#ADEHOJE – PRISÃO, PREVIDÊNCIA, REFORMAS. E NÓS, POBRES MORTAIS?

#ADEHOJE – PRISÃO, PREVIDÊNCIA, REFORMAS. E NÓS, POBRES MORTAIS?

SÓ UM MINUTO – Muitas decisões precisam ser tomadas para tentar que o país desatole, e comece alguma caminhada. Nós temos dúvidas sobre as decisões e os impactos delas em nossas vidas. Nós, os pobres mortais. Por exemplo, você sabe se a reforma da previdência vai te prejudicar? A mim, até a discussão já está prejudicando, uma vez que estou há mais de um ano pedindo aposentadoria e não consigo. Está tudo parado, milhões de pedidos. Hoje ouviremos o zum zum sobre a prisão em segunda instância que está sendo discutida no STF…

Mas o que está legal mesmo é ver que os Bolsonarinhos vão pular miudinho com as novas denúncias de utilização de redes para propagação de fakenews. Isso pode dar cana, impeachment… sim, impeachment, porque se ele se elegeu usado esse crime…

Temos muitos capítulos pela frente. Aliás, está fazendo um ano que gravo nosso #ADEHOJE. Inventei isso porque sabia que todo dia a ter bronca – comecei um dia após a eleição do homem, lembram?

#ADEHOJE – OS OLHOS E ÓLEOS GRUDENTOS

#ADEHOJE – OS OLHOS E ÓLEOS GRUDENTOS

 

SÓ UM MINUTO – Não é só o óleo negro que invade as praias o que nos atinge. Não é só ele que é grudento. Grudentas são as declarações e a ignorância. Os movimentos políticos que, em um momento tão grave como esse, aqui e no mundo, parecem querer brincar com nossa paciência, nos fazem lembrar uma casa em que todos brigam e ninguém tem razão, nem aqui, nem lá no Japão.

Protestos violentos no Chile, agora também na Bolívia. Guerras, guerras comerciais. Lutas pelo meio ambiente, pela liberdade, democracia, Oriente e Ocidente conflagrados. Mas parece que nada importa a não ser as bobagens que brotam do presidente, seus comandados, a troupe que o segue alegremente, e que vai e que volta igual ao piche.

De bom mesmo, parece só que por enquanto nos livramos do Eduardo Bolsonaro como embaixador nos Estados Unidos. Por enquanto…

#ADEHOJE – PALHAÇADAS POLÍTICAS. E O MUNDO EM POLVOROSA

#ADEHOJE – PALHAÇADAS POLÍTICAS. E O MUNDO EM POLVOROSA

SÓ UM MINUTOÉ, NÃO É, É. Bem, enquanto gravo, o filhinho do Capitão, aquele ser Eduardo Bolsonaro, é líder do tal PSL, partido do presidente. Pode ser que daqui a pouco não seja mais, uma vez que o Delegado Valdir está tentando retomar. O jogo todo é pelos milhões do fundo partidário, não é por ideologia, ou porque alguém queira fazer algo por mim, por você, por nós. Uma palhaçada, mais uma, igual a que o governo federal está fazendo com relação ao óleo que não para de chegar às praias naquele que já pode ser considerado o maior desastre ambiental do litoral do país.

Qual é o remédio para nos livrarmos dessas pragas políticas que nos assolam há décadas? Não tem para onde olhar. Nos resta tentar algum humor para assistir a esse debate de baixo nível.

No mundo, os assustadores e inflamados protestos; aqui perto, no Chile; mais longe em Barcelona…e em muitos outros locais, somando-se a Bolívia se as eleições lá derem algum curto circuito. No Brasil as ruas ainda não estão falando. Temo o momento que começarem balbuciar o que se passa.
palhaçadaespalhando areia

ARTIGO – Para não dizer que não falei…Por Marli Gonçalves

 

É tanta coisa para comentar, ler, discutir, mostrar, conversar, que seria preciso muito espaço, tempo, e algum cachê, claro, para viver só fazendo isso. Quando chega o fim do dia, esgotada, olho as coisas que continuam girando continuamente nessa Terra, que é redonda, garanto. Mas a gente tem de decidir sobre o quê versar. E ultimamente esse é o assunto que mais interessa: estaremos vivos para os outros temas? Sobreviveremos?

Então vamos falar um pouco dela, a Primavera, a estação mais bonita do ano, a que renova e traz em sai as cores, formas e aromas das flores e a sensação vital, sexual, sensorial de toda a diversidade da natureza. As estações têm datas definidas, mas na realidade agora tudo se mistura em seus efeitos. Uns dias, frio de lascar; em outros, calor sufocante, e os meteorologistas e moços e moças do tempo rebolando nos anunciando seguidos recordes, temperaturas médias de décadas sendo superadas.

Vamos falar então também da tal natureza que vem sendo castigada tão terrivelmente diante de nossos olhos. E que, castigada, se vinga no ar que respiramos, na falta dele muitas vezes, e nos efeitos letais que tudo isso causa em nosso organismo.  Parece areia nos olhos. O calor, a secura se estampam na pele que transpira ou racha.

Enquanto escrevo, milhões de pessoas em todo o mundo já foram, estão ou irão às ruas clamar por atenção à natureza, ao clima, à Terra, ao futuro. Chamam o evento de Greve Geral do Clima. Os manifestantes são diversificados e coloridos como as flores da primavera. Trazem cartazes, fazem performances, as imagens correm o mundo. Muito interessante: em sua maioria são bem jovens e, em grande maioria, mulheres.

Liderados por uma menina sueca de tranças compridas, 16 anos, já candidata ao Nobel da Paz, Greta Thunberg, a grande sensação mundial do momento. Era uma sexta-feira de agosto de 2018 quando começou. Não foi à aula. Escreveu um cartaz e foi às ruas, diante do parlamento de seu país. Agora está diante de todo o mundo, mas não mais sozinha; chega acompanhada de outros milhões e sonoros gritos de atenção, atenção, queremos o Futuro.

Malala, a jovem ativista paquistanesa parou o mundo porque queria ir à Escola e fez escola clamando por educação e direitos iguais para mulheres, homens, meninas. Um tiro traiçoeiro tentou calá-la, mas sobreviveu para dar vida à sua causa e ser a mais jovem Nobel da Paz, que recebeu em 2014.

Greta, ao contrário, não vai à escola especialmente nas sextas-feiras que dedica a mostrar seu cartaz nas ruas de algum lugar. Ultimamente, na verdade, não tem nem aparecido por lá, mas está na escola do mundo. Radical, cruzou o planeta, agora está em Nova York para onde foi de veleiro com zero emissões de carbono para reduzir o impacto ambiental. Greta não anda de avião e busca denunciar tudo o que polui. Danada essa menina que não cora nem se intimida diante de qualquer líder mundial.

Voltando à nossa primavera, principalmente política, que hoje nos parece tão distante, será essa semana o discurso do Presidente Jair Bolsonaro na abertura da Assembleia-geral da Organização das Nações Unidas, ONU.

Combinando com o momento de nosso país, ele já chegará lá queimado por tantas declarações absurdas que fez desde que tomou posse e pelo descaso que demonstra com as questões relacionadas ao meio ambiente, que mascara como luta pela soberania nacional e outras patriotadas.

O Brasil queima, não só a Amazônia. Nossa imagem está tosquiada, e também não é só pelo clima, mas por falas, atos, guinadas e pensamentos estranhos que só nos fazem torcer e lembrar com todas as forças que haverá uma Primavera. Se não for hoje, amanhã, essa semana, ela virá.

O que dirá Greta? O que ele, Bolsonaro dirá ao mundo e à menina de pele clara, olhos brilhantes e longos cabelos louros, que mais parece saída de uma história de contos de fadas?

Para não dizer que não falei das flores: … “Pelas ruas marchando indecisos cordões/ Ainda fazem da flor seu mais forte refrão/ E acreditam nas flores vencendo o canhão/Vem, vamos embora que esperar não é saber” …

________________________________________________

MARLI GONÇALVES – Jornalista, consultora de comunicação, editora do Site Chumbo Gordo, autora de Feminismo no Cotidiano- Bom para mulheres. E para homens também, pela Editora Contexto. Já à venda nas livrarias e online, pela Editora e pela Amazon.

marligo@uol.com.br / marli@brickmann.com.br

______________________________________________

ME ENCONTRE

 (se republicar, por favor, se possível, mantenha esses links):

https://www.youtube.com/c/MarliGon%C3%A7alvesjornalista

(marligoncalvesjornalista – o ç deixa o link assim)

https://www.facebook.com/BlogMarliGoncalves/

https://www.instagram.com/marligo/

#ADEHOJE – AGRESSÕES A TODOS NÓS, A TODAS NÓS

#ADEHOJE – AGRESSÕES A TODOS NÓS, A TODAS NÓS

SÓ UM MINUTO – Brasil registra uma agressão a mulher a cada 4 minutos, mostra levantamento. No ano passado, foram registrados mais de 145 mil casos de violência —física, sexual, psicológica e de outros tipos— contra mulheres e nas quais as vítimas conseguiram sobreviver. Segundo o Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), em 2017 houve 4.396 assassinatos de mulheres no país.

Mas enquanto isso eles estão preocupados em censurar histórias em quadrinhos, em falas absurdas e agressivas, arrumar encrenca com nossos maiores parceiros comerciais internacionais.

Feitiço contra o feiticeiro. Nunca houve uma Bienal tão boa, tão falada quanto esta do Rio de Janeiro. Principalmente depois do ato imbecil de Crivella de querer proibir uma história em quadrinhos da Marvel, de 2010! No final foram vendidos 4 milhões de livros- um crescimento de 60% ante a edição anterior, em 2017. Só o youtuber Felipe Neto comprou e distribuiu gratuitamente 14 mil livros sobre o tema LGBT. Ao menos 70 autores assinaram um manifesto contra a censura.

SETEMBRO COMEÇOU COM QUASE 5 MIL FOCOS DE QUEIMADAS NA AMAZÔNIA.

 

#ADEHOJE – PINGOS NOS IS, BYE BYE BRAZIL

#ADEHOJE – PINGOS NOS IS, BYE BYE BRAZIL

 

SÓ UM MINUTO – Vamos lá, pondo uns pontos em ordem. Sabemos que não é culpa (total) do Jair Bolsonaro a situação do desmatamento na região da Amazônia, e que isso não é novidade. Mas estamos denunciando que ele está incentivando ao afrouxar as regras, e isso está visível nos nossos céus, pulmões, nos registros. Agravou-se muito a situação. O mundo está chocado e com razão depois das declarações absurdas, abusivas, do presidente, do ministro do desambiente e sua carinha de bonequinho, e dos soluços de Ernesto Araújo. Claro, fora as bobagens dos Filhos do Capitão.

Entendem porque a situação está tomando níveis mundiais? Vamos ter recursos cortados, além do Fundo Amazônia. Podem parar com as importações de nossos produtos, carne, entre outros. Há regras internacionais que precisam e devem ser respeitadas pelo futuro da Nação. O mundo está perplexo, revoltado, protestando, e com razão. Se chegarmos – e ao que tudo indica chegaremos – na mesa do G-7, bye bye Comunidade Europeia mais Mercosul, bye bye Brazil

Resultado de imagem para PROTESTOS, MUNDO , HOJE, AMAZONIA

#ADEHOJE – PACOTE DE BONDADES NA ARGENTINA E MARGARIDAS

#ADEHOJE – PACOTE DE BONDADES NA ARGENTINA E MARGARIDAS

 

Só um minuto – A exemplo de tudo quanto é líder populista, o presidente da Argentina, Maurício Macri, lançou hoje um pacote de bondades. Isso depois da derrota que tomou pela frente nas eleições primárias e que fizeram até o Bolsonaro daqui se arrepiar todo e soltar suas sandices habituais. Macri congelou o preço da gasolina, disse que sobe o salário mínimo e que vai reduzir impostos.

Milhares de trabalhadoras do campo protestaram nas avenidas hoje em Brasília. Foi a Marcha das Margaridas que ocorre de quatro em quatro anos. As mulheres estão se posicionando firmemente. Outro dia foi a Marcha das Mulheres Indígenas. Imagens inesquecíveis.

Olha só: o deputado federal e forte Alexandre Frota foi expulso do PSL, o partido do homem que nos desgoverna. Fez críticas públicas e os Bolsonaros não gostaram…Deve ir para o PSDB agora.

Finalmente, a Reforma da Previdência começa a andar no Senado e na Câmara, comissão aprova texto que torna nepotismo indicação para embaixadas – o que mataria a chance do Eduardo Bolsonaro ir para Washington.

Resultado de imagem para MARCHA DAS MARGARIDAS

Resultado de imagem para MARCHA DAS MULHERES INDÍGENAS