Viram qual é o filme brasileiro que vai concorrer ao Oscar? Lula. É Lula lá, cá. Daqui a pouco dentro do nosso chuveiro.

 DEPOIS DE…

O PAGADOR DE PROMESSAS…

Do BEIJO DA MULHER ARANHA

QUATRILHO (QUATRILHO, NÃO QUADRILHA)

 

 

 

O QUE É ISSO, COMPANHEIRO?

CENTRAL DO BRASIL

CIDADE DE DEUS…

 

 

 

 

 

 

 

 

COM VOCÊS,

NO TAPETE VERMELHO,

  LULA, O FILHO …DO BRASIL

 

Filme Diretor Categoria
O Pagador de Promessas (1962) Anselmo Duarte Filme Estrangeiro
O Beijo da Mulher Aranha (1985) Hector Babenco Ator (William Hunt)*, Diretor, Roteiro Adaptado e Filme
O Quatrilho (1995) Fábio Barreto Filme Estrangeiro
O Que é Isso Companheiro? (1997) Bruno Barreto Filme Estrangeiro
Central do Brasil (1998) Walter Salles Filme Estrangeiro e Atriz (Fernanda Montenegro)
Uma História de Futebol (1999) Paulo Machline Curta
Cidade de Deus (2002) Fernando Meirelles Diretor, Roteiro Adaptado, Edição e Fotografia

do uol – www.uol.com.br

Filme “Lula” vai representar o Brasil em disputa por vaga ao Oscar

DE SÃO PAULO

O filme “Lula, o Filho do Brasil”, de Fábio Barreto, foi o escolhido nesta quinta-feira por uma comissão de especialistas para representar o Brasil na disputa por uma vaga ao Oscar de melhor estrangeiro em 2011. O longa foi eleito por unanimidade.

Final de “Lula, o Filho do Brasil” será mudado para a versão internacional

A lista dos finalistas sai no dia 25 de janeiro. A cerimônia de premiação acontece no dia 27 de fevereiro, em Los Angeles.

“Lope”, do brasileiro Andrucha Waddington, é um dos finalistas pela Espanha, já que o filme é uma coprodução com o país.

  Divulgação  
Cena do filme "Lula, o Filho do Brasil", que vai entrar em cartaz nos Estados Unidos e no Canadá em 2011
Cena do filme “Lula, o Filho do Brasil”, que foi escolhido para representar o Brasil em disputa por vaga ao Oscar

A comissão que escolheu o filme foi formada por representantes do MinC, da Secretaria do Audiovisual, da Agência Nacional de Cinema e da Academia Brasileira de Cinema.

Foram o júri Cássio Henrique Starling Carlos, Clélia Bessa, Elisa Tolomelli, Frederico Hermann Barbosa Maia, Jean Claude Bernardet, Leon Cakoff, Márcia Lellis de Souza Amaral, Mariza Leão Salles de Rezende e Roberto Farias.

Concorriam os filmes “As Melhores Coisas do Mundo”, “A Suprema Felicidade”, “Antes que o Mundo Acabe”, “Bróder”, “Carregadoras de Sonhos”, “Cabeça a Prêmio”, “Cinco Vezes Favela, Agora Por Nós Mesmos”, “Chico Xavier”, “É Proibido Fumar”, “Em Teu Nome”, “Hotel Atlântico”, “Nosso Lar”, “Olhos Azuis”, “Ouro Negro”, “O Bem Amado”, “O Grão”, “Os Inquilinos”, “Os Famosos e os Duendes da Morte”, “Quincas Berro D’Água”, “Reflexões de um Liquidificador”, “Sonhos Roubados” e “Utopia e Barbárie”.