vice-diretora, a professora foi encaminhada a um hospital de Belo Horizonte.

 A Secretaria de Estado de Educação confirmou que a educadora havia omitido da direção da escola que estava sob cuidados médicos. Ainda de acordo com o órgão, ela deverá ser afastada temporariamente das funções após alta da internação hospitalar, caso fique comprovada a necessidade de acompanhamento médico.

A secretaria informou que a superintendência de ensino responsável pela escola e a direção da instituição de educação vão analisar o caso da educadora, que ministra aulas no local há 5 anos. A professora vai ser submetida a uma perícia médica que vai avaliar a sua saúde mental. Após a divulgação do laudo, haverá uma decisão sobre o afastamento dela.