Dúvida que chegu sobre a atuação da Secretaria de Políticas para as Mulheres e como Dona Iriny gasta mal os recursos.Primeiro, uma informação; segundo, a dúvida. Boa pergunta da turma do “Besta Fubana”, de Pernambuco

 No material de hoje da Besta Fubana, pincei o que segue abaixo. Eles “cascaram” a muié.

Mas essa parte me parece essencial QUE TODOS SAIBAM:

Dos R$ 6,2 milhões que a Secretaria de Políticas para Mulheres gastou em 2011, R$ 2,8 milhões foi para pagar a Call Tecnologia e Serviços Ltda. Ou seja: 45% dos gastos de tão importante pasta é para receber reclamações. Isso merece bem uma auditoria. A ministra Iriny Lopes também gastou mais de R$ 1,3 milhão com eventos e impressos, além de R$ 101 mil para clipping de notícias.  Aliás, esta empresa de call center já faturou R$ 18,1 milhões com o governo federal em 2011, contra R$ 13 milhões em 2010

e AÍ, ELES PERGUNTAM, SOBRE A SUGESTÃO DELA AO AGUINALDO SILVA, DA NOVELA FINA ESTAMPA:

A pergunta que fica é: para que serve esta Secretaria se 45% das suas despesas são destinadas a um call center? E ainda quer divulgar o telefone de graça na Globo? Aí tem!